Ir para conteúdo
Victor235

QUADRINHOS & GIBIS

Recommended Posts

Ramyen Matusquela

Bom esse gibi do Pateta. Essa HQ do Horácio foi a que eu mais gostei.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235
NOTÍCIAS

51a13e6497147c929874a12ebdab0e53.md.jpg

Enfim li o especial "Grandes Aventuras no Oriente", lançado em setembro de 2015. O especial é da época em que o enrugamento das páginas e a dificuldade em virá-las estava bem acentuado. Apesar disso, ele trouxe várias histórias inéditas, com destaque para "A hora do ouro", clássico de Guido Martina e Romano Scarpa (1955) nunca antes traduzido para o português. Confira agora diversas curiosidades que fui anotando enquanto lia:

dff88dd5c9e85f803442cce4428b7fa6.jpg

Em "Donald Ali e as 40 babas", dois corvos realizam algumas "quebras da quarta parede", interagindo com o narrador e personagens da história. Gastão come "batatinhas com sésamo". Pesquisei e vi que isso existe mesmo, são "batatas fritas com sementes de sésamo". Na história, isso era só um pretexto para o ganso abrir uma porta com sua sorte. Contudo, talvez por causa da mudança de idioma em que a história foi escrita, a piada não deu muito certo em português. A porta se abriu quando Gastão mexeu no saquinho de batatas e disse "Quero comer minhas batatinhas com sésamo. Abre!". Em "O tesouro de Bagdá", também vemos esta adaptação da clássica frase que "abre portas". Por duas vezes, os personagens disseram "Sésamo! Abra!". Porém, a caixa também se abriu uma vez com o tradicional "Abre-te Sésamo". Confundiram-se um pouco na colorização desta caixa. O mesmo objeto chegou a ser bege, verde e laranja. 

"O mistério na Tailândia", HQ de Indiana Pateta, trouxe duas grafias diferentes para a capital deste país: Bangcoc e Bangkok. No final da trama, um de seus personagens dialoga diretamente com o leitor:

edc4880a5cef8a4d5d7889f96aad7be9.jpg

Em "O vale do silêncio", trocaram a palavra "são" por "não":

24884c8fce88b5e4e7865b1c8486d516.jpg

Aliás, essa foi nova pra mim. Além de mexerica, tangerina, bergamota e poncã, essa fruta também é conhecida como "mandarina":

097d8f43904340db586cbbba3c1ae2ee.jpg

E veja só o tamanho do manual dos escoteiros:

5b34bbeaf0523f416a8a2d9d9b755a3d.jpg

Na página 116, outro erro:

ea0448f993af55ade97504608cce92e1.jpg

Em "A escalada do Monte Omar" (continuação de saga que tinha saído em Clássicos da Literatura Disney # 29, de dezembro de 2010), não chega a ser um erro, mas esta frase ficaria melhor como "Eu cuidarei do bazar":

4ef3cbb2795b70931ed9e547678f5996.jpg

Já nesta adivinhação, seria melhor terem feito o uso do plural: "quantos oceanos":

3d278b35ae6d5aa77cd1f614f059d8df.jpg

Em "Mickey e o rapto do príncipe", Mickey diz que existe um modo de deixar uma panela brilhando: "usando areia para dar brilho". Pesquisando, vi que essa técnica existe mesmo.

Em "Donald e o gênio nada genial", um gênio diz que Donald tem direito a três desejos ou "um dia de escravidão fiel". O pato opta pelo segundo, mas acaba pedindo a realização de desejos também.

0be5a2ba76ffcdd2028f93c9d024d153.md.jpg

@Usagi chan @Ramyen Chapatin @Professor Inventivo

Editado por Victor235
Esse post deu trabalho :p
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Professor Inventivo
31 minutos atrás, Victor235 disse:

Em "Mickey e o rapto do príncipe", Mickey diz que existe um modo de deixar uma panela brilhando: "usando areia para dar brilho". Pesquisando, vi que essa técnica existe mesmo.

Sim, a minha avó fazia isso antigamente. O "bombril' era caro e difícil de comprar em cidades do interior.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235
5 horas atrás, Ramyen Chapatin disse:

Bom esse gibi do Pateta. Essa HQ do Horácio foi a que eu mais gostei.

E nem mencionam o coitado no nome da história.

26 minutos atrás, Professor Inventivo disse:

Sim, a minha avó fazia isso antigamente. O "bombril' era caro e difícil de comprar em cidades do interior.

E o resultado é muito bom, vi um cara fazendo no Youtube :P 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235
NOTÍCIAS

bb17cf3732b4ec296705b47399be5e4c.md.jpg

Em Zé Carioca # 2082, de agosto de 1997, foi publicada uma história do Zé Galo que eu não conhecia. Das 143 histórias do personagem, agora não tenho apenas 14. Neste mesmo número também consegui uma das 54 histórias (de um total de 125) da Turma da Pata Lee que ainda me faltam. Este número ainda trouxe uma tira de Amadeu & Pateta que não tinha imagem em português no Inducks:

d82d03ace135918ae68f44bd77763a24.md.jpg

-----

Vinte anos depois, já somos mais de 7 bilhões :o
54f808b31735185a2ead8c6c26003554.jpg

• Olímpia
7351d0380100c7cca37818d6a54f51cd.jpg

• Jamáicou Jordan
3169a81fe44f3b8b629e7cbfa98f75aa.jpg

• Bete D'Abril
c66f3bacc052cf655d31e52294a7dbe6.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ramyen Matusquela
NOTÍCIAS

# 25 

Coincidentemente, a postagem ''25'' é sobre o ''Almanaque Disney # 25 (1973)'', que li hoje. 

1VRSEm3.jpg

Esse gibi eu arrematei junto com outros 9 em um lote que chegou na Sexta. Ótimas histórias foram publicadas aqui, como ''O Superastro'', onde Tio Patinhas está rodando um filme sobre a vida do Morcego Vermelho e pede que o Peninha faça o papel de Morcego pra economizar. Em ''Os Raptores de Cães'' vemos o Mickey contracenando na mesma história com o Superpateta, algo relativamente raro. Temos também a ''História da Aviação Brasileira em Quadrinhos''. Em ''O Torneio de Aeromodelos'', mandei uma scan do Prof. Gavião, e sua má consciência. :P

qa72mBR.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235

História da aviação brasileira? Será alguma coisa encomenda na época? Como é a história?

Enviei uns mil personagens no Inducks hoje :P 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ramyen Matusquela
8 horas atrás, Victor235 disse:

História da aviação brasileira? Será alguma coisa encomenda na época? Como é a história?

Enviei uns mil personagens no Inducks hoje :P 

É do Saidenberg. Em 1973 era o centenário do nascimento de Santos Dumont. Um pai começa a contar aos filhos sobre como foram surgindo os primeiros a querer voar, fala do Padre Bartolomeu, até chegar aos modelos que Santos Dumont ia lançando.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235

Uai, não pensei que fossem cancelar um dos títulos pra colocar "Ducktales".

Aliás, era pra esse título ter só histórias inéditas. Nada a ver ter republicações. Ele tem que ser padronizado, com esse novo traço dos personagens, acompanhando o novo desenho, e as HQs clássicas podem ser republicadas nos títulos de republicação.

"Minnie" só tinha histórias inéditas, com "Ducktales" entrando na linha dos mensais deveria ser assim também.

-----

@Ramyen Chapatin, faz tempo que o Inducks tá fora do ar?

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ramyen Matusquela
33 minutos atrás, Victor235 disse:

Uai, não pensei que fossem cancelar um dos títulos pra colocar "Ducktales".

Aliás, era pra esse título ter só histórias inéditas. Nada a ver ter republicações. Ele tem que ser padronizado, com esse novo traço dos personagens, acompanhando o novo desenho, e as HQs clássicas podem ser republicadas nos títulos de republicação.

"Minnie" só tinha histórias inéditas, com "Ducktales" entrando na linha dos mensais deveria ser assim também.

-----

@Ramyen Chapatin, faz tempo que o Inducks tá fora do ar?

 

Pois é, eu acessei na hora do meu almoço hoje e tava normal. Ia entrar agora para informar dois erros e estava fora. Logo volta.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235

Eu ia postar imagens de três gibis do Zé que comprei de um sebo de Roraima :P

O pessoal do sebo foi muito atencioso, respondeu umas informações que pedi e mandaram até uma mensagem de Ano Novo.

E são barateiros (foram os preços mais baixos que achei pra estes números), R$ 2,10 cada. Encontrei 11 números do Zé Carioca que não tinha. Se quiser dar uma olhada lá.

Foi um teste que fiz no Livronauta, um site similar à Estante Virtual. Bastante satisfeito com a compra. O frete parece ser mais baixo que os da Estante e tem sebos diferentes cadastrados lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ramyen Matusquela

Vou olhar lá. Quem sabe ache algo baratinho também. 

Nossa, estou com mais de 50 gibis para comentar aqui. :P

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235
NOTÍCIAS

b489f68a270dd7c789153d3e15535d31.jpg

Terminei de ler o quinto volume dos encadernados do Zé Carioca que comprei. Esta encadernação compreende os números #931, de setembro de 1969 e #959, de março de 1970. Confira algumas curiosidades deste apanhado de edições.

Em "Com cão ou sem cão" (ZC # 931), os chapéus de Huguinho, Zezinho e Luisinho não tem cores diferentes entre si. Todos são preto-e-branco. Na capa da edição seguinte, Pluto é colorido de marrom e o carro 313 do Donald aparece na cor branca em uma história.

Em "Cartazes fantásticos" (ZC # 943), Pateta trabalha como pintor de letreiros. A música que ele canta enquanto trabalha, porém, é no mínimo estranha :lol:

669878d44001d58849676b375d6afbdb.md.jpg

Um personagem recorrente nestes números foi o urso Colimério, em suas histórias com o guarda Sucupira.

02eb6a392fa90c6f68fbf037e9ce1ae2.md.jpg

Em "Galhos de Natal" (ZC # 945), a palavra "conífera" foi escrita como "conívera".

82a5945bc4d77ef227a2b4faf61bf1b7.md.jpg

Em "Os melhores amigos dos patos" (ZC # 947), "lambuzando" foi escrito com S, que aliás saiu reforçado:

b89963940f5171c0615994f84c44a050.md.jpg

Em "Escola risonha e franca" (ZC # 949), o que é isso na foto do Tio Patinhas em seus tempos de colégio, na altura de sua orelha?

1df7575e18a684b98d137bb5e01afbc1.md.jpg

Na clássica "Avestruz 2011" (ZC # 951), há uma pequena confusão. Professor Gavião articula um plano com Billy Scão e Kid Stúrbio. Na primeira página da história, descobrimos claramente quem é quem. Na página 19, porém, Kid Stúrbio inscreve um avestruz num concurso, mas ele é tratado por Billy Scão, que na verdade é o outro capanga do Gavião. Não me lembro se isso foi corrigido em republicações.

Em "Os super-metralhas" (ZC # 953), história na qual aparece o personagem Primo Bombinha, os Metralhas obrigam Pardal a desenvolver um automóvel para eles. O inventor acaba colocando "caudas bazucas" no veículo. Nesta história, não entendi isso na parede do laboratório do professor:

c7c2ea4eb67a2592702b8a367143fe04.md.jpg

Em "A trama do peixe-espada" (ZC # 955), achei estranhos os traços do personagem Bafo:

043ab20718c1449fd594f0f7f3e584b1.md.jpg

Das palavras que não conhecia, anotei "berilo", "resvalar", "badalador", "guanxuma", Bornéu, "têmpera", "valete" (profissão), "recambiado", "bugre" e "murucututu".

Dentre as gírias e expressões diferentes que li, anotei "bater uma caixa", "plá", "tempo-quente", "bolo fofo", "banzai", "jiyu-kumite", "ushiro-geri", "ura-shuto" e, para mostrar rapidez, "estarei aí em dez minutos menos um quarto de hora".

@Ramyen Chapatin @Usagi chan @Arenagak

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Usagi White

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×