Jump to content
Marcos Albino

CURIOSIDADES

Recommended Posts

Clark Kent

Fotógrafo percorre os EUA fazendo autorretratos de cabeça para baixo
Projeto 'Headstands', de Alex Wein, começou em 2011 e chegou ao Japão.
Homem se aventurou à beira de penhasco e no meio de trânsito em ponte.

whitesands.jpg

washingtondc.jpg

monumentvalley.jpg

toquio.jpg

kingsea.jpg

graceland.jpg

G1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Cada "doido" com sua mania... Deve ser um típico cara rico que não faz nada da vida! Mas tem umas até engraçadas... :headscratch:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marcelo Cazangi

Joel o cara deve ser rico e sem familia, pois a esposa de ninguem iria concordar com isso...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sadhu Bharati Amar é um homem santo indiano, que optou por manter o braço direito levantado desde 1973. Agora, 38 anos depois, sua mão é apenas um inútil pedaço de pele e osso, mas se tornou um símbolo para os adoradores de Shiva ao redor da Índia.

Até 1970, Bharati Amar era um homem de classe média, que vivia uma vida normal. Ele tinha um emprego, um lar, uma esposa e três filhos, mas nada disso importava quando ele acordou uma manhã e decidiu deixar tudo para trás e dedicar sua vida a servir o deus hindu Shiva. Ele começou a andar pelas as estradas da Índia vestido com suas roupas simples Sadhu e levando apenas o seu fiel Trishula (um tridente de metal ). Após três anos, em 1973, Amar percebeu que ainda era muito ligado ao luxo e aos prazeres da vida mortal, e decidiu separar-se deles, levantando o braço direito e mantendo-o levantado.

AmarBharati2_thumb.jpg

Outras fontes afirmam que Amar Bharati desiludiu-se com todas as lutas em curso no mundo, e decidiu levantar o braço direito para a paz. Amar tem inspirado outros sadhus para levantar os braços para a paz e harmonia, e alguns deles mantiveram levantados durante anos.

Mas fazer algo assim não significa apenas negar uma funcionalidade de uma importante parte do corpo, implica também em lidar com muita dor. Bharati mesmo diz que passou por uma dor insuportável por muito tempo, mas hoje seu braço está completamente atrofiado e preso em uma posição bizarra e semi-vertical, uma estrutura óssea inútil que termina em grossas unhas torcidas

Edited by Marcelo Cazangi

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Como ele conseguiu ficar tanto tempo com o braço levantado? :headscratch: Eu não aguento poucos minutos... Mas respeitando as crenças dele e tal, mas que tipo de deus iria exigir um sacrifício desse tipo a um dos seus seguidores? :headscratch:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marcelo Cazangi

o cara acabou ''virando'' um deus lá, o braço dele ta até seco cara...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Há um tempo atrás eu tinha visto uma matéria na TV sobre esse cara. Bem locão mesmo. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Fernando

E qual a moral disso :ponder:

Sei lá, crença é algo que não se discute... Mas tem cada gente maluca...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marcelo Cazangi

lá tudo que é diferente eles adoram, cada coisa...

um deixa a unha a vida toda sem cortar, outro o cabelo e assim vai...

Edited by Marcelo Cazangi

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Obra do artista chinês Chen Wenling, em Pequim:

2013-10-10t100355z_1711784028_gm1e9aa1dz

Que mulher tarada hein? :P

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bruce Dubber

Como ele conseguiu ficar tanto tempo com o braço levantado? :headscratch: Eu não aguento poucos minutos... Mas respeitando as crenças dele e tal, mas que tipo de deus iria exigir um sacrifício desse tipo a um dos seus seguidores? :headscratch:

Vi uma matéria que para as pessoas atingirem o reino celestial, tinham que se matar de fome e sede.

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Jovem espanhol vai a cavalo até Alemanha em busca de emprego:


131022171551_quijote_de_avila_624x351_bb

Jesús Jiménez teria tudo para ser apenas mais um de muitos jovens espanhóis desempregados que imigram para a Alemanha em busca de emprego, não fosse por um detalhe. Ele quer percorrer 2 mil quilômetros a cavalo.

Sem dinheiro para comprar uma passagem de avião, ônibus ou trem, ele decidiu deixar o povoado de Gemuño, na província de Ávila, montado em Campeón com apenas uma manta para proteger-se do frio e bolsas cheias de salame e chorizo (um tipo de linguiça espanhola).

Aos 32 anos, Jesús cresceu no campo criando cavalos e gado e nunca havia saído da Espanha.

"Estou há mais de um ano desempregado. Vivo com meus pais e minha irmã. A única renda que temos é a do meu pai, que é jardineiro. Um dia eu disse a eles: vou buscar trabalho de qualquer maneira, e peguei o cavalo", conta.

RÚSSIA E QUIXOTE:

O espanhol diz que está disposto a ir até mais longe, caso não encontre ocupação na Alemanha. "Irei até a Rússia, onde for".

Ele conversou com a BBC Mundo após duas semanas na estrada e mais de 300 quilômetros percorridos, atravessando riachos, bosques ressecados pelo frio e passando por pequenos povoados.

O desempregado tem recebido ajuda de prefeitos das pequenas localidades por onde passsa. Muitos se surpreendem quando ele parte pela manhã, seguindo viagem em seu cavalo, e lhe presenteiam com mais chorizo e alimentos para enfrentar a estrada.

Num pequeno vilarejo ele chegou a receber o apelido de "Quixote de Ávila".

"Quixote? (...) Era um aventureiro, um filósofo que sempre estava analizando o caminho a seguir. Nisto nos parecemos. Encontro muitos caminhos. Outras vezes não, e aí preciso atravessar pelo campo", conta.

FRIO E RESISTÊNCIA:

Ele diz que a melhor parte são as pessoas que encontra e que prestam ajuda, e que o pior é o frio. Além disso, ele se preocupa com a saúde de Campeón, seu companheiro na empreitada.

Desde o início da jornada, o cavalo já perdeu 10 quilos e ele 25.

"Mas estamos fortes. Campeón é um cavalo de raça espanhola. As pessoas não acreditam que ele possa percorrer tantos quilômetros. Dizem que os cavalos ingleses, árabes ou alemães são mais resistentes e que o espanhol é mais fraco. Pode ser verdade mas ele está ficando cada vez mais forte", diz.

Jesús explica que escolheu migrar para a Alemanha porque ouviu dizer que o ramo de criação de cavalos é grande no país e que sempre são necessários funcionários para domar, montar ou simplesmente limpar estábulos.

Ele não se diz preocupado com o fato de não saber falar inglês, francês e muito menos alemão.

"Só quero um trabalho, mas não um trabalho ilegal, nem de dois dias. Se encontro algo antes, paro de caminhar", conta.

Fonte: BBC

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Homem mais alto do mundo se casa com mulher 77cm mais baixa:

102_2820-20131027210802129AFP.JPG

Quando esteve no Brasil, em novembro de 2010, o turco Sultan Kosen disse que gostaria de encontrar sua alma gêmea e se casar. Aconteceu.

O homem mais alto do mundo, com 2,51m, casou-se no fim de semana com Merve Dibo, que tem 77 centímetros a menos que o noivo.

A cerimônia aconteceu em Mardin (Turquia).

Kosen sofre de gigantismo e ele continua a crescer.

Fonte: G1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marcelo Cazangi

Ela é bem corajosa hem... :assobiando:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Ela é bem corajosa hem... :assobiando:

A que se refere? Posso saber? :assobiando:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marcelo Cazangi

se ele é desse tamanho né, sei lá, imaginei demais :muttley:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...