Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Marcos Albino

VEÍCULOS

Recommended Posts

Victor235

1934 Belchfire Runabout, o carro do Pato Donald:

33AmAustin.jpg

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235
Inspeção veicular será obrigatória até o final de 2019

Contran publica resolução e vistoria será pré-requisito para o licenciamento anual

por O Globo
08/12/2017 12:36 / Atualizado 08/12/2017 14:08

x62927683_RI-Rio-de-Janeiro25-de-novembr
Vistoria deverá ocorrer a cada dois anos e será pré-requisito para o licenciamento anual - Antonio Scorza / Agência O Globo

BRASÍLIA - O Conselho Nacional de Trânsito do Ministério das Cidades (Contran) publicou uma resolução, nesta sexta-feira, que estabelece como obrigatória a inspeção veicular até o final de dezembro de 2019. A vistoria deverá ocorrer a cada dois anos e será pré-requisito para o licenciamento anual.

Nos três primeiros anos de implantação do programa, vão ficar isentos os veículos zero quilômetro com capacidade para até sete passageiros e que não tenham sofrido acidente com danos médio ou grande.

Para veículos de transporte de cargas e passageiros, o prazo será menor, dependendo da finalidade do veículo. O valor cobrado ainda será definido pelos Detrans de cada estado e do Distrito Federal.

De acordo com a resolução, a operação de inspeção veicular poderá ser feita pelos órgãos executivos de trânsito, ou através de pessoa jurídica de direito público ou privado, previamente credenciada. Os equipamentos e instrumentos necessários devem ser aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Outra novidade é a realização da inspeção ambiental para o controle de emissão de gases poluentes e ruído. A fiscalização será de responsabilidade dos Detrans e poderá ocorrer tanto de forma presencial quanto de forma remota.

Os órgãos terão que informar o Contran sobre o cronograma de implementação da inspeção técnica até o dia 01 de julho do próximo ano.

EXIGÊNCIAS

A resolução define que, no primeiro ano de operação da inspeção, serão reprovados os veículos que apresentarem defeitos muito graves; defeito grave no sistema de freios, pneus, rodas ou nos equipamentos obrigatórios ou que utilizarem equipamentos proibidos. Também serão reprovados os veículos que não não cumprirem as regras de controle de emissão de gases poluentes e ruído.

No segundo ano, as exigências aumentam. Também serão reprovados os veículos com defeito grave no sistema de direção. E, a partir do terceiro ano, todos aqueles que apresentarem qualquer defeito classificado como defeito grave para os itens de segurança, ou não atenderem aos parâmetros estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para emissão de gases poluentes e ruído.

O GLOBO

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Professor Inventivo

Apenas um modo de tirar dinheiro do povo, já que estas vistorias não garantem nada e ainda por cima em alguns lugares aceitam "peita". 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E.R

https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2018/09/10/rio-de-janeiro-e-primeiro-estado-do-brasil-a-adotar-placa-mercosul.htm

O Rio de Janeiro será o primeiro estado do Brasil a adotar a placa Mercosul.

O lançamento foi confirmado pelo Planalto e acontecerá nesta terça-feira (11), em cerimônia realizada com as presenças de autoridades do Ministério das Cidades e governo estadual.

Preço será de R$ 219,35, mesmo valor praticado atualmente no estado, segundo Detran-RJ. Outros detalhes e prazo para início da adoção da nova placa devem ser revelados apenas nesta terça-feira. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E.R

https://g1.globo.com/carros/noticia/2018/11/26/gm-anuncia-plano-de-reestruturacao-e-deve-fechar-fabricas-na-america-do-norte.ghtml

A General Motors anunciou nesta segunda-feira (26) um plano de reestruturação que pode fechar 5 fábricas na América do Norte e cortar 15% do total de empregados, a fim de gerar economia de US$ 6 bilhões.

De acordo com a agência Associated Press, o plano pode levar à demissão de 14.700 trabalhadores.

Além de diminuir a força de trabalho da dona da Chevrolet nos Estados Unidos e no Canadá, o processo vai reduzir a produção e encerrar a fabricação de alguns modelos.

As ações da montadora na bolsa de Nova York estavam subindo após o anúncio da medida.

A montadora disse que pretende interromper a produção no próximo ano nas unidades de Lordstown, Ohio, Hamtramck, Michigan e Oshawa, Ontário.

Também deverão ser afetadas as fábricas de transmissão de Michigan e Baltimore, que ficarão sem modelos de carros para os quais produzir.

A questão será abordada com o sindicato dos trabalhadores no ano que vem, informou a agência Reuters.

Além das fábricas na América do Norte, a GM divulgou que mais duas unidades fora da região serão fechadas, mas os locais ainda não foram divulgados.

No início do ano, a empresa já havia anunciado o encerramento da unidade fabril na Coreia do Sul.

“Estamos adequando nossa capacidade à realidade do mercado", disse a presidente-executiva da GM, Mary Barra.

A CEO da montadora disse que as reduções são preventivas, "enquanto a empresa é forte e a economia é forte".

Entre modelos agora montados nas fábricas que podem fechar, estão inclusos Chevrolet Cruze, Cadillac CT6 e Buick LaCrosse. 

Em contrapartida, a GM disse que vai transferir mais investimentos para veículos elétricos e autônomos, além de ressaltar o recente investimento em picapes, crossovers e SUVs.

Além disso, Mary Barra promete dobrar os recursos para engenharia voltada a carros autônomos e elétricos a partir de 2020.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×