Jump to content
Sign in to follow this  
Marcos Albino

Eleições de 2014 no Brasil

Recommended Posts

Victor235

Vixe mesmo. Penso em votar no Campos, em um eventual segundo turno que ele apoie o Aécio, não devo votar no tucano.

Ainda vou me informar mais sobre a campanha do Randolfe Rodrigues e esperar a campanha eleitoral começar para pensar melhor nas minhas decisões.

-----------------------------------

NOTÍCIAS
Site próximo ao PT aponta uso de “robôs” por Campos e Aécio na web
Fernando Rodrigues
10/04/2014 12:52

Técnica eleva artificialmente a relevância de páginas nas redes sociais

Campos nega prática e afirma que perfil foi atacado; Aécio se diz alvo de calúnias

A equipe de comunicação de Eduardo Campos, pré-candidato do PSB à Presidência da República, estaria utilizando perfis falsos nas redes sociais, conhecidos como “robôs”, para aumentar a sua influência, acusou na 4ª feira (9.abr.2014) o “Muda Mais”. Esse site tem registro anônimo no exterior e é comandado por pessoas que trabalham próximas ao PT, segundo apurou o Blog.

A acusação do site pró-PT não pode ser comprovada.

O “Muda Mais” diz ter analisado 4 posts de Campos no Twitter e concluiu que cada um deles havia sido replicado por 5 mil “robôs” diferentes. Também publicou uma lista dos supostos 5 mil “robôs” que teriam replicado os posts de Campos. Nesta 5ª feira (10.abr.2014), o site acusou a campanha do tucano Aécio Neves de também usar “robôs”.

A prática é malvista nas redes sociais pois atribuiu uma falsa aparência de relevância para determinados perfis ou mensagens.

Este pode ser um dos primeiros episódios de ataque virtual em massa na campanha presidencial deste ano. Para desmoralizar um determinado perfil no Twitter, basta inundá-los de retuítes de “robôs”, algo facilmente perceptível.

Este caso envolvendo o uso de “robôs” tem vários aspectos obscuros.

O “Muda Mais” fez a acusação contra Eduardo Campos na tarde do dia 9.abr.2014, por volta de 16h. Ao descrever o uso de “robôs”, o site pró-PT indicou que sua equipe monitora as operações de internet de adversários de Dilma Rousseff.

No final desse mesmo dia 9.abr.2014, a equipe de Eduardo Campos escreveu a respeito do caso dos perfis falsos em suas páginas no Facebook e no Twitter. Afirmou que condenava “veementemente” o uso de “robôs” nas redes sociais. Como essa postagem se deu por volta de 19h, parecia ser uma resposta à acusação do “Muda Mais”.

Ocorre que bem antes disso, conforme pode comprovar o Blog, a própria equipe de Campos havia enviado uma notificação ao Twitter na qual relatava ter detectado uma enxurrada de retuítes feitos por perfis fakes/”robôs”, todos com zero seguidor. O mesmo procedimento também foi registrado contra o perfil da Marina Silva.

As postagens de Campos e de Marina começaram a ser afetadas por “robôs” a partir do início de abril.

A campanha de Campos também afirmou que o suposto ataque “dificilmente se trata de coincidência, visto que o mesmo aconteceu com o perfil de Marina Silva”, mas não apontou quem teria sido o autor.

Em nota à imprensa, a campanha de Aécio não nega explicitamente o uso de “robôs”, mas diz ser alvo de calúnias de uma “rede clandestina” a serviço do PT.

Abaixo, reprodução da acusação do “Muda Mais” e a postagem de Campos.

mudamais1.png

eduardo.png
BLOG DO FERNANDO RODRIGUES/UOL POLÍTICA

Que são fakes é inegável. A questão é saber se os candidatos foram atrás disso ou se isso foi plantado por alguém para expor o candidato de forma negativa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Will CH

Esse truque é velho...Não sei se esse caso é verdade, mas lembro de algo semelhante no Twitter em 2010.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Aliás, já viram isso?

https://pt-br.facebook.com/PEN51

Um partido novo, que nunca disputou eleições e que nunca teve ampla divulgação, é, com amplíssima vantagem, o partido político brasileiro mais curtido no Facebook. Nada menos que 409 mil curtidas (como comparação, o PSDB tem 75 mil).

Detalhe que essa página não aparece nem na busca do Google.

É o partido presidido pelo mesmo deputado que uma vez postei o Youtube dele aqui questionando que parecia ter formas ilegais de conseguir views.

Aí tem coisa...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

É de lascar ver uma página oficial de um partido político ficar postando coisas assim:

Seria cômico, se não fosse trágico.

pen1_zps3d9fb587.jpg

pen3_zpse227849b.jpg

pen7_zps6b658686.jpg

pen8_zpscc1664ba.jpg

pen2_zps9911667c.jpg

pen4_zps6b0f230b.jpg

pen6_zpseb8a3518.jpg

pen5_zps43abf009.jpg

Imagens: reprodução

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Will CH

Nooossa... Não é possível!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Que sarro. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Postando aqui pro Will voltar ao fórum /vamp

NOTÍCIAS
Forasteiros' investem no eleitorado de Araraquara
Ao menos cinco candidatos de fora projetam levar, juntos, 31,5 mil votos de araraquarenses
Tribuna Impressa - Araraquara - Gabriela Martins
27/04/2014 - 03:00

cc41cbf7-5a6d-4a1c-aa21-40ea4fbacf8f.jpg
Marcia Lia (PT) é pré-candidata.
Arquivo/Tribuna Impressa

Pelo menos cinco candidatos a deputado federal ou estadual considerados “forasteiros” vêm investido pesado para conquistar o eleitorado araraquarense.

Entre os principais trunfos para sensibilizar o tradicional bairrismo local, eles contam com padrinhos poderosos, vereadores empenhados e partidos bem estruturados.
O deputado federal de Americana Vanderlei Macris (PSDB), que até título de cidadania já ganhou, é um dos mais entusiasmados com a ideia, E também está entre os cinco que mais vêm investindo energia aqui.

O grupo é integrado ainda pelo petista de Matão Adauto Scardoelli (pré-candidato a deputado federal), pelo também petista e deputado federal Arlindo Chináglia (que disputa a reeleição), pelo peemedebista de Ribeirão Preto Baleia Rossi (outro que pleiteia a Câmara Federal) e pelo deputado estadual do PTB Campos Machado (que pretende continuar na Assembleia Legislativa).

Juntos, os cinco projetam angariar um total de 31,5 mil votos, mais ou menos. O mais ambicioso, embora a conta seja uma estimativa de bastidores, é o matonense Adauto, que conta com o poderoso capital eleitoral de Edinho Silva (PT).

Os entusiastas da campanha dele acreditam que o tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff consiga transferir em torno de 20 mil votos para o companheiro de Matão.
“Minha perspectiva é boa, devido a proximidade com Araraquara e a história do partido no município”, conta Scardoelli, embora ele, pessoalmente, evite cravar números. O escolhido de Edinho sabe que não será fácil. “É um trabalho de formiguinha, onde ninguém se elege sozinho”. A aposta de Adauto será a proximidade de Araraquara e Matão. “Dimas Ramalho é de Taquaritinga e conseguiu se eleger, tendo boa votação em Araraquara. Por acreditar nessa regionalidade, estamos confiantes numa boa votação”.

Vanderlei Macris está animado com o apoio da bancada tucana na Câmara - Jeferson Yashuda, Lapena e Tenente Santana - mais a parceria com o secretário de Esportes, Geicy Sabonete, que já prometeu: se atingir na região a meta projetada, abre um escritório fixo do mandato em Araraquara. “Eu tenho laços de família e afetivos com Araraquara. E tenho trabalhado com bons parceiros pela cidade”, disse o tucano em recente entrevista à Tribuna.

Outro PT
Se Adauto tem apoio de Edinho e sua tendência no PT local (a CNB), o deputado federal Arlindo Chinaglia tem apoio da corrente Movimento PT, representada aqui pelo vereador Édio Lopes e o vice-presidente do diretório local Elielson Carneiro. “Na eleição passada, ele conquistou aproximadamente 1,8 mil votos, mas hoje nosso objetivo é chegar a 3 mil. Não é fácil ter um número de votos muito alto, por ser de fora, mas não vejo como forasteiro um deputado que já mandou mais de R$ 10 milhões em emendas parlamentares para Araraquara”, defende Édio.

O deputado estadual Baleia Rossi quer virar federal e conta com a ajuda do PMDB da cidade. Entre seus entusiastas estão os vereadores da bancada do partido - Aluisio Bráz, Roberval Fraiz, Elias Chediek e Jair Martinelli.

Na eleição passada, menos de 100 eleitores da cidade deram o voto a ele, mas, neste ano, o número esperado é bem mais otimista. “O Baleia vem tendo presença cada vez mais forte na cidade, inclusive com emendas parlamentares”, diz Aluisio Bráz.

Com a filiação de Joaquim Palomino ao PTB, Campos Machado mostra que quer mais do que já teve. Ele se soma aos antigos integrantes do partido. “Na eleição passada, Campos Machado angariou cerca de 500 votos na cidade, para este ano a intenção é chegar ao 1, 5 mil”, diz José Domingos Fernandes de Andrade, atual presidente da legenda.

Candidatos de Araraquara também gastarão sola de sapato durante campanha
Assim como os forasteiros investirão em Araraquara, o contrário também irá ocorrer. Os pré-candidatos a deputados da cidade também vão “cair na estrada” em busca de pelo menos 160 mil votos, em cem cidades do Estado de São Paulo.

O montante considera a estimativa de cada um dos pré-candidatos sobre o número de votos que deverão ser angariados além das fronteiras eleitorais de Araraquara.

Apesar de apostarem e saberem da tendência de Araraquara ao bairrismo eleitoral, os pré-candidatos vão precisar “gastar sola”. São mais de cem municípios que deverão ser percorridos, em direções geográficas diferentes, sem contar, claro, Araraquara e a microrregião — rota já previsível e confirmada por todos eles.

ARARAQUARA.COM

Share this post


Link to post
Share on other sites
Will CH

Postando aqui pro Will voltar ao fórum /vamp

Desgraçado...rs Eu visito o fórum direto pra olhar, mas quando alguém posta nesses tópicos eu não resisto e acabo respondendo.

Sobre o caso do seu post: Só eu que vejo o nosso sistema eleitoral mais como uma grande enquete do que uma disputa de opiniões?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chad'

Sobre o caso do seu post: Só eu que vejo o nosso sistema eleitoral mais como uma grande enquete do que uma disputa de opiniões?

Não.

Por isso que eu fico meio estranhado quando vejo alguém comentando que Randolfe, Pastor Everaldo, Aécio ou Eduardo poderão mudar o país.

No fim das contas, vai dar na mesma... então nem muda muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Will CH

Não.

Por isso que eu fico meio estranhado quando vejo alguém comentando que Randolfe, Pastor Everaldo, Aécio ou Eduardo poderão mudar o país.

No fim das contas, vai dar na mesma... então nem muda muito.

Eu voto no Randolfe, mas de antemão sabemos que não ganha, pois seu discurso se baseia em opinião e ideologia, não no pragmatismo que está nas regras do jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Antonio

Pois é, difícil escolher em quem votar...

Achei um vídeo interessante sobre isso, principalmente o final (e adorei a camiseta):

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Quem sabe o Will aparece depois desse comentário

Saiu pesquisa referente ao governo de São Paulo.

Mais uma vez, o candidato do Lula começa lá embaixo, com tendência a subir após o horário eleitoral. Mas não deve repetir o fenômeno ocorrido com o Haddad, porque as eleições já estão bem próximas e o Padilha ainda está com 3%, sem contar que o candidato do Lula não anda muito bem na capital, o que pode refletir no voto do eleitor no que diz respeito a acatar a indicação do ex-presidente para o governo.

Desta vez o Skaf vem como candidato mais forte do que nas eleições 2010 e ainda tem a candidatura do Kassab que tem cara que é só pra divulgar o PSD sem ter que apoiar o PSDB.

Aqui em SP provavelmente o Alckmin vai ganhar as eleições.

Dados: http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/06/datafolha-em-sp-aponta-alckmin-com-44-skaf-21-e-kassab-5-em-sp.html

Edited by Victor235

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabriel Maciel

Entre Dilma, Aécio e Eduardo Campos acho que o Aécio é a melhor escolha pra presidente no momento. Se votasse, no primeiro turno escolheria o Campos, já que a maioria votará no PT e PSDB, se o PSB tiver um bom número de eleitores, leva a Dilma e o Aécio pro segundo turno, deixando a disputa mais acirrada ainda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
NOTÍCIAS
Microcandidatos embananam debates na TV
Fernando Rodrigues | 06/06/2014 09:11

Pela lei, 8 candidatos têm direito de participar dos encontros na TV e no rádio
Na internet, regra é livre e debates podem ser feitos com menos nomes

Quando há um número grande de candidatos a presidente fica mais difícil realizar debates eleitorais na TV ou no rádio. Neste ano, há 8 candidatos habilitados e que têm o direito legal de estar nesses encontros.

A lei brasileira é rígida a respeito de concessões públicas (TV e rádio) durante períodos eleitorais. Determina que sejam convidados para debates na TV ou no rádio (internet não se enquadra nessa regra) todos os candidatos cujos partidos tiveram pelo menos 1 deputado federal eleito na última eleição. Como demonstra o site da Câmara na tabela de eleitos em 2010, hoje teriam de ser convidados para debater 8 candidatos.

Num debate de 1 hora e meia de duração (90 minutos), o tempo “líquido” do programa é de aproximadamente 75 minutos (por causa dos intervalos comerciais). Há também a fase de apresentação do evento, explicação das regras e intervenções do apresentador. Num cálculo otimista, sobram cerca de 65 minutos para as manifestações de todos os candidatos.

Nessa hipótese do parágrafo anterior, os 8 candidatos presidenciais deste ano teriam cerca de 8 minutos cada um para fazer perguntas e dar suas respostas e réplicas. Mesmo que o debate tivesse 2 horas de duração, o tempo total de cada participante aumentaria, se tanto, para 11 minutos.

Ou seja, não haveria um debate propriamente. É sempre possível que as emissoras de TV negociem com os candidatos nanicos para convencê-los a abrir mão do direito de ir aos debates. Esse é um cenário difícil de ser alcançado.

Em 2012, a TV Globo desistiu de fazer um encontro com candidatos a prefeito de São Paulo porque o número de postulantes era excessivo e ninguém abriu mão de estar no eventual debate. Neste ano, a TV Globo tem dito aos pré-candidatos a presidente que fará um encontro com apenas 4 deles –mas não está claro como será possível viabilizar tal composição.

Eis uma lista de todos os pré-candidatos a presidente em 2014 com uma anotação sobre quais deles têm direito de estar presentes aos debates em TV e rádio (clique na imagem para ampliar):

Nanicos-debates-2014.jpg

INTERNET É LIVRE
A única possibilidade de haver debate eleitoral com discussões minimamente aprofundadas é com menos candidatos. Isso é possível na internet. A lei permite que sejam realizados esses encontros com qualquer número de candidatos e com transmissão em vídeo, ao vivo.

Em 2010, o jornal “Folha de S.Paulo” e o UOL foram pioneiros e organizaram debates na internet com candidatos a presidente, a vice-presidente e a governador de São Paulo apenas com os 3 mais bem colocados em cada uma dessas disputas.

Neste ano de 2014, o convite já foi apresentado pela “Folha'' e pelo UOL aos pré-candidatos a presidente, que ainda não deram resposta definitiva a respeito de um encontro com transmissão via internet.
BLOG DO FERNANDO RODRIGUES/UOL Edited by Victor235

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...