Jump to content
Sign in to follow this  
Victor235

FACEBOOK

Recommended Posts

Clark Kent

Facebook vai coletar dados sobre como você movimenta o mouse na tela

face.jpg

O Facebook vai começar a coletar dados sobre como cada usuário movimenta o mouse na tela. E isso não é rumor. Quem disse foi o chefe do setor de análises da rede social, Ken Rudin, em entrevista ao The Wall Street Journal. Segundo Rudin, saber como cada pessoa mexe o mouse (ou o dedo, no caso de um aparelho ‘touch’) e clica no que aparece na tela vai aumentar – e muito – a base de informações sobre comportamento na rede. A proposta está em fase de testes e em alguns meses deve entrar em operação, diz o executivo.

Isso incluiria, por exemplo, informações sobre quanto tempo a pessoa deixa o cursor do mouse em cima de uma foto antes de clicar. Ou sobre qual parte do feed de notícias ou de um anúncio chamou a atenção o suficiente para o usuário parar de rolar a tela do celular e ler o post. Esse mundo de dados poderá ser usado pelo Facebook para desenvolver novos produtos e vender espaço publicitário de forma mais precisa. Em outras palavras: segmentar o público de acordo com a necessidade do anunciante.

A reportagem do WSJ lembra que esse tipo de monitoramento não é raro no mundo da internet, mas até hoje não tinha entrado na estratégia de negócios do Facebook. E cita o exemplo do Shutterstock, site de venda de imagens que coleta dados sobre tudo o que o usuário faz na página.

Como é hoje

São dois tipos de dados coletados pelo Facebook: demográficos (como a cidade onde você nasceu, onde mora, se fez faculdade – por exemplo) e informações sobre comportamento, capturadas a partir das páginas e posts curtidos, além da rede de amigos. E, claro, o Facebook só pega essas informações porque os usuários estão dispostos a aceitar os termos de privacidade da rede e postar, postar e postar…

Anonymous Brasil

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Facebook teria oferecido US$ 3 bilhões para comprar o Snapchat

g791.jpg

Depois de comprar o Instagram por US$ 1 bilhão, o Facebook tentou abocanhar mais uma empresa em ascensão em plataformas móveis: o Snapchat. O valor não foi especificado, mas supera a casa dos US$ 3 bilhões, conforme relatam fontes ligadas ao assunto ao Wall Street Journal. A negociação não foi adiante.

Para quem não conhece o Snapchat, trata-se de um aplicativo de troca de mensagens, que podem incluir texto ou fotos, que são apagadas após alguns segundos. O app tem ganhado bastante força entre jovens e tem sido apontado como um dos fatores pelos quais o Facebook tem perdido popularidade na faixa etária.

O Facebook, no entanto, não deve ser a única empresa interessada na aquisição do Snapchat. Outra possibilidade seria a Tencent (chinesa por trás do app WeChat), que teria liderado um investimento que pagaria US$ 4 bilhões pelo negócio.

Evan Spiegel, o cofundador e CEO do Snapchat, no entanto, não parece ter interesse em nenhuma fusão por enquanto. As fontes do jornal apontam que ele só pensará em algo assim até o início do ano que vem, com a esperança de que o número de usuários e mensagens aumentem o suficiente para justificar uma transação ainda mais vantajosa.

Até hoje, o Snapchat não deu lucro para seus fundadores. Evan Spiegel, fundador da startup, comentou sobre o assunto no TechCrunch Disrupt, em San Franscisco. “Nós somos um negócio, nós queremos fazer dinheiro, mas, o jeito que pensamos sobre monetização mudou. Nós olhamos a Tencent , por exemplo, que ganha a maior parte de sua renda com vendas dentro do app. Eles têm que criar coisas que as pessoas querem comprar. Este é um desafio assustador, de fazer as coisas que as pessoas querem”, comparou no evento.

Spiegel não disse quando ele pretende monetizar o serviço, mas deverá ser antes do próximo levantamento de fundos. Em junho, a startup conseguiu arrecadar US$ 60 milhões – número bastante elevado para uma companhia que ainda não sabe como ganhar dinheiro. Os investidores apostam apenas na viralização do aplicativo.

Olhar Digital

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

O Facebook como sempre expandindo suas funcionalidades... Esses investimentos não são nada perto dos lucros que virão... ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
NOTÍCIAS
Instagram pode ganhar chat interno
olhard_zpscf0e4e26.jpg
Por Redação Olhar Digital - em 25/11/2013 às 15h26

http://img1.olhardigital.uol.com.br/area_logada/imagem.php?id=415484
(Foto: Reprodução)

O Instagram pode dar outro passo evolutivo com a introdução de um sistema interno de mensagens. Seria a segunda grande atualização do aplicativo, que há pouco tempo aderiu aos vídeos (relembre).

Fontes "bem posicionadas" disseram ao GigaOM que o Facebook pretende acrescentar ao seu produto um recurso de mensagens privadas e também pensa na possibilidade de incluir conversas em grupo.

As duas novidades estariam na próxima versão do Instagram, que deve ser liberada antes do fim do ano. A empresa se negou a comentar os rumores.
OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
NOTÍCIAS
Ministério Público abre inquérito contra Lulu e Facebook
olhard_zpscf0e4e26.jpg
Por Redação Olhar Digital - em 02/12/2013 às 16h44

http://img1.olhardigital.uol.com.br/area_logada/imagem.php?id=420874
(Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira, 29, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) instaurou inquérito civil público contra a Luluvise (criadora do aplicativo Lulu) e o Facebook.

Em nota, o órgão diz que a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor tomou tal atitude após "ampla divulgação" de que uma iniciativa entre duas empresas - o Lulu - "é capaz de ofender direitos da personalidade de milhões de usuários do sexo masculino". Agora as duas têm cinco dias para se pronunciar.

O Lulu permite que mulheres façam avaliações sobre os homens usuários do Facebook. Com hashtags elas podem descrever o desempenho de conhecidos em diversas categorias - como sexo. "Essa situação evidencia ofensa a direitos existenciais de consumidores, particularmente à honra e à privacidade, ensejando medidas administrativas e, eventualmente, condenação por dano moral coletivo", diz o Ministério Público.

Vale lembrar que, nesta quarta-feira, 4, será lançado o Tubby, um aplicativo que permite esse mesmo tipo de julgamento, só que feito pelos homens em relação às mulheres (saiba mais).
OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

2 milhões de senhas de usuários de Google e Facebook foram expostas
Um problema grave, que afetou usuários dos principais serviços online, foi descoberto nesta quarta-feira. Aproximadamente 2 milhões de senhas de usuários de Facebook, Google, Twitter, Yahoo e LinkedIn foram roubadas e divulgadas na internet.

318,000 Facebook (FB, Fortune 500) accounts
70,000 Gmail, Google+ and YouTube accounts
60,000 Yahoo (YHOO, Fortune 500) accounts
22,000 Twitter (TWTR) accounts
9,000 Odnoklassniki accounts (a Russian social network)
8,000 ADP (ADP, Fortune 500) accounts
8,000 LinkedIn (LNKD)accounts

Em contato com o site Huffington Post, o Facebook afirma que, apesar de não haver detalhes claros sobre o caso, aparentemente o roubo de senhas aconteceu pelo fato de que os usuários tinham um malware instalado na máquina que puxou os dados diretamente do navegador, de forma que não houve brecha de segurança. A rede social também se comprometeu a redefinir as senhas das contas afetadas.

As informações roubadas abrangem usuários do mundo todo, segundo a Trustwave. O site em que as informações foram divulgadas está em russo.

Aparentemente, as principais contas afetadas possuíam senhas fracas. Como sempre, as palavras-chave mais frágeis e, consequentemente, mais afetadas são "123456", "123456789", "1234" e "password".

AnonymousBrasil

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Realmente é burrice uma pessoa colocar uma senha: "123456", mas isso não justifica o ato de ninguém. Os criminosos têm que ser punidos! ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

"123456" até passa, agora colocar "Password: password" é merecer um troféu.

Outra fonte para esta mesma notícia:

Hacker rouba 2 milhões de senhas de usuários de Google e Facebook
http://olhardigital.uol.com.br/noticia/hacker-rouba-2-milhoes-de-senhas-de-usuarios-de-google-e-facebook/39188

----------------------------------------


NOTÍCIAS
Justiça condena internautas por 'curtir' e compartilhar post no Facebook
olhard_zpscf0e4e26.jpg
Por Redação Olhar Digital - em 04/12/2013 às 09h14

http://img1.olhardigital.uol.com.br/area_logada/imagem.php?id=422276
(Foto: Reprodução)

Ao curtir ou compartilhar algo no Facebook o usuário mostra que concorda com aquilo que está ajudando a divulgar. Levando esse fato em consideração, o Tribunal de Justiça de São Paulo incluiu os replicadores de conteúdo em uma sentença, fazendo com que cada um seja condenado junto com quem criou a postagem.

O caso foi relatado nesta manhã pela colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo, segundo a qual a decisão, inédita, será recomendada como jurisprudência para ser aplicada sempre que uma situação semelhante surgir.

O processo em questão envolve um veterinário acusado injustamente de negligência ao tratar de uma cadela que seria castrada. Foi feita uma postagem sobre isso no Facebook e, mesmo sem comprovação de maus tratos, duas mulheres curtiram e compartilharam. Por isso, cada uma terá de pagar R$ 20 mil.

Relator do processo, o desembargador José Roberto Neves Amorim disse que "há responsabilidade dos que compartilham mensagens e dos que nelas opinam de forma ofensiva". Amorim comentou ainda que a rede social precisa "ser encarado com mais seriedade e não com o caráter informal que entendem as rés".

OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
NOTÍCIAS
Justiça proíbe lançamento do Tubby

http://img1.olhardigital.uol.com.br/area_logada/imagem.php?id=423247
(Foto: Reprodução)

O aplicativo Tubby, anunciado como "vingança" dos homens que foram avaliados pelas mulheres no Lulu, não poderá ser lançado no Brasil, graças a uma decisão da 15ª Vara Criminal de Belo Horizonte proferida na noite de feira, 4.

A estreia do app estava prevista para ontem mas foi adiada para sexta-feira, 6, por causa da alta demanda. Agora a Justiça proibiu que os desenvolvedores, o Facebook (que forneceria dados das mulheres), o Google ou a Apple (por meio de suas lojas) coloquem o serviço no ar. Caso descumpram a medida, terão de pagar multa diária de R$ 10 mil.

A decisão, noticiada pelo G1, atende a um pedido de medida cautelar feito pelos coletivos Frente de Mulheres das Brigadas Populares de Minas Gerais, Margarida Alves, Movimento Graal no Brasil, Marcha Mundial das Mulheres, Movimento Mulheres em Luta, Marcha das Vadias e Coletivo Mineiro Popular Anarquista (Compa).

O pedido se baseava na Lei Maria da Penha (11.340/06) sob justificativa de que o aplicativo incentivaria a violência contra a mulher - na imagem de divulgação, por exemplo, é mostrada a hashtag #CurteTapas, uma das que provavelmente seriam adotadas para avaliar as mulheres.

O juiz Rinaldo Kennedy Silva, titular da Vara Especializada de Crimes Contra a Mulher de BH, considerou que há “plausibilidade jurídica na tese”, no pedido, ”uma vez que a requerente pretende a defesa dos interesses difusos das mulheres”. “Há também fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação, uma vez que depois de ofendida a honra de uma mulher por intermédio do mencionado aplicativo, não haverá como repará-la”, escreveu ele.
OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

NOTÍCIAS

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

NOTÍCIAS
Facebook mostra a retrospectiva anual dos usuários

olhard_zpscf0e4e26.jpg

Por Redação Olhar Digital - em 09/12/2013 às 13h00

O Facebook já disponibiliza a retrospectiva individual de 2013 aos usuários. Com apenas um clique, o internauta tem acesso aos principais eventos do ano registrados em sua página na rede social. Para conferir, basta abrir o perfil e clicar no campo “Veja a sua retrospectiva de 2013”, localizado no lado esquerdo.

O site elege 20 momentos considerados importantes para o usuário por causa da popularidade dos temas, não exatamente por sua relevância. A eleição é feita de acordo com o número de likes e compartilhamentos de imagens e posts publicados ao longo do ano.

20131209125845.jpg

Também é possível conferir a retrospectiva anual de seus amigos. Utilizando a mesma lógica, o Facebook exibe os posts mais populares das redes de cada um durante 2013.

OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Ah, achei um saco isso aí, não fiz nada de importante em 2013 heuehhuehuehuehuehue

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

NOTÍCIAS

No Facebook, "Carnaval" foi o assunto do ano para brasileiros:

carnaval_2mascaras_g.gif

O assunto mais comentado do ano inteiro pelos brasileiros no Facebook foi um evento que dura menos de uma semana: o Carnaval. Dados divulgados pela rede social nesta segunda-feira, 9, mostram que o período entre 9 e 12 de fevereiro foi o que mais gerou repercussão no site.

Neymar - ex-jogador santista, atual do Barcelona - foi o segundo mais falado na rede, seguido pelo Rock in Rio, o papa Francisco e o mensalão. Depois vêm Copa das Confederações, Maracanã, a hashtag #vemprarua (em referência aos protestos de junho), Petrópolis (por causa de desastres naturais) e Boate Kiss (onde um incêndio matou 242 pessoas).

Em termos mundiais o papa Francisco foi o mais comentados, ganhando dos temas eleição, bebê real, o tufão Haiyan, Margatet Thatcher, Harlem Shake, Miley Cyrus, Maratona de Boston, Tour de France e Nelson Mandela (que faleceu na semana passada).

O evento cotidiano mais usado no site foi adicionar um relacionamento, noivar ou casar. Depois: viajar; mudar-se; terminar um relacionamento; conhecer um amigo; adicionar membro da família, esperar ou ter um bebê; ter um animal de estimação; perder um ente querido; colocar um piercing; e abandonar um hábito.

Fonte: Olhar Digital

Share this post


Link to post
Share on other sites
Clark Kent

Facebook libera lista dos Melhores Jogos de 2013

161220-criminal-case.jpg

O Facebook divulgou sua lista com os seus 23 melhores jogos de 2013.

A lista é composta de games de vários gêneros e 10 deles - quase metade - foram desenvolvidos na Europa. Um bom número (8) também é de jogos chamados "cross-platform", nos quais o progresso é compartilhado tanto no Facebook quanto nos celulares.

De acordo no blog oficial de desenvolvedores da rede social, os critérios usados na seleção foram classificações dos usuários, implementação, crescimento e "qualidade geral".

Confira a lista abaixo:

Jogo do Ano
Criminal Case

Melhores Jogos Novos de 2013
Bake Shop Drop
Farm Heroes Saga
Heart of Vegas
Hit It Rich Casino Slots
Jelly Splash
Kitchen Scramble
Monster Legends
The Smurfs & Co.: Spellbound
Soldiers Inc.
Solitaire Tales
Thunder Run War of Clans
Vikings Gone Wild

Escolhas da Equipe do Facebook
DoubleU Casino
Game of Thrones Ascent
King's Bounty: Legions
Panda Jam
Wartune
War Commander

Hall da Fama de 2013
Candy Crush Saga
DoubleDown Casino
FarmVille 2
Slotomania

Info/Abril

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...