Jump to content
Sign in to follow this  
Clark Kent

Há 69 anos nascia Marcelo Gastaldi, o dublador do Chaves

Recommended Posts

Clark Kent

NOTÍCIAS

dub.JPG

Marcelo Gastaldi foi um veterano dublador brasileiro. Nascido em 20 de Outubro de 1944, iniciou sua belíssima carreira de dublagem em 1959 nos antigos estúdios da Gravason, que anos mais tarde se chamaria Arte Industrial Cinematográfica (AIC-SP), lugar onde também surgiram grandes profissionais do ramo.

Gastaldi emprestou sua voz a inúmeros personagens que atravessaram gerações, entre eles estão Charlie Brown (Snoopy), Barney Rubble (Os Flintstones) e Ralph Hinkley (Super-Herói Americano). O saudoso dublador também esteve na dublagem do clássico Pica-Pau, fazendo locuções e dublando personagens secundários.

Os Iguais

Dono de grandes talentos, Marcelo também era cantor, chegando a formar um quarteto vocal da jovem guarda com seu grande amigo Mário Lúcio de Freitas, Antonio Marcos e Apolo Mori, chamado “Os Iguais” (inicialmente “Os Plutos”). O conjunto atuou entre os anos de 1966 e 1967, e além de compor músicas próprias, regravava músicas em outros idiomas e também adaptava canções estrangeiras para a nossa língua.

A Era Maga

No inicio dos anos 80, com o surgimento de inúmeras cooperativas de dubladores e o nascimento do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), nasceu a Maga Produções Artísticas, criada por Marcelo Gastaldi. A Maga, abreviatura de MArcelo GAstaldi, era uma cooperativa formada por dubladores que integravam até então a extinta Com Arte, funcionando inicialmente em um núcleo da própria emissora ao lado de outra cooperativa independente, e anos mais tarde, com o fechamento deste núcleo, transferindo suas operações para os estúdios da Marshmallow.

A empresa de Gastaldi dublou muitos trabalhos de grande êxito, como Snoopy, Punky – A Levada da Breca, Inspetor Bugiganga, O Super-Herói Americano e o longa Elvira, a Rainha das Trevas. No entanto, o mais notável sem sombra de dúvidas foi a versão brasileira das séries mexicanas de maior sucesso em toda a America Latina: Chaves e Chapolin.

Chaves e Chapolin – Sucesso absoluto

Há quase 30 anos cativando gerações brasileiras, as séries de Roberto Gómez Bolaños chegaram ao nosso país de pára-quedas em 1983, junto a um lote de novelas encomendado pelo SBT à emissora mexicana Televisa, com quem mantém uma sólida parceria até os dias atuais. Ironicamente, Chaves e Chapolin chegaram a ser duramente criticados e rejeitados por diretores da emissora de Silvio Santos, que ignorando-os, as enviou imediatamente para o núcleo de dublagem. Marcelo Gastaldi recebeu em mãos a tarefa de dirigir o trabalho e selecionar os profissionais que nele estariam. Emprestou sua voz ao menino de 8 anos, órfão e pobre que cultiva em seu coração o amor e o valor da amizade; e ao nobre herói sem poderes, que enfrenta os problemas com coragem superando seu medo.

O excelente trabalho de dublagem, somando ao humor puro e a simplicidade das séries, foram a combinação perfeita para que o evidente sucesso superasse as expectativas. A perfeição da dublagem era tanta, que muitos acreditavam que a série era realmente brasileira. Anos mais tarde foram chegando a emissora mais episódios para dublagem, que mantinha a mesma linha de sucesso fenomenal do primeiro lote. Ao todo, são quatro lotes de episódios que receberam a dublagem Maga, sendo alguns episódios inéditos estreados somente 20 anos mais tarde.

Hoje, o Brasil é considerado mundialmente como o país que reúne a maior quantidade de fãs CH, superando até mesmo o país de origem, e entende-se que boa parte deste sucesso absoluto deve-se à dublagem Maga e de todos os profissionais envolvidos no projeto. Por esta razão, nenhum outro trabalho de dublagem posterior foi tão bem recebido pelos fãs quanto a primeira dublagem.

Feroz e Mau-Mau

No começo dos anos 90, Marcelo Gastaldi e Carlos Seidl deram início a um projeto inspirado na simplicidade, ingenuidade e inocência das séries de Chespirito, intitulado “Feroz e Mau-Mau”. Seria uma sitcom protagonizada por ambos, e mostraria grandes confusões e trapalhadas vividas pelos ladrões Feroz (Carlos Seidl) e Mau-Mau (Marcelo Gastaldi), inspirados nos também ladrões Peterete (Ramón Valdés) e Chómpiras (Chespirito). Segundo Gastaldi, Feroz queria ser a pessoa mais malvada da face da terra, porém não conseguia, pois seu coração não era mal. Era muito emotivo, chegando as lagrimas com facilidade. Enquanto Mau-Mau, tentava seguir à risca às ordens do mestre, mas como era muito atrapalhado, acabava sempre dificultando e colocando a perder os planos de Feroz.

A equipe gravou um episódio piloto, dirigido por Mário Lúcio de Freitas, que foi apresentado ao SBT. A proposta foi aprovada, entretanto não foi a diante porque Marcelo não conseguiu entrar em um acordo financeiro com a emissora.

Morte

Marcelo Gastaldi faleceu no dia 3 de agosto de 1995, aos 50 anos, devido a uma baixa em seu sistema imunológico causado pelo agravamento de sua diabetes. Apesar de anos no anonimato, Maga ainda é lembrado com muito carinho por admiradores, não somente por fãs de Chaves e Chapolin, como também pelos colegas de profissão e amantes desta arte.

Texto: Lucas Fernando

Portal do FUCH

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Antonio

1378548_568926299828767_1224244925_n.jpg

"Esta foto é de 1974. Marcelo Gastaldi faria aniversário hoje. Que saudade do meu amigo." - Cecilia Lemes em seu Facebook

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Barbirotto

Na minha opinião, um dos melhores dubladores das séries e talvez o principal responsável pelo sucesso que as séries de Chespirito tem no Brasil.

Uma pena que não esteja entre nós.

Edited by Barbirotto

Share this post


Link to post
Share on other sites
ViniCH

Que pena =(

Realmente, como eu mesmo digo, 50 % das séries CH são a dublagem. E só Marcelo fica om uns 20%. O resto dividam entre sim :D

Parabéns!

Penas que você... morreu. :(

Share this post


Link to post
Share on other sites
Raphael

Cecília sorridente como sempre, muito simpática. ^_^

E pensar que na Sexta também falaram um pouquinho sobre o Gastaldi, logo me veio na cabeça um pouco da história dele... tudo que já lí a respeito desse exemplo de dublador.

Era um grande profissional, nos ensinou o que é dublagem e vivia os personagens a quem já emprestou sua voz, especialmente o Chaves. Que orgulho temos dele, principalmente aqueles que um dia querem chegar a dublar o Bolaños se inspirando nesse trabalho nota mil do Gastaldi.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Era um profissional fantástico, e deixou um grande legado com sua voz inconfundível! Já assisti algumas entrevistas com ele, e não tenho dúvidas que fazia seu trabalho com amor e muita dedicação!

Uma pena que ainda não esteja entre nós! :(

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bruce Dubber

Era um grande dublador. Não só por causa de CH, mas no geral, era um baita dum dublador!

Que torne a descansar em paz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Fernando

O Maga nos deixou muito, mas muito cedo mesmo :(

Tinha talento de sobra, tanto como dublador quanto como ator e cantor. Imagino como seria a história da dublagem se essa grande figura ainda estivesse entre nós.

Que esteja com Deus, querido Maga :joinha:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bruce Dubber
Imagino como seria a história da dublagem se essa grande figura ainda estivesse entre nós.

Infelizmente seria a mesma, a maioria dos dubladores caíram no mal da panelinha. Como Ionei Silva antes de sua morte disse, os dubladores da safra moderna fazem panelinhas entre si, não deixando brechas para os veteranos. É a triste verdade

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
TVS

Nós deixou muito cedo, um dos grandes mestres da arte da voz, até hoje não me conformo de sua morte tão prematura. :cry2:

Infelizmente seria a mesma, a maioria dos dubladores caíram no mal da panelinha. Como Ionei Silva antes de sua morte disse, os dubladores da safra moderna fazem panelinhas entre si, não deixando brechas para os veteranos. É a triste verdade

Desculpe a ignorancia mas o que é "dublagem panelinha"?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Fernando

Ele explicou na última frase: Os novatos não abrirem espaço para os veteranos.

Mas sei lá... Vale lembrar que o Maga tinha sua própria empresa. Poderia ter progredido. Mas também, é algo que nunca poderemos saber :(

Share this post


Link to post
Share on other sites
Usagi White

Não tenho palavras para falar sobre o Maga.

Só não vejo as entrevistas dele por que acho muito triste, é diferente de ver no ar um ator que morreu recentemente, eu sinto um sentimento maior pois o admiro por todos os trabalhos que ele tenha feito.

Só posso dizer uma coisa dele...

Ele ainda é incrível!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Don_aCHiles

Bom, não conheço muito bem o trabalho dele fora de CH, mas pelo que fez nas séries, pode ser considerado um dos melhores dubladores da história brasileira. Incrível como aqueles que tem grande talento se vão logo. :/

Impossível escolher seu substituto Guilherme ou Lucas Fernando talvez. heuehuheueh

Share this post


Link to post
Share on other sites
grande jake

grande dublador responsavel pelo sucesso que e ch no brasil,pena que não esta mais entre nos.

Edited by grande jake

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Que continue descansando em Paz.

--------

Ótimo texto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...