Jump to content
Sign in to follow this  
Alan1509

Facebook compra WhatsApp por US$ 16 bilhões

Recommended Posts

José Antonio

Porque modinha? Eu vejo como algo bom várias pessoas utilizarem um aplicativo.

E que bom que foi comprado pelo Facebook, seria destruído se fosse comprado pelo google, que ia exigir integração com google+, etc :assobiando:

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Whatsapp pode até ser modinha, mas ta fazendo muito sucesso e é muito prático, eu mesmo uso muito ele, não acho q vá acabar tão cedo por conta da sua praticidade, e da facilidade, e o facebook não deve conseguir piorar tanto assim não

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Fernando

Por falar em Skype, acredito que não tenha vigorado tanto quando o falecido MSN porque chegou em uma época em que já estava ultrapassado. Hoje em dia todo mundo prefere usar o chat do Facebook mesmo, mais prático para quem fica o dia inteiro na vida virtual.

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Por falar em Skype, acredito que não tenha vigorado tanto quando o falecido MSN porque chegou em uma época em que já estava ultrapassado. Hoje em dia todo mundo prefere usar o chat do Facebook mesmo, mais prático para quem fica o dia inteiro na vida virtual.

Hoje tudo se resume a praticidade, cada hora surge um mais prático q o outro, facebook surgiu com possibilidade de fazer eventos, compartilhar coisas etc.. O whatsapp surge como comunicação mesmo, facilitando, grupos de pessoas falando, ou até na conversa individual, cada hora vai surgir um melhor

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Base de dados faz WhatsApp valer US$ 16 bilhões, dizem especialistas:
Façamos as contas: Mark Zuckerberg disse ontem, ao anunciar a compra do WhatsApp, que a plataforma caminha para alcançar 1 bilhão de usuários. Se cada uma dessas pessoas pagar a taxa anual de US$ 1 que o aplicativo cobra, levaria ao menos 16 anos para a rede social recuperar os US$ 16 bilhões que investiu - sem contar outros US$ 3 bilhões pagos pelo time de funcionários do WhatsApp.
A conta acima fez muita gente questionar que raios de investimento foi esse que, aparentemente, não trará retorno imediato. O mesmo tipo de pergunta feita há dois anos, quando a rede social chocou o mercado ao gastar US$ 1 bilhão pelo Instagram.
A verdade é que Zuckerberg não comprou o WhatsApp (nem o Instagram) para fazer dinheiro diretamente. Adquirir outros serviços sociais contribui em pontos subjetivos, sendo um deles frear o crescimento de quem poderia incomodar futuramente. Basta lembrar que em 2012 a incorporação do Instagram ajudou a empresa a tirar um competidor da frente, estratégia tentada com o Snapchat, mas que fracassou.
"Essa tendência de as pessoas usarem o celular para acessar a internet as afasta um pouco das redes sociais e ameaça o serviço do Facebook, então foi uma estratégia de sobrevivência", opina Joana Varon, do Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV.
O WhatsApp - como fez antes o Instagram - também ajudará a empresa a enriquecer ainda mais o seu já vasto banco de dados. "O valor do WhatsApp não está no dólar que as pessoas pagam para usá-lo, está na quantidade de dados presentes ali que podem ser usados para montar o perfil dos usuários", explica o professor Carlos Affonso Pereira de Souza, do Ibmec (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais).
O investimento, diz Souza, voltará como publicidade customizada dentro do Facebook, já que o serviço de mensagens abomina propagandas, mas isso é só a ponta do iceberg - "a capacidade de entender a pessoa tem um valor de mercado que ultrapassa em muito o dólar de cada usuário", afirma ele.
EMOCIONAL:
Recentemente o Facebook passou a permitir que os usuários postem como estão se sentindo; mais do que criar um espaço de desabafo, a rede descobrira como fazer com que as pessoas contribuíssem diretamente com seu banco de dados. Entretanto, o Facebook é muito lento, os usuários não costumam passar o dia postando sentimentos, mas gastam horas fazendo isso pelo WhatsApp.
É algo que preocupa a pesquisadora da FGV. "O Facebook passa a ter o controle sobre nossos telefones, nossa rede privada de contatos. Com essa junção o nosso mundo de comunicações passa a estar nas mãos da rede social", ressalta.
A compra do WhatsApp revela a tendência expansionista do Facebook de querer se confundir com o próprio conceito de internet, segundo o professor do Ibmec. "É mais uma peça desse tabuleiro em que o Facebook analisa os usos da internet e através das aquisições traz novas funcionalidades para dentro da sua plataforma", comenta.
Não há como julgar se houve excesso do Facebook ao gastar um total de US$ 19 bilhões com o WhatsApp. O próprio valor das ações da rede social está atrelado a algo de difícil mensuração, que é a base de dados dos usuários. Além disso, quando a rede se lançou no mercado de ações, havia a expectativa de que o dinheiro levantado seria usado em aquisições, então a empresa só está fazendo o que se espera: indo às compras.

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Pois é, facebook tem um grande poder mas mãos, só não pode usar pro mal, senão vamos receber ligações de 5 em 5 minutos de uma empresa vendendo produtos...

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Notícia já passou, e o tópico perdeu a utilidade.

Para futuras postagens sobre o Facebook : Clique Aqui

Para futuras postagens sobre o Whatsapp: Clique Aqui

E com isso declaro esse tópico encerrado. :cadeado:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...