Jump to content
Sign in to follow this  
Alan1509

Copa do Mundo FIFA - Rússia 2018

Recommended Posts

JoãoB

@Usagi chan Brasil e Argentina na final iria ter muita repercussão mesmo.

Na última Copa isso quase aconteceu, mas o Brasil perdeu para a Alemanha na semifinal, se o Brasil tivesse ganho aquele jogo enfrentaria a Argentina na final.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

Eu gostaria de ver um Brasil x Argentina na Copa (E de preferência com o Brasil ganhando deles), mas prefiro que seja eliminada da Copa, o mais rápido possível :devil: :lol: :assobiando: Digo...

Aliás, no Bolão da Copa de 2014, eu apostei em Brasil x Argentina na Final, mas não aconteceu :sunglasses_unhappy:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Usagi White

Acredito que muitos gostariam que ver isso. Acho que nunca tivemos esse clássico das Américas numa copa né? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco

Teve em 90, com a Argentina tirando o Brasil nas oitavas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoãoB

Também teve esse clássico em outras três Copas:

1982: O Brasil ganhou de 3 x 1. O Maradona jogou e foi expulso nesse jogo.

1978: Empataram em 0 x 0, numa partida muito violenta.

1974: O Brasil ganhou de 2 x 1.

 

Mas em final de Copa nunca se enfrentaram, seria muito bom se isso acontecesse. 

Edited by JoãoB

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco
8 minutos atrás, JoãoB disse:

1978: Empataram em 0 x 0, numa partida muito violenta.

Verdade, e depois teve aquela marmelada do Peru -_-

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

Pelo menos o retrospecto é bom, pois:

2 vitórias do Brasil, 1 empate e 1 vitória da Argentina :P 

Aliás, eu nem lembrava mais dos resultados de BRA x ARG em Copas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Helenaldo

Fifa aprova que pré-lista da Copa do Mundo aumente de 30 para 35 jogadores

Prazo para as federações responsáveis pelas 32 seleções do Mundial enviarem a pré-lista à Fifa será 14 de maio

foto_27.jpg

A pré-lista de jogadores convocados para a Copa do Mundo deve aumentar de 30 para 35 jogadores na Rússia. O Comitê Organizador das Competições da Fifa concordou nesta quinta-feira em mudar o número de atletas na relação inicial enviada à entidade, e agora o Conselho da federação vai votar se a medida será colocada em prática em sua próxima reunião, em março, na Colômbia. A lista final de convocados para a Copa do Mundo segue inalterada, com 23 nomes.

- A pré-lista só pode ser publicada pelo secretariado geral da Fifa com a permissão explícita da respectiva associação participante. Estas alterações aos parágrafos 1 e 3 do artigo 44 do Regulamento da Copa do Mundo da Fifa de 2018 ainda estão sujeitas à aprovação do Conselho da Fifa em sua próxima reunião, que se realizará em Bogotá, na Colômbia, em 16 de março - diz a Fifa.

Com a decisão, as federações não terão mais a necessidade de revelar os nomes da pré-lista que ficarão fora da relação final da Copa do Mundo. Como no caso, por exemplo, do Brasil nos últimos Jogos Olímpicos. À época, o técnico Rogerio Micale não queria revelar quem os quatro suplentes, mas a Fifa tornou os nomes públicos assim mesmo.

Em 2010, os seis nomes da pré-lista que não disputaram a Copa foram os seguintes: Alex (zagueiro ex-Chelsea), Carlos Eduardo (meia ex-Flamengo), Ronaldinho Gaúcho, Sandro (meia ex-Inter), Ganso, Marcelo e Diego Tardelli. Já em 2014 os suplentes foram esses: Diego Cavalieri, Rafinha, Miranda, Filipe Luis, Lucas Leiva, Lucas Moura e Alan Kardec.

O prazo para as federações responsáveis pelas 32 seleções do Mundial enviarem a pré-lista da Copa à Fifa será 14 de maio. Já a convocação definitiva, com 23 jogadores nomes, terá que ser feita até 4 de junho, 10 dias antes do jogo de abertura da Copa do Mundo, entre Rússia e Arábia Saudita. Em caso de lesão reconhecida pela Fifa, os treinadores poderão escolher um nome fora da pré-lista para substituir o atleta cortado.

Copa do Mundo feminina

Após o encontro desta quinta-feira em Zurique, a Fifa também anunciou as datas oficiais da Copa do Mundo feminina, em 2019, na França. A abertura da competição ocorrerá no Parc des Princes, em Paris, no dia 7 de junho. A grande decisão será em 7 de julho, em Lyon. As semifinais estão marcadas para os dias 2 e 3 de julho também em Lyon. As quartas de final ocorrerão em 27, 28 e 29 de junho em Valenciennes, Le Havre, Paris e Rennes. As oitavas terão como palco as cidades de Valenciennes, Le Havre, Reims, Paris, Rennes, Grenoble, Nice e Montpellier nos dias 22, 23, 24 e 25 de junho.

FONTE: Globoesporte

Isso é bom, pelo menos poderá manter o suspense, alias quem serão os convocados desse ano? alguém já arrisca um palpite?

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://veja.abril.com.br/esporte/mcdonalds-lanches-da-copa-do-mundo-terao-novidades-em-2018/

A menos de 100 dias para o início da Copa do Mundo da Rússia, as patrocinadoras do evento já se preparam para faturar. O McDonald’s apostará novamente em uma campanha de lanches temáticos por país, que será lançada no próximo mês. Segundo o diretor de comunicação da marca, David Grinberg, haverá novidades no cardápio.

“Essa linha dos sanduíches favoritos já entrou na cabeça dos brasileiros, as quatro primeiras edições foram muito exitosas, e no fim do mês que vem lançaremos a próxima, com bastante novidade, trazendo para uma realidade mais atual do McDonald’s”, disse Grinberg, nesta quarta-feira, durante evento de lançamento do comercial da marca, estrelada por Neymar e Anitta, em São Paulo.

A estratégia de oferecer lanches temáticos de sete seleções da Copa, um para cada dia semana, foi criada para o Mundial de 2002 e é exclusiva do Brasil. “Muitas países fazem campanhas do tipo, mas não como nós, com uma linha inteira de sanduíches. Uns fazem um ‘combo da Copa’, um único lanche, café da manhã ou uma sobremesa.”

No último Mundial, foram servidos os lanches temáticos de Brasil, Alemanha, Itália, Argentina, Estados Unidos, França e Espanha. Em outras edições, a rede ainda criou lanches para Uruguai, Japão, Arábia e Inglaterra. Segundo o diretor de comunicação, o sanduíche dos hermanos, com molho chimichurri, agradou mais que o do Brasil, de vinagrete e maionese, em 2014.

“Foram dois campeões de venda: Mc Estados Unidos e Mc Argentina. O Mc Estados Unidos tinha bacon, que é um ingrediente muito desejado, e o da Argentina tinha o molho chimichurri que caiu no gosto das pessoas. Ambos também eram de carne, que tem uma prevalência sobre frango nas vendas. “

O dia da semana – Argentina era de sexta-feira e EUA de sábado – também influencia nas vendas. “É um conjunto de fatores. Naturalmente as vendas aumentam com a proximidade do fim de semana, isso é estratégico. Mas acho que talvez os dois lanches tenham caído mais no gosto do povo.”

Quando a seleção italiana foi eliminada pela Suécia nas Eliminatórias, muitos torcedores no Brasil imediatamente se questionaram: não haverá Mc Itália em 2018? O diretor da rede manteve o mistério. “Você quer o Mc Itália? Muita gente pediu para manter… Vamos ver”, despistou.

Em suas redes sociais, diante do apelo dos clientes pela manutenção do lanche de polpettone e pepperoni, a rede já deu a entender que o Mc Itália seguirá no cardápio. “A Itália chora, o Brasil também. Um sabor que vai deixar saudades. Mas quem sabe a gente não dá mais uma chance para esse campeão em 2018?”, escreveu.

Os Estados Unidos também não se classificaram para a Copa da Rússia e o Mc Donald’s não revela se o lanche de sua pátria-mãe será oferecido em 2018. A inclusão não seria inédita: em 2006, os lanches eram dos países campeões mundiais e, mesmo sem estar na Copa, o Uruguai ganhou um representante.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Helenaldo

Fifa confirma: Copa do Mundo de 2018 terá árbitro de vídeo

"É uma decisão muito importante, histórica", diz presidente Infantino

2017-12-13t173948z-2105727051-rc181afb26

 

O árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês para "Video Assistant Referee") já havia sido aprovado pela International Board, no dia 3 de março, como uma regra do futebol. Para ser usado na Copa do Mundo de 2018, faltava a aprovação do Conselho da Fifa. Faltava: o presidente da entidade, Gianni Infantino, confirmou nesta sexta-feira, em Bogotá, que o VAR estará presente nos jogos da Rússia.

- Vamos ter a primeira Copa do Mundo de 2018 com o ábitro de vídeo. Estamos muito contentes com essa decisão. É uma decisão muito importante, histórica - disse Infantino, em coletiva após a reunião do Conselho da Fifa.

O sistema começou a ser testado pela Fifa em setembro de 2016, com partidas na sede da entidade. Em dezembro do mesmo ano, o mecanismo foi levado ao Japão para o Mundial de Clubes. No ano passado, a Copa das Confederações foi o grande teste para a tecnologia, no país da Copa.

- Sem o VAR, o árbitro comete um erro grave a cada três jogos. Com o VAR, comete um erro importante a cada 19 jogos. Isso é um fato. Fala-se também do que tempo que se perde. Talvez se fale de maneira muito emocional. Uma análise clara: se perde 1 minuto por jogo para corrigir uma decisão claramente errada. Com os laterais, hoje, em cada partida, se perde 7 minutos. E um lateral não decide nada. Uma decisão do VAR muda um jogo - explicou o dirigente.

Segundo as regras determinadas pela Fifa, nem todo lance polêmico pode ter o auxílio do VAR. Apenas quatro situações estão no protocolo para serem analisadas pela equipe de arbitragem que ficará dentro de uma sala com os monitores:

1-Situações de gol

2-Marcação de pênaltis

3-Cartões vermelhos

4-Confusão da identidade de jogadores

- A Fifa, quando tomou essa decisão, foi unânime, o conselho já havia tomado essa decisão. Hoje novamente em unanimidade. Não tomamos essa decisão acordando hoje pela manhã. Estamos realmente estudando isso, eu acho que eu talvez tenha sido o mais cético de tudo. Sem provar, não saberíamos como ia funcionar. Fizemos experimentos - disse Infantino.

whatsapp_image_2018-03-16_at_16.58.46.jp

Desde o início dos testes, a mensagem da Fifa foi clara: o árbitro VAR só deverá procurar o árbitro de campo em situações de “erro claro”, ou seja, jogadas em que é possível haver diferentes interpretações não devem ser avisadas.

- É uma ajuda de verdade ao árbitro. Vamos ter um futebol mais transparente e mais justo. É o que queremos. O árbitro pode cometer erros, como todos. Se pudermos ajudá-los, é algo bom para o futebol. Na Fifa já se trabalha faz dois anos com VAR, com a tecnologia, para estar tudo pronto para o Mundial. Estamos com confiança absoluta na nossa equipe de árbitros - acrescentou.

A tecnologia foi testada nos últimos dois anos em mais de 20 torneios. Em janeiro, um relatório da International Board detalhou os resultados dos testes, realizados em 804 partidas de competições:

56,9% das revisões foram para lances de pênalti ou gol

Média menor de 5 de revisões por jogo

Checagem de cada lance durou, em média, 20 segundos

68,8% dos jogos não tiveram revisão

Média de um erro claro a cada três partidas

Índice de acerto de 98,9% em lances revisados

Impacto decisivo no resultado do jogo em 8% dos jogos

Média de revisão de 60 segundos por lance (39 via comunicação interna e 70 em casos de consulta no campo)

A média de tempo perdido é menor que 1% do tempo total de jogo

Um erro considerado claro não foi corrigido em 5% dos casos (1 a cada 20)

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, já havia descartado o uso da tecnolodia na próxima edição da Liga dos Campeões, por considerá-la ainda "muito confusa". Entre os principais campeonatos nacionais da Europa, a Inglaterra é a exceção. As ligas de Espanha e França vão adotar o VAR na próxima temporada, a exemplo que já fazem Itália, Alemanha, Portugal, Holanda e Bélgica.

No Brasil, a tecnologia vai ser usada a partir das quartas de final da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, os clubes e a CBF não entraram em acordo sobre o financiamento da tecnologia e por isso não será utilizado.

Entenda como funciona o sistema do VAR:

info-auxiliar-video-arbitragem_novo_inte

FONTE: Globoesporte

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

É uma boa ideia usar isso já nessa copa :s_success:

Edited by Chapolin

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

A Espanha empatou em 1 à 1 com a Alemanha hoje. Depois disso, eu coloco a Espanha junto de Alemanha, Brasil e França como favoritos ao título :s_success:

Aliás, a França perdeu em casa de virada pra Colômbia :o :headscratch:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

Tá certo que Messi e Dí Maria não jogaram, mas a Argentina levou um chocolate da Espanha 6 à 1!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Usagi White

@Chapolin durante a transmissão de Brasil e Alemanha, falaram sobre os outros amistosos, naquele momento só falaram que a Espanha havia feito seis gols, mas só hj soube que a Argentina fez um. É bem curioso pensar que no dia de Brasil e Alemanha, o chocolate foi no jogo de outros. A Suíça também fez bastante gols. 

Agora, sobre a copa do mundo em si... Dá mais receio ainda do que pode acontecer nesse mundial na Russia, justo agora que tá havendo uma crise diplomática envolvendo esse país e a Europa. E os animos ficaram mais exaltados por causa daquele incêndio no shopping. 

Tô falando... Acho que as coisas podem piorar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin

Em 2014 os argentinos ficaram zoando os brasileiros (Principalmente depois do 7 à 1), e ontem o Brasil joga com a Alemanha novamente, e no mesmo dia a Argentina perde de 6 à 1 :P Pena que não foi de 7.

E é claro que não podemos deixar isso barato, então: "Argentina me diz como se sente?" :nana:

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...