Jump to content
Sign in to follow this  
chavesmaniaco1002

Surfe

Recommended Posts

chavesmaniaco1002

Tópico para notícias, comentários e informações relacionados ao surfe.

Para começar:

Em dia de "lagoa", decisão da taça entre Medina, Mick e Slater é adiada:

Nova chamada será nesta terça-feira, às 14h45m (Brasília), em Pipeline. Brasileiro pode levar o título mundial já na 3º fase, dependendo dos resultados dos rivais

10787773_1446668812239258_1777979673_n.j

Gabriel Medina está à espera das ondas: "Que venham logo" (Foto: Reprodução / Instagram)

Depois de os ventos fortes terem paralisado as disputas do Pipeline Masters na tarde de sábado - dia com ondas de até 6m -, e de a etapa ter sido adiada no domingo, a organização do Circuito Mundial de Surfe (WCT) mais uma vez optou por adiar as baterias do campeonato nesta segunda-feira. O vento mudou de direção, e as esquerdas de Pipeline e as direitas de Backdoor desaparecerem no North Shore da ilha de Oahu, no Havaí. Famoso pelas ondas tubulares e perfeitas, o mar mais parecia uma lagoa, com ondas de 1m, bem menores do que as da segunda fase/repescagem, que acabou sendo interrompida por conta da ventania e das correntezas perigosas, com festival de "vacas" (caldos) e dez pranchas quebradas. Alguns atletas se feriram, como o sul-africano Jordy Smith, que deslocou o ombro, foi para o hospital, mas passa bem.

Apesar de as previsões indicarem que o mar continuará pequeno nos próximos dois dias, a próxima chamada do Pipe Masters será nesta terça-feira, às 14h45m (de Brasília). Gabriel Medina, líder, pode conquistar o título já na terceira fase, dependendo dos resultados do australiano Mick Fanning e do americano Kelly Slater. Através das redes sociais, o brasileiro se mostrou ansioso para encarar as ondas que podem lhe dar o título.

- Bom dia!!!! Mais um treino e mais um dia sem competição, que venham logo as ondas - publicou.

praia-pipeline-pedrogomes.jpg

Praia de Pipeline com ondas pequenos e pouco vento (Foto: Pedro Gomes)

Gabriel Medina chegou a entrar na água antes de a decisão sobre o adiamento ser tomada. Mick Fanning, que está hospedado na mesma casa que ele - bem em frente ao pico -, também foi treinar, apesar do cenário pouco inspirador.

- O swell foi para direção norte durante a noite e isso faz com que as ondas de Backdoor e Pipeline desaparecessem. As ondulações estão indo mais em direção a Off The Wall. Esperamos um pequeno swell para os próximos dias, esta é a boa noticia. O swell vai crescer até sexta-feira, com boas ondas. O mar vai estar muito melhor, favorável para as ondas de Backdoor - disse Kieren Perrow, comissário da ASP (Associação de Surfistas Profissionais).

BATERIAS DA TERCEIRA FASE

1. John John Florence (HAV) x Adam Melling (AUS)
2. Owen Wright (AUS) x Fred Patacchia (HAV)
3. Michel Bourez (TAH) x Matt Wilkinson (AUS)
4. Josh Kerr (AUS) x Jadson André (BRA)
5. Miguel Pupo (BRA) x Filipe Toledo (BRA)
6. Gabriel Medina (BRA) x Dusty Payne (HAV)
7. Kolohe Andino (EUA) x Julian Wilson (AUS)
8. Bede Durbidge (AUS) x Adrian Buchan (AUS)
9. Mick Fanning (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
10. Joel Parkinson (AUS) x Sebastien Zietz (HAV)
11. Nat Young (EUA) x Kai Otton (AUS)
12. Kelly Slater (EUA) x Alejo Muniz (BRA)

BATERIAS DA SEGUNDA FASE/REPESCAGEM

1: Kelly Slater (EUA) 17,00 x Reef McIntosh (HAV) 7,00
2: Michel Bourez (TAH) 5,00 x Makai McNamara (HAV) 3,17
3: Jordy Smith (AFS) 4,30 x Dusty Payne (HAV) 4,30
4: Nat Young (EUA) 8,50 x Mitch Coleborn (AUS) 4,77
5: Miguel Pupo (BRA) 7,17 x Raoni Monteiro (BRA) 4,13
6: Filipe Toledo (BRA) 7,64 x Glenn Hall (IRL) 7,07
7: Adrian Buchan (AUS) 3,47 x Travis Logie (AFS) 1,43
8: Kai Otton (AUS) 7,16 x Brett Simpson (EUA) 6,83
9: Fredrick Patacchia (HAV) 6,90 x Mitch Crews (AUS) 1,57
10: Jadson André (BRA) 12,70 x Tiago Pires (PRT) 2,73
11: Julian Wilson (AUS) 4,50 x 0,84 Dion Atkinson (AUS)
12: Matt Wilkinson (AUS) 4,13 x 3,24 Aritz Aranburu (ESP)

O QUE MEDINA PRECISA PARA SER CAMPEÃO MUNDIAL

- se for eliminado até a terceira fase => precisa que Kelly Slater não vença a etapa e que Mick Fanning não chegue às semifinais. Se Fanning for eliminado nas quartas, decide o título da temporada numa bateria homem a homem com o brasileiro.


- se for eliminado na quinta fase => Mick Fanning não pode chegar à final;

- se for eliminado nas quartas ou nas semifinais => Mick Fanning não pode vencer a etapa;
- se chegar à final => conquista o título, independentemente da campanha de seus rivais

Fonte: Globoesporte.com

http://globoesporte.globo.com/radicais/surfe/noticia/2014/12/organizacao-confirma-adiamento-da-3-fase-na-etapa-havaiana-do-wct.html

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Acho massa quem surfa... Viver a vida sobre as ondas deve ser legal, embora envolva alguns perigos. :joia:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
SâmaraCH

Também acho bonito quem surfa, para quem sabe, deve ser muito bom, acho que a pessoa se sente mais livre.

Verdade Joel, existem perigos, realmente! :)

Edited by SâmaraSG

Share this post


Link to post
Share on other sites
Don_aCHiles

Medina foi campeão. Primeiro brasileiro na história. Apesar de não acompanhar, parabéns. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

É campeão! Fanning cai, e Medina conquista o histórico título mundial:

Fenômeno brasileiro de 20 anos conta com vitória do compatriota Alejo Muniz sobre o australiano para comemorar o primeiro caneco de campeão mundial do surfe nacional

medina-campeao-by-pedro-gomes-ped_3759.j

Gabriel Medina levanta o troféu de campeão mundial de surfe (Foto: Pedro Gomes Photography)

Após 38 anos de surfe profissional, o Brasil conheceu nesta sexta-feira o seu primeiro campeão mundial da elite do esporte, o WCT. Coube ao jovem Gabriel Medina, de apenas 20 anos, a glória de eternizar-se na história, na cultuada praia de Pipeline, no Havaí. Para assegurar a conquista do caneco mesmo sem estar na água, o paulista de São Sebastião, que havia se classificado às quartas de final com uma vitória emocionante, contou com a ajuda preciosa do argentino naturalizado brasileiro Alejo Muniz, que derrotou Mick Fanning por 6,53 a 2,44 na terceira bateria da quinta fase e foi às quartas de final, acabando com as chances de o australiano dono de três títulos mundiais ultrapassar os 60.000 pontos já garantidos do líder, Medina, na classificação do Circuito Mundial de Surfe. Terminar à frente de Mick ou chegar na final era tudo que Medina precisava para conquistar o histórico caneco na meca do surfe. Vale lembrar que Alejo já tinha dado uma grande ajuda ao despachar o mito americano Kelly Slater na terceira fase.
- É fantástico. Eu não sei exatamente o que dizer. Eu quero agradecer Alejo por me ajudar. Eu amo essa torcida. Eu quero muito celebrar com todas essas pessoas, com meu pai e minha mãe. Eu sonhava com isso e agora virou realidade - afirmou Gabriel, que abandonou a bateria dele de quartas de final contra o compatriota Filipe Toledo para comemorar o título, mas depois voltou para a água quando faltavam pouco mais de dez minutos para o fim e, mesmo assim, o novo campeão acabou levando a melhor por 4,30 a 3,27.
gabrielmedina_asp_kirstin.jpg
Gabriel Medina é carregado por amigos na comemoração do título mundial (Foto: Kirstin Scholtz / ASP)
Mesmo depois de comemorar bastante, se emocionar e passar para a semifinal, na qual superou o australiano Josh Kerr, Gabriel ainda teve foco e fôlego para disputar uma final de altíssimo nível, em que ele acabou sendo batido. Foi uma decisão épica e decidida nos últimos segundos. O novo campeão mundo ainda tirou uma nota 10 - o único da etapa -, em tubo perfeito de backside, na final contra o australiano Julian Wilson. Porém, ele acabou levando a virada na última onda do oponente e perdeu por 19,63 a 19,20 na decisão da valorizada e derradeira etapa. Seria a quarta vitória de Gabriel em 11 etapas da temporada 2014, Gabriel, levou o troféu na Gold Coast (AUS), nas Ilhas Fiji e em Teahupoo, no Taiti. Com o vice em Pipe, Gabriel fechou o WCT no topo com 62.800 pontos, contra 55.350 do vice-campeão, Fanning.
Ninguém foi mais competente e magistral do que Gabriel nesta temporada. Ele assombrou gigantes e lendas do esporte, ganhou toneladas de experiência, lidou com pressão, superou limites e venceu três importantes etapas (Gold Coast, Fiji e Teahupoo). Ainda aos 20 anos, aquele garoto travesso que apenas queria se divertir em Maresias, no litoral paulista, provou que pode sim ser considerado um fenômeno. Passou pelos últimos obstáculos no Havaí e escreveu o seu nome na história com o título inédito, igualando o recorde de Kelly Slater, que conquistou o primeiro de seus 11 canecos com a mesma idade do brasileiro.
A bateria que poderia dar o título mundial a Gabriel Medina começou com o mar mexido e poucas ondas de alta qualidade. Número 29 do ranking mundial, Alejo Muniz se posicionou ao lado do vice-líder, Mick Fanning, para tentar dar o bote na hora certa e dropar uma boa onda. O tricampeão mundial saiu na frente com uma pequena nota 1,43 e o catarinense respondeu com um 1,03. Depois, nos outros primeiros 15 minutos de bateria, ambos não conseguiram encontrar boas ondas para aumentar os seus somatórios.
gabrielmedina_comemoracao_pedrogomes.jpg
Gabriel Medina vibra na areia de Pipeline, cercado de torcedores e amigos (Foto: Pedro Gomes Photography)
Na segunda metade de bateria, o marasmo do mar continuava atrapalhando os dois competidores. De um lado, Alejo lutava por ele, já que precisa de um grande resultado para continuar no WCT em 2015, e pela nação brasileira, que ele escolheu para defender. A vontade do argentino criado em Bombinhas (SC) prevaleceu e ele conseguiu surfar uma boa direita para Backdoor para tirar nota 5,50, somar 6,53 pontos e deixar Mick precisando de um 5,27 para virar a bateria e impedir que Medina fosse campeão mundial mesmo fora da água. Os minutos foram passando e nada de onda aparecer. Ótimo para Alejo, ótimo para Medina, ótimo para o Brasil! Acabou o tabu: um brasileiro é campeão mundial de surfe na elite do esporte.
BATERIAS DA TERCEIRA FASE
1.John John Florence (HAV) 16,33 x Adam Melling (AUS) 12,16
2. Owen Wright (AUS) 12,20 x Fred Patacchia (HAV) 11,17
3. Michel Bourez (TAH) 9,67 x Matt Wilkinson (AUS) 7,00
4. Josh Kerr (AUS) 10,50 x Jadson André (BRA) 7,87
5. Miguel Pupo (BRA) 5,17 x Filipe Toledo (BRA) 12,17
6. Gabriel Medina (BRA) 17,66 x Dusty Payne (HAV) 11,84
7. Kolohe Andino (EUA) 1,40 x Julian Wilson (AUS) 9,40
8. Bede Durbidge (AUS) 1,33 x Adrian Buchan (AUS) 11,53
9. Mick Fanning (AUS) 10,84 x Jeremy Flores (FRA) 7,67
10. Joel Parkinson (AUS) 6,76 x Sebastien Zietz (HAV) 8,93
11. Nat Young (EUA) 9,44 x Kai Otton (AUS) 10,67
12. Kelly Slater (EUA) 13,10 x Alejo Muniz (BRA) 15,50
BATERIAS DA QUARTA FASE
1. John John Florence (HAV) 6,74 x Owen Wright (AUS) 3,87 x Michel Bourez (TAH) 6,40
2. Josh Kerr (AUS) 4,97 x Filipe Toledo (BRA) 15,23 x Gabriel Medina (BRA)15,67
3. Julian Wilson (AUS) 6,43 x Adrian Buchan (AUS) 6,86 x Mick Fanning (AUS) 6,47
4. Sebastien Zietz (HAV) 4,54 x Kai Otton (AUS) 7,06 x Alejo Muniz (BRA) 6,43
BATERIAS DA QUINTA FASE
1. Filipe Toledo (BRA) 14,66 x Owen Wright (AUS) 3,8
2. Michel Bourez (TAH) 7,00 x Josh Kerr (AUS) 14,00
3. Mick Fanning (AUS) 2,44 x Alejo Muniz (BRA) 6,53
4. Sebastien Zietz (HAV) 10,34 x Julian Wilson (AUS) 17,46
BATERIAS DE QUARTAS DE FINAL
1. Gabriel Medina (BRA) 4,30 x Filipe Toledo (BRA) 3,27
2. John John Florence (HAV) 4,04 x Josh Kerr (AUS) 6,00
3. Adrian Buchan (AUS) 12,17 x Alejo Muniz (BRA) 3,77
4. Kai Otton (AUS) 2,77 x 17,83 Julian Wilson (AUS)
BATERIAS DE SEMIFINAL
1. Gabriel Medina (BRA) 13,60 x 9,43 Josh Kerr (AUS)
2. Adrian Buchan (AUS) 3,17 x Julian Wilson (AUS) 13,16
FINAL
Gabriel Medina (BRA) 19,20 x Julian Wilson (AUS) 19,63
Fonte: Globoesporte.com

http://globoesporte.globo.com/radicais/surfe/noticia/2014/12/e-campeao-fanning-cai-e-medina-conquista-o-historico-titulo-mundial.html

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

Bom canal no Youtube sobre surfe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...