Jump to content
Sign in to follow this  
Victor235

ELEIÇÕES 2016

Recommended Posts

Victor235

Share this post


Link to post
Share on other sites
Professor Inventivo
10 minutos atrás, Victor235 disse:

João Doria declara patrimônio de R$ 179,7 milhões ao TSE

Só isso?!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
Mesmo sem energia elétrica, PTdoB realiza convenção em Campo Grande

04/08/2016 18h36 - Atualizado em 04/08/2016 18h40
Acidente deixou imóvel sem luz

Jéssica Benitez e Clayton Neves

Imagem
(Midiamax/Luiz Alberto)

A convenção do PTdoB estava marcada para o início da noite desta quinta-feira (4), mas pouco antes de começar a luz do local acabou devido a um acidente na mesma quadra. O poste de luz foi derrubado por caminhão que arrancou a fiação de energia.

De qualquer forma, a pastora Janete Moraes, integrante da sigla, garantiu que o evento vai ocorrer, tendo em vista que está sexta-feira (5) é o último dia para convenção.

“Vai ocorrer hoje, não tem outro jeito”, disse. Alguns integrantes do partido saíram em busca de gerador, mas, mesmo sem auxílio do aparelho, vão dar seguimento ao evento que deve oficializar o rumo a ser tomado neste eleição.

Janete estaca em conversa com o PSD, mas depois que o ex-prefeito Nelson Trad Filho (PTB) firmou aliança com o irmão, Marquinhos Trad, ela anunciou que lançaria candidatura própria à Prefeitura.

No entanto, a conversa com os Trads continuou. “Não posso revelar ainda, mas vou dizer aqui na convenção”, falou a pastora.

MIDIAMAX

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

1470274448254.jpg

Lembram do Chiarelli, que sempre se candidata em Ribeirão Preto? Aquele que, em 2012, deu uma entrevista na EPTV onde desrespeitou jornalistas e ofendeu diversos políticos, além de lançar diversos bordões e pérolas ("o que vale mais, [tira uma bala do bolso da camisa] esta bala ou esta caneta?", etc). Pois é, ele acabou sendo preso quando chegava para a convenção que o lançaria para mais uma candidatura. Além disso, está inelegível.

Saiu no Estadão: http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,justica-diz-que-fernando-chiarelli-esta-inelegivel,10000066876

 

Edited by Victor235

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
Após rompimento, PRP diz que negou convite para ser vice de Osorio

Por: Berenice Seara e Fabiana Paiva em 04/08/16 15:33

Imagem
Da esquerda para a direita, Rodrigo Amorim, Osorio, Eliane Cunha Luiz Paulo e Otávio Leite: aliança desfeita

O PRP não quis sair por baixo do rompimento com o PSDB. Depois de os tucanos confirmarem que Aspásia Camargo será vice de Carlos Osorio na disputa pela Prefeitura do Rio, os republicanos afirmaram que foram eles que não quiseram ficar no barco e "pularam fora".

Era tido como certo que Rodrigo Amorim formaria chapa com Osorio. Mas, na noite desta quarta-feira (03), a executiva do PSDB se reuniu e decidiu escolher uma mulher do próprio partido.

O presidente do diretório municipal do partido, Luiz Paulo Correa da Rocha, ligou para a presidente do PRP, Eliane Cunha, para explicar os motivos de escolher uma mulher. Mas, agora, a moça tentou minimizar o imbróglio:

"O Rodrigo nunca esteve na chapa do Osorio. Recebemos o convite, mas não podemos aceitar porque nosso foco é eleger vereadores. No fundo, o Osorio que queria o Rodrigo, mas a decisão foi nossa", afirmou Eliane.

"A gente rompeu com eles, e não o contrário", enfatizou Amorim.

Apesar de dizer que não ficou chateada, Eliane Cunha fez alguns rodeios e acabou alfinetando o partido tucano:

"Fiquei um pouco chocada porque faltou um pouco de tato. O PSDB tem certa dificuldade de articulação".

Rodrigo Amorim afirma que teve sua candidatura homologada após a convenção no último sábado. A médica Priscila Souza será a vice.

Osorio, por sua vez, disse que espera poder caminhar junto com o PRP mais para frente.

"O Rodrigo é um grande quadro. Estive com a Eliane na sede do partido ontem e expliquei que tinha composição para fazer com outros partidos. Mais para frente, vamos caminhar junto", afirmou o tucano.

O nanico foi assediado por Marcelo Crivella (PRB), Indio da Costa (PSD) e Flávio Bolsonaro (PSC). Até Pedro Paulo (PMDB), em pessoa, esteve na sede do partido para buscar apoio.

EXTRA

 

-----------------------------------

Em tempo: PTB confirma Marlene Machado como vice na chapa de Russomano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-07/ptb-confirma-marlene-machado-como-vice-na-chapa-de-russomano

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ramyen Matusquela

E o Chiarelli foi preso aqui em Ribeirão Preto. Na Terça estive conversando com ele. Ficou Inelegível.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Eu falei sobre isso dois posts acima. Achou a pena exagerada?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
PSDC oficializa Alexandre Magalhães como candidato à prefeito de Goiânia

05/08/2016 16h20 - Atualizado em 05/08/2016 16h58

Anúncio foi feito durante convenção do partido; vice ainda não foi definido.
Advogado e médico, ele diz que se for eleito, fará uma 'gestão empresarial'.

Do G1 GO

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) oficializou nesta sexta-feira (5) a candidatura do empresário e advogado Alexandre Magalhães a prefeito de Goiânia. O anúncio foi feito durante convenção municipal do partido, realizada no Parque Agropecuário de Goiânia. O candidato à vice ainda não foi definido.

O candidato afirmou que, caso seja eleito, pretende realizar uma administração baseada em uma gestão empresarial, reorganizando os gastos públicos e efetuando cortes em determinadas áreas da administração pública.

"[Vamos] cortar os gastos desnecessários, cortar a politicagem. Dou um exemplo atual, hoje tem vereador que tem mais de 300 cargos dentro da prefeitura de Goiânia. No futuro vai ser usado para que? Para a reeleição dele. Isso eu não vou admitir. Nós vamos usar técnicos. Aceitamos indicações de vereadores, mas pessoas corretas em lugares corretos", disse.

Magalhães tem 49 anos e já foi candidato ao governo de Goiás nas eleições de 2014. Ele é casado e atua no setor elétrico. Ele é filho do ex-deputado Juarez Magalhães.

Até a manhã desta sexta-feira, seis partidos já tinham oficializado seus candidatos à Prefeitura de Goiânia: PT (Adriana Accorsi), PSOL (Flávio Sofiati), Rede (Djalma Araújo), PR (Delegado Waldir), PSB (Vanderlan Cardoso) e PSDC (Alexandre Magalhães).

O primeiro turno das eleições municipais de 2016, que elegerão em todo o país prefeitos e vereadores, será realizado em 2 de outubro, primeiro domingo do mês. O segundo turno, somente em cidades com mais de 200 mil eleitores, está marcado para 30 de outubro, último domingo do mês.

Imagem
PSDC oficializa Alexandre Magalhães como candidato à prefeitura (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

G1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ramyen Matusquela

Muito exagerada. O Emilson Roveri(PSOL) também atacou a Darcy e nem teve horário reduzido.

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco

Candidatos a prefeito em Dourados-MS (minha cidade):

Geraldo Rezende (PSDBPSB, DEM, PV, PSD, SD, PDT e PTB)
Délia Razuk (PR, PPS, PHS, PTC, PSC, PEN, PMB, PTdoB, PSDC e PRB)

Renato Câmara (PMDBPROS, PT, PRP e PPL)
Wanderley Carneiro (PP, PSL, PTN e PMN)

Ênio Ribeiro (PSOL)

Em negrito o partido do candidato.  

Edited by JF CHmaníaco

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
Já teve coxinha, pikachu e plenária na pré-campanha à Prefeitura de São Paulo

Período eleitoral só começa oficialmente na terça-feira, mas concorrentes já se mostram ao eleitor; Russomanno não quis melindrar o STF

Pedro Venceslau, Valmar Hupsel Filho e Adriana Ferraz,
O Estado de S. Paulo

13 Agosto 2016 | 18h43

João Doria (PSDB) já comeu coxinha e andou de metrô, a senadora Marta Suplicy (PMDB) dançou com um boneco Pikachu, o prefeito Fernando Haddad (PT) deixou o gabinete e foi à periferia para participar de “rodas de conversas” e eventos ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a deputada federal Luiza Erundina (PSOL) fez passeatas pedindo para participar dos debates na TV. 

Foto: Divulgação
Imagem
O candidato à Prefeitura de São Paulo, João Doria Jr., come coxinha em restaurante popular durante pré-campanha

Entre os principais candidatos à Prefeitura de São Paulo, apenas o deputado federal Celso Russomanno (PRB), o líder nas pesquisas de intenção de voto, deixou para começar sua campanha de fato na terça-feira, data estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o início oficial do processo.

"Estive mais recolhido. Cumpri a legislação à risca para não dar margens a nada", disse Russomanno. O deputado em quinto mandato e apresentador de TV poderia, assim como seus adversários, ter feito pré-campanha, desde que não pedisse votos explicitamente.

A opção pela reclusão, porém, atendeu a dois objetivos. O primeiro e principal foi justamente se preservar. Ele temia que a aparição em eventos de rua soasse como provocação aos ministros do Supremo Tribunal Federal, que na terça-feira decidiram absolvê-lo da acusação de peculato (desvio de dinheiro público). A decisão do STF afastou a possibilidade de Russomanno ficar inelegível. 

Enquanto aguardava o julgamento, Russomanno se dividia entre a Câmara, as articulações de bastidores e, até o dia 30 de junho, também no limite da legislação, dois programas na Rede Record, emissora ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

O empresário João Doria adotou estratégia oposta para se tornar conhecido. Mais rico entre os candidatos – ele declarou à Justiça Eleitoral bens com valor total de R$ 179,7 milhões –, o tucano está gastando parte de sua fortuna para montar uma grande estrutura de campanha. Foi o primeiro a contratar marqueteiro, a gravar propagandas para o horário eleitoral gratuito e a montar uma base profissional de ação. Para tirar melhor proveito da coligação de 13 partidos, Doria criou a Casa do Vereador. No espaço, os 415 candidatos a vereador da coligação contam, gratuitamente, com assessoria jurídica e estúdios de vídeo e foto. 

Os últimos meses foram intensos para o empresário. Em vez de combater a fama de “coxinha”, adotou o salgado como marca registrada e fez-se fotografar diversas vezes saboreando a guloseima. Foi de metrô até Itaquera, na zona leste da capital – e voltou de carro –, andou de ônibus e promoveu dezenas de encontros em bairros de periferia. 

Nos últimos, passou a ser mais ousado e deu caráter de campanha explícita à agenda. Na terça-feira passada, por exemplo, vestido com calça preta e camisa social branca, com um suéter preto por cima, Doria gastou a sola de seu sapatênis branco de marca importada (sem meias) pelas ruas de Santo Amaro, na zona sul. Visitou um restaurante do Bom Prato, onde tomou cuidado de não comer “para não furar a fila”, mas não se furtou a vestir uma touca de cozinheiro e passou a mexer uma enorme panela de feijoada. 

Avesso a atividades de rua, o prefeito Fernando Haddad finalmente saiu do gabinete nos últimos meses. Ele tem feito incursões frequentes à periferia. Para otimizar suas agendas sem ferir a legislação, criou as “rodas de conversa”. Sem avisar a imprensa, Haddad vai até os bairros para fazer “visitas” às regiões.

Mesmo sem obras para inaugurar, o prefeito chega aos equipamentos públicos e avisa que está lá “mais para ouvir do que para falar”. O encontro logo se transforma em uma pequena plenária, com a participação de militantes. “Ele melhorou muito. Não é um prefeito de gabinete. Conhece a cidade”, diz o vereador Paulo Fiorillo, presidente do PT paulistano e um dos coordenadores da campanha. 

Em outra frente, o PT trabalhou nos últimos meses para tentar retomar suas bases no chamado “cinturão” vermelho, como são conhecidos os bairros onde o partido sempre teve suas melhores votações. O objetivo central é recuperar o eleitorado que simpatiza com a sigla, mas pretende votar em Marta Suplicy. “As marcas do PT são legados do PT. Mas é lógico que a Marta vai explorar isso”, disse Fiorilo.

A senadora vem usando seus fins de semana desde o ano passado para reativar suas bases na periferia da cidade. Nas últimas semanas, porém, Marta usou boa parte da agenda fora de Brasília para organizar a “fusão” com a campanha de Andrea Matarazzo, seu ex-rival tucano que hoje está no PSD. 

Só depois de unificar equipes e afinar plano de governo e discurso, a senadora foi para a rua com o vereador e candidato a vice. Segundo Matarazzo, a química foi boa. “Marta tem mais empatia que eu, indubitavelmente”, diz ele. Isso ficou evidente em um evento da comunidade japonesa, onde ela chegou a dançar com um boneco Pikachu enquanto ele observava sorrindo. “Cada um está buscando seus eleitores. Nosso discurso é muito parecido. Não há dúvidas do que falar”, afirmou Matarazzo. 

Com pouco tempo no horário eleitoral, Luiza Erundina (PSOL) tem concentrado suas ações em um movimento para convencer os adversários a deixá-la participar dos debates na TV. Nas caminhadas, uma assessora aborda eleitores oferecendo um abaixo-assinado que defende a participação de Erundina nos encontros. “Se não deixarem eu participar, vamos levar um carro de som para a porta da emissora e fazer um debate na rua”, disse a deputada federal.

COLABOROU LUIZ FERNANDO TOLEDO

ESTADÃO

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
Sargento da PM candidato a vereador pelo PT morre em acidente na BR-230

Imagem

Na noite deste sábado (13) o sargento reformado da Polícia Militar e candidato a vereador pelo Partido dos Trabalhadores, Guido Romero, morreu vítima de acidente na BR-230, em João Pessoa.

De acordo com informações, Guido conduzia uma motocicleta quando houve o acidente. Testemunhas não souberam informar como aconteceu, mas ressaltaram que o condutor do veículo envolvido não prestou socorro.

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado, efetuou o socorro até o Hospital de Emergência e Trauma, mas o sargento não resistiu aos ferimentos e morreu.

O PT emitiu nota lamentando o ocorrido e disse que o falecimento do PM causou grande comoção na militância do partido.

Confira nota:

A notícia do falecimento do Sargento Guido Romero causou grande comoção entre a militância petista, e muitas homenagens e mensagens de apoio aos familiares do militar foram feitas através das Redes Sociais.

A presidenta municipal do PT da Paraíba, Aparecida Diniz, lamentou a morte do Sargento Guido, e disse que hoje é um dia muito triste para o partido: "Hoje, nós petistas, estamos muito tristes. O nosso companheiro de luta, que estava tão contente em participar da disputa eleitoral deste ano, que tanto acreditava que poderia fazer mais pelo povo de João Pessoa na Câmara, se foi. Fica aqui os meus pêsames para a sua esposa, a companheira Luzimar, seus filhos, parentes e amigos".

Candidato a prefeito do PT, Professor Charliton, destacou o compromisso que o Sargento Guido tinha com o partido: "O companheiro Guido chegou com muita garra na nossa campanha. Sempre muito participativo e alegre. Realmente não existem palavras que descrevam o que estamos sentindo agora, mas tenho certeza que cada companheira, cada companheiro, irá trazer Guido em seu coração durante toda a campanha, e depois dela também. Sargento Guido Romero deixará saudades não apenas entre seus familiares e amigos, mas também entre a militância petista de João Pessoa. Sargento Guido Romero, presente!".

PB AGORA

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
NOTÍCIAS

Por duas vezes, o CD com as informações e documentos exigidos pela Justiça Eleitoral teve problemas com a criptografia e o processamento dos dados não pode ser feito. O candidato deve voltar ainda hoje ao tribunal para concluir o processo.

postado em 14/08/2016 15:05 / atualizado em 14/08/2016 15:10
Alessandra Mello

O candidato a prefeito de Belo Horizonte, Erons Biondini (PROS), não conseguiu ontem registrar sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Por duas vezes, o CD com as informações e documentos exigidos pela Justiça Eleitoral teve problemas com a criptografia e o processamento dos dados não pode ser feito. Amanhã vence o prazo final para o registo das candidaturas. O candidato deve voltar ainda hoje ao tribunal para concluir o processo. Biondini vai disputar a prefeitura com uma chapa pura. Não foi feita nenhuma coligação na disputa majoritária (prefeito) e nem na proporcional (vereadores). Seu candidato a vice é o empresário do PROS, Wallace Brandão.

Biondini disse que vai fazer uma campanha barata com gasto estimado de no máximo R$ 1,5 milhão. Segundo ele, esse valor será suficiente, pois a intenção é fazer uma campanha barata e diferente. “Eu historicamente sou o deputado que menos gastou em relação ao número de votos obtidos”, disse o parlamentar que se reelegeu para a Câmara em 2014 com 179 mil votos e gastos de R$ 776 mil. 

Biondini disse estar confiante na disputa e estima que o partido vai conseguir eleger 4 vereadores para a Câmara Municipal. O partido atualmente tem dois representantes no legislativo municipal. 
Biondini disse que discutiu uma composição com vários partidos, mas que não houve consenso em torno de possíveis alianças e garantiu que nunca cogitou desistir da campanha ou sair como vice na chapa de alguém. Especulações davam conta de sua desistência para uma composição com o também deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PR) que registrou sua candidatura ontem, tendo como candidata a vice a Professora Rosilene (PSDC).

ESTADO DE MINAS

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235
Campanhas de Marta, Doria e Major Olímpio vetam Erundina em debate

Do UOL, em São Paulo 17/08/201614h02 > Atualizada 17/08/2016 20h43

As campanhas de Marta Suplicy (PMDB), João Doria Jr. (PSDB) e Major Olímpio (SD) vetaram a participação de Luiza Erundina (PSOL) no debate organizado pelo UOL, pela "Folha de S.Paulo" e pelo SBT com os candidatos a prefeito de São Paulo. O encontro acontece no dia 23 de setembro (sexta-feira), às 13h10, e será transmitido ao vivo.

Os representantes das candidaturas de Celso Russomanno (PRB) e Fernando Haddad (PT) votaram favoravelmente à proposta apresentada por UOL, Folha e SBT.

Os organizadores do encontro sugeriram a participação dos cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa Datafolha mais recente a ser divulgada até o dia 15 de setembro, mais os que têm direito à presença em debates garantido por lei.

Dentro desse critério, de acordo com os números da última pesquisa Datafolha, Luiza Erundina estaria entre os participantes (os cinco primeiros eram: Russomanno -- 25%; Marta -- 16%; Erundina -- 10%; Haddad -- 8% e Doria -- 6%) 

Dario Oliveira/Estadão Conteúdo
Imagem
Em campanha no centro de São Paulo, Luiza Erundina criticou a legislação eleitoral

Segundo a nova legislação eleitoral, que entrou em vigor em setembro de 2015, emissoras de rádio e televisão que realizarem debates, como o SBT, são obrigadas a convidar candidatos cujos partidos possuam mais de nove parlamentares na Câmara dos Deputados.

No caso dos demais candidatos, a presença é facultativa. A legislação permite a participação dos políticos que não preencham esses requisitos nos debates, desde que dois terços dos candidatos com direito garantido por lei concordem com as regras. 

O PSOL (de Erundina) tem seis deputados federais na atual legislatura.

Em acordo com a legislação, UOL, Folha e SBT consultaram formalmente as campanhas dos cinco candidatos que têm participação garantida por lei (Russomanno, Marta, Haddad, Doria e Major Olímpio) sobre a proposta.

O Solidariedade (de Major Olímpio) se manifestou pela não aprovação da participação de outros debatedores que não os garantidos pela lei.

O PSDB (de Doria) e o PMDB (de Marta) tiveram posição semelhante, argumentando que, se fosse aberta alguma exceção, deveria ser para todos os candidatos a prefeito registrados na Justiça Eleitoral (há um total de 11 candidatos a prefeito registrados na capital paulista).

Com a decisão tomada em reunião realizada nesta quarta-feira (17) na sede da "Folha de S.Paulo", o debate terá, então, só cinco candidatos (Russomanno, Marta, Haddad, Doria e Olímpio). 

Na semana que vem, o STF (Supremo Tribunal Federal) julgará uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) apresentada pelo PSOL e também pelo PV, que questiona as novas regras e pede o direito de participar dos debates de candidatos como Erundina.

UOL

 

----------------------------------------------

Crivella: Bolsonaro e Pedro Paulo "pagam um gorila" ao vetar Freixo nos debates

Eleitores de Freixo precisam ser respeitados, disse candidato do PRB

Hoje às 15h25 - Atualizada hoje às 15h34
Jornal do Brasil

Ao vetarem a participação de Marcelo Freixo (Psol) no debate da TV Bandeirantes, os candidatos Pedro Paulo Carvalho (PMDB) e Flávio Bolsonaro (PSC) "não pagaram um mico, pagaram um gorila". 

A declaração foi feita nesta quinta-feira (18) pelo candidato Marcelo Crivella, da coligação Por Um Rio Mais Humano (PRB-PR-PTN). Crivella fez campanha no Complexo do Alemão e no Jacarezinho. Ele se comprometeu em criar empregos com programas como a Zona Franca Social, Cimento Social e Gari Comunitário.

Imagem
Candidato tomou café com eleitores do Complexo do Alemão e Jacarezinho nesta quinta-feira (18)

Ao responder a pergunta de um jornalista, Crivella classificou com "desrespeito com a população" a decisão de Bolsonaro e Pedro Paulo de vetarem a participação de Freixo, que aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto. 

"Não é questão de Marcelo Freixo, Crivella ou Pedro Paulo. São os 400 mil eleitores que querem votar em Freixo e precisam ser respeitados. Ele tem 13% nas pesquisas, não pode ficar fora. Acho um desrespeito com a população do Rio de Janeiro. Os meninos que não estão assinando para ele (Freixo) participar não estão pagando mico, estão pagando um gorila", disse.

Na visita ao Alemão, o candidato protestou contra o fechamento da Vila Olímpica da comunidade por falta de repasse de recursos pela prefeitura. Os funcionários da Organização Social que gere o complexo esportivo sofrem com salários atrasados. 

"São essas coisas que as pessoas não toleram mais, maquiagem para todo lado, enquanto a realidade da população é uma tragédia".

JORNAL DO BRASIL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...