Jump to content

MÚSICA


Victor235

Recommended Posts

Yoshi Toupeira

Que bom que se formou. :D Eu só vou me formar ano que vem, mas não na minha escola atual, porque não tem 9° ano nela. :P

A música é boa, apesar de não ser meu estilo. Infelizmente, quando o assunto é música, sou uma agulha no palheiro.

  • Like 2
Link to post
  • Replies 1.1k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • Victor235

    231

  • Professor Inventivo

    156

  • Yoshi Toupeira

    149

  • Doutor Delgadinho

    70

Professor Inventivo

E eu nem conheço essa música. 

Quando eu chegar em casa eu vejo. 

Na minha formatura tocou a clássica "we are The Champions" mesmo. 

Link to post
Professor Inventivo
13 horas atrás, Professor Inventivo disse:

Quando eu chegar em casa eu vejo. 

Sim, lembrei de ver agora. Apesar de curtir ColdPlay não gostei dessa música.

E vocês falando sobre o 9º ano, eu vim saber que isso existe há pouco tempo. :lol:

Eu nem participei da formatura da 8ª série, na época meus pais estavam meio "duros", participei somente do 3º ano do EM.

Link to post
Helenaldo
1 hora atrás, Professor Inventivo disse:

Sim, lembrei de ver agora. Apesar de curtir ColdPlay não gostei dessa música.

E vocês falando sobre o 9º ano, eu vim saber que isso existe há pouco tempo. :lol:

Eu nem participei da formatura da 8ª série, na época meus pais estavam meio "duros", participei somente do 3º ano do EM.

Isso começou em 2010(pelo menos na minha cidade), quando eu fui fazer a 6ª serie, os colégios daqui mudaram isso e passaram a chamar por ano, no caso a 6ª serie se transformou em 7º ano e por ai vai, eu tive a oportunidade de fazer as duas formaturas tanto no fundamental como no médio e fiz e em ambas eu me arrependi amargamente mas não tinha escolha, pelo menos no ano passado ainda fui ver a formatura dos meu amigos, mas ainda sim não deixou de ser um choque ver a galera receber o diploma e você ter apenas que aplaudir em vez de ir pegar o seu também.

Edited by Helenaldo
Link to post
JF CHmaníaco
15 horas atrás, Professor Inventivo disse:

Na minha formatura tocou a clássica "we are The Champions" mesmo.

Na minha também tocou, no final. Tocou essa quando eu fui pegar meu diploma, cada aluno escolhia uma música.

Detalhe: ninguém escolheu música nacional.

Link to post
Victor235
21 horas atrás, JF CHmaníaco disse:

Fui pegar meu diploma ao som dessa música ontem na minha formatura :D 

Parabéns, @JF CHmaníaco

Na minha época, usaram outra música do Coldplay, "Viva La Vida".

Aliás, a banda não ia se separar?

21 horas atrás, JF CHmaníaco disse:

Vamos para um parque em Charqueada/SP., pertinho de Piracicaba.

Aproveite passar em Piracicaba e peça pro @Gabriel Maciel voltar ao fórum.

4 horas atrás, JF CHmaníaco disse:

Na minha também tocou, no final. Tocou essa quando eu fui pegar meu diploma, cada aluno escolhia uma música.

Detalhe: ninguém escolheu música nacional.

E você pediu essa?

Porque não botou uma moda aí? :P 

  • Thanks 1
Link to post
JF CHmaníaco
1 hora atrás, Victor235 disse:

E você pediu essa?

Porque não botou uma moda aí? :P 

Pedi, gosto muito dessa.

Cheguei a pensar em "Meu Mato Grosso do Sul" (não sei se conhece), mas já tinha sido cantada no coral da escola :P 

Link to post
Victor235

Não sei.

Tem aquela do Munhoz & Mariano que fala "só dá MS em todo o Brasil" :P 

Link to post
Usagi White

TOP 13 - MICHEL JACKSON:

 

  • Like 1
Link to post
Yoshi Toupeira

Aos 0:18, você vai pensar: Eu já ouvi essa parte em algum lugar.

 

Link to post
  • 2 weeks later...
Victor235
Funknejo: duetos de sertanejos com MCs emplacam nas paradas de fim de ano no Brasil

Lucas Lucco com MC Lan, João Neto & Frederico com Kevinho e mais: veja lista de parcerias em alta; elas levam funkeiros para as rádios e renovam público de sertanejos.

Por Rodrigo Ortega, G1
07/12/2017 06h00 Atualizado há 8 horas

Cê acredita?

O bordão acima, do funkeiro Kevinho, apareceu em quatro sucessos com ídolos sertanejos em 2017. É que ele foi o MC mais procurado para duetos do funknejo. A união de nomes famosos dos dois estilos foi crescendo durante o ano, e agora ocupa cinco posições no top 50 do Spotify no Brasil.

O termo funknejo não é novo: ficou popular com o estouro de "Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha", de João Lucas & Marcelo, em 2012. Desde então, alguns sertanejos tentam incorporar o tamborzão do funk. A novidade neste ano é que os MCs mais famosos, especialmente os de São Paulo, embarcam nas parcerias.

Os dois lados encontram vantagens: a união leva funkeiros de SP às rádios e tem ajudado a renovar o público de alguns sertanejos. Veja abaixo uma lista com os principais hits e, em seguida, leia mais sobre as parcerias.

+ Zoom (dimensões reais: 640 x 1728)Imagem
Lista de parcerias entre funkeiros e sertanejos em 2017 (Foto: Arte G1)

No YouTube, esses 12 principais funknejos de 2017 têm entre 5 milhões ("De calcinha e camiseta") e 156 milhões de visualizações ("Mentalmente"). No Spotify, cinco deles estavam no top 50 do dia 6 de dezembro:

4º - "Permanecer" - Lucas Lucco e MC G15
5º - "Deixa ela beijar" - Matheus & Kauan com MC Kevinho
38º - "Cê acredita" - João Neto & Frederico e MC Kevinho
40º - "Tic tac" - Lucas Lucco e Mc Lan
47º - "Esqueci como namora" - Nego do Borel e Maiara & Maraisa

'Antenado no povo'

Frederico, cantor da dupla com João Neto, falou ao G1 sobre a parceria "Cê acredita", com Kevinho. Foi um raro caso de grande sucesso simultâneo nas rádios e em streaming durante o ano. O convite para a colaboração veio de João Neto & Frederico, em maio deste ano.

"Estamos com onze anos de carreira. Temos que ficar preocupados com o mercado. É um produto que precisa ir se atualizando. Um dos estilos em bom momento é o funk. Por isso colocamos Kevinho, menino jovem que atinge a galera. Tem que estar antenado no povo", diz Frederico.

A composição foi sob encomenda. "Pedimos para quatro amigos nossos [Daniel Rangel, Elan Borges, Bruno Sucesso e Marcello Damasio] para estudar o Kevinho e colocar os palavreados dele na letra. Três dias depois, voltaram com 'Cê acredita'. Falamos: 'É essa'. No show é 'um pipoco'. É um dos três maiores sucessos nossos, junto com 'Lê lê lê' (2011) e 'Pega fogo, cabaré' (2007)."

Frederico é pragmático: "O que a gente gosta é música romântica, letra bonita. Só que só essas não vendem show. A gente vive de show", diz.

"Algumas pessoas nos criticaram por gravar com cantor de funk. Respondi assim a elas: 'Quem paga ingresso é o povo.' O mercado partiu para esse lado. Se a gente não partir também, vai vender show para quem?"

Imagem
O funkeiro Kevinho (centro) junto com a dupla sertaneja João Neto & Frederico (Foto: Divulgação)

'Ganha-ganha'

Mas a vantagem não é só dos sertanejos. "As parcerias são oportunidades que fazem todo o sentido para os dois lados. Geram um ganha-ganha", diz Guilherme Figueiredo, diretor de marketing da gravadora Som Livre.

"O sertanejo tem chance de renovar o público. Quando grava com funk, por exemplo, ele participa de mais playlists, e amplia os pontos de contatos deles com ouvintes", explica Guilherme. "Já os artistas de funk têm uma oportunidade de tocarem nas rádios e também ampliarem a audiência fora do eixo Rio-SP", diz Guilherme.

A empresa Playax, que faz monitoramento de músicas em rádio e internet, analisou as execuções os funknejos a pedido do G1. A comparação mostrou artistas de funk que tinham milhões de audições na web e pouco espaço nas rádios, mas que começaram a aparecer em mais emissoras com os funknejos.

Os gráficos abaixo, do monitoramento da Playax, mostra o exemplo de dois MCs, Kevinho e Tati Zaqui, que já tinham funks muito populares no Youtube, mas só cresceram nas rádios ao lançarem funknejos:

Desempenho de MC Kevinho nas rádios em 2017:
Imagem
Gráfico mostra aumento de execuções de MC Kevinho nas rádios com lançamento de funknejos (setas vermelhas indicam datas de início de monitoramento). A linha preta mostra o número de vezes tocadas na rádio por dia e a azul mostra o público estimado (em milhares) (Foto: Playax) (Foto: Playax)

Desempenho de Tati Zaqui nas rádios em 2017:
Imagem
Gráfico mostra aumento de execuções de MC Tati Zaqui nas rádios com lançamento de funknejos (setas vermelhas indicam datas de início de monitoramento). A linha preta mostra o número de vezes tocadas na rádio por dia e a azul mostra o público estimado (em milhares) (Foto: Playax) (Foto: Playax)

Sertanejo 'organizadinho'; funk 'criativo'

O produtor musical Yuri Martins assina dois funknejos nas paradas atuais, ambos com Lucas Lucco: "Permanecer", com Lucas Lucco, e "Tic Tac", com MC Lan. Ele vê aprendizados possíveis para os dois gêneros no encontro.

"O funk tem que aprender com o sertanejo sobre como se organizar. O funk é meio bagunçado: estrutura de show, forma de trabalhar. Você vai fazer uma parceria com o sertanejo e é tudo organizadinho", diz Yuri, produtor oriundo do funk.

"E o sertanejo pode aprender com o funk a atingir o público 'de raiz'. Porque às vezes o sertanejo faz muita música para o pessoal que tem dinheiro, o público 'boy'. Mas esquece que o público da comunidade também quer ouvir o sertanejo que fala a verdade. Acho que isso está acontecendo. O sertanejo vai atrás do funk porque quer atingir a comunidade", opina Yuri.

Guilherme Figueiredo vê chances de outras trocas: "O funk tem a aprender sobre a plataforma que o sertanejo montou para shows, para falar com o Brasil, com um alcance nacional. E o sertanejo tem a aprender com o funk na velocidade, na linguagem, nos modelos de trabalho criativos, voltados para o digital. É uma troca bacana."

Imagem
Rodrigo Marim e Tati Zaqui (Foto: Divulgação)

G1

@JF CHmaníaco

Link to post
JF CHmaníaco

Nossa, não sabia que "Deixa ela Beijar" era junto com o Matheus & Kauan! :o 

Link to post
Victor235

Essa música é viciante pra caramba.

Um dos melhores funks já lançados.

Tive que ouvir quase 40 vezes desde que foi lançada.

Link to post
Guest
This topic is now closed to further replies.
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...