Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Victor235

ELEIÇÕES 2018

10 posts neste tópico

Notícias e debates sobre as próximas eleições nacionais e estaduais.

Cardozo ganha força e ala do PT já articula candidatura em SP

Estadão Conteúdo
04.09.16 - 08h44

O impeachment de Dilma Rousseff agravou ainda mais a crise no PT e jogou os holofotes sobre um rearranjo de forças no partido, hoje ameaçado por uma debandada. Após quase nove meses de uma batalha no Congresso, José Eduardo Cardozo, advogado de Dilma, sai fortalecido do processo e, a depender do cenário, pode se credenciar para futuras disputas.

De ministro da Justiça achincalhado pela direção do PT – para quem o “grupo do Zé Eduardo” era tão pequeno que cabia numa Kombi -, o relator do projeto da Ficha Limpa passou a ter o nome lembrado para eventual candidatura ao governo de São Paulo, em 2018. No momento em que os principais líderes petistas foram atingidos por escândalos de corrupção, Cardozo chegou a ser aplaudido por parte dos passageiros de um voo de Brasília a São Paulo, na noite de sexta-feira.

“Eu não tenho a menor vontade de continuar na vida política”, disse o ex-ministro, que também foi titular da Advocacia Geral da União. “Em 2010, escrevi uma carta aos meus eleitores, na qual dizia que não seria mais candidato a deputado enquanto o sistema político não mudasse. Tenho vergonha desse sistema.” No PT, Cardozo integra a corrente Mensagem ao Partido. O grupo não detém a hegemonia interna e cada vez mais se opõe à tendência Construindo um Novo Brasil, comandada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Pressionado por Lula e pela cúpula do PT, sob o argumento de não controlar a Polícia Federal quando estava à frente do Ministério da Justiça, Cardozo ganhou a “redenção” ao defender Dilma. Perdeu a causa no Senado, mas conquistou prestígio. É de sua autoria a narrativa do “golpe” e a ideia de fatiar o julgamento da então presidente, estratégia que a livrou da proibição de exercer cargos públicos.

A decisão de preservar direitos de Dilma rachou a base do governo, que recorreu ao Supremo Tribunal Federal. Nos bastidores, Cardozo avalia que, se o Supremo acatar o mandado de segurança impetrado por aliados do presidente Michel Temer, também terá de reavaliar a existência de crime de responsabilidade por parte da petista. “O PT falseia a história”, reagiu o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP).

Confidência. Depois do período de quarentena, Cardozo vai se associar ao escritório Celso Cordeiro e Marco Aurélio de Carvalho Advogados, em São Paulo, e abrirá outro, em Brasília, para atuar em tribunais superiores.

A história que deu a ele protagonismo, porém, fez Lula perder capital político. Com a agonia de Dilma, ele também se desidratou. Alvo da Lava Jato, o “criador” da presidente cassada confidenciou a amigos que se arrependeu de não ter dito à sucessora que deveria ser ele o candidato ao Planalto, em 2014. Na quarta-feira, o ex-presidente acompanhou o discurso da despedida de Dilma, no Palácio da Alvorada, e parecia perplexo. “Nem no pior pesadelo poderia imaginar o que está acontecendo conosco”, lamentou ele, mais uma vez. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

ISTOÉ/ESTADÃO CONTEÚDO

Editado por Victor235

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

(Com alguns bandidos na disputa)
 

 
PRESIDENTE - BRASIL - 2018 :

Imagem

. Geraldo Alckmin (PSB)
. Lula (PT)
. Marina Silva (Rede)
. Jair Bolsonaro (PSC)
. Aécio Neves (PSDB) - Com o apoio do PMDB.
. Ciro Gomes (PDT)
. Álvaro Dias (PV) 
. Ronaldo Caiado (DEM)
. Luciana Genro (PSOL)



--
 

 
Imagem
RIO DE JANEIRO - 2018 :

GOVERNADOR
. Eduardo Paes (PMDB)
. Romário (PSB) - Com o apoio do PRB e do PSC
. Marcelo Freixo (PSOL)

SENADOR
. Índio da Costa (PSD) - Com o apoio do PRB e do PSC
. Rodrigo Maia (DEM) - Com o apoio do PMDB

DEPUTADO FEDERAL

(alguns políticos que deverão ser candidatos)
. Otávio Leite (PSDB)
. Alessandro Molon (Rede)
. Chico Alencar (PSOL)
. Miro Teixeira (Rede) 
. Jean Wyllys (PSOL) 

DEPUTADO ESTADUAL

(alguns políticos que deverão ser candidatos)
. Wagner Montes (PRB)
. Carlos Roberto Osório (PSDB)
. Pedro Fernandes (SD)
. Tio Carlos (SD)



--
 

 
Imagem

SÃO PAULO - 2018 :

GOVERNADOR
. José Serra (PSDB) - Com o apoio do PMDB
. Fernando Haddad (PT)
. Luiza Erundina (PSOL)

SENADOR
. Eduardo Suplicy (PT)
. Aloysio Nunes (PSDB)
. Marta (PMDB)

DEPUTADO FEDERAL
(alguns políticos que deverão ser candidatos)
. Celso Russomano (PRB)
. José Eduardo Cardozo (PT)
. Eduardo Bolsonaro (PSC)
. Alexandre Padilha (PT)
. Marco Feliciano (PSC)
. Major Olímpio (PDT)
. Mara Gabrilli (PSDB)
. Arlindo Chinaglia (PT)
. Bruna Furlan (PSDB)
. Baleia Rossi (PMDB)
. Ricardo Tripoli (PSDB)
. Walter Feldman (PSB)
. Fernando Holiday (DEM)



--
 

 
Imagem

MINAS GERAIS - 2018 :

GOVERNADOR
. Márcio Lacerda (PSB)
. Antonio Anastasia (PSDB)
. Vanessa Portugal (PSTU)

SENADOR
. Leonardo Quintão (PMDB)
. Patrus Ananias (PT)



--
 

 
Imagem

RIO GRANDE DO SUL - 2018 :

GOVERNADOR
. Eduardo Leite (PSDB)
. Jairo Jorge (PDT)
. Roberto Robaina (PSOL)
. José Ivo Sartori (PMDB)

SENADOR
. Ana Amélia (PP)
. Paulo Paim (PT)
. Germano Rigotto (PMDB)



--
 

 
Imagem
BAHIA - 2018 :

GOVERNADOR
. Rui Costa (PT) 
. ACM Neto (DEM)

SENADOR
. Paulo Souto (DEM) 
. Lídice da Mata (PSB) 

--

Imagem

PERNAMBUCO - 2018 :

GOVERNADOR
. Paulo Câmara (PSB)
. João Paulo (PT)
. Armando Monteiro (PTB)

SENADOR
. Jarbas Vasconcelos (PMDB)
. Bruno Araújo (PSDB)

--

Imagem

ESPÍRITO SANTO - 2018 :

GOVERNADOR
. Paulo Hartung (PMDB) 
. Amaro Neto (SD) 
. Renato Casagrande (PSB) 

SENADOR
. Magno Malta (PR) 
. Ricardo Ferraço (PMDB) 

--

Imagem

PARANÁ - 2018 :

GOVERNADOR
. Ricardo Barros (PP) 
. Gustavo Fruet (PDT) 
. Ratinho Júnior (PSD) 
. Valdir Rossoni (PSDB)

SENADOR
. Beto Richa (PSDB) 
. Ney Leprevost (PSD)



--
 

 
Imagem

SANTA CATARINA - 2018 :

GOVERNADOR
. Dário Berger (PMDB) 
. Ângela Amin (PP) 
. Gelson Merísio (PSD)
. Angela Albino (PC do B)

SENADOR
. Paulo Bauer (PSDB) 
. Raimundo Colombo (PSD)

--

Imagem

DISTRITO FEDERAL - 2018 :

GOVERNADOR
. Rodrigo Rollemberg (PSB) 
. Alberto Fraga (DEM) 
. Izalci Lucas (PSDB)
. Ronaldo Fonseca (PROS) 

SENADOR
. Rogério Rosso (PSD) 
. Cristovam Buarque (PPS) 

--

Imagem

GOIÁS - 2018 :

GOVERNADOR
. José Eliton (PSDB)
. Daniel Vilela (PMDB)
. Paulo Garcia (PT)

SENADOR
. Pedro Chaves (PMDB)
. Vilmar Rocha (PSD) 

--

Imagem
MATO GROSSO DO SUL - 2018 :

GOVERNADOR
. Reinaldo Azambuja (PSDB) 
. Nelson Trad Filho (PTB) 
. Zeca do PT (PT) 

SENADOR
. Murilo Zauith (PSB)
. Rose Modesto (PSDB) 
. Waldemir Moka (PMDB) 

--

Imagem
MATO GROSSO - 2018 :

GOVERNADOR
. Pedro Taques (PSDB) 
. Wellington Fagundes (PR) 

SENADOR
. Wilson Santos (PSDB)
. Adilton Sachetti (PSB)



 

 
Imagem
CEARÁ - 2018 :

GOVERNADOR
. Cid Gomes (PDT)
. Capitão Wagner (PR) 
. Luizianne Lins (PT) 

SENADOR
. Camilo Santana
. Mendonça Filho (DEM) 

--

Imagem

PARÁ - 2018 :

GOVERNADOR
. Helder Barbalho (PMDB) 
. Paulo Rocha (PT) 
. Edmilson Rodrigues (PSOL)

SENADOR
. Simão Jatene (PSDB) 

--

Imagem

AMAZONAS - 2018 :

GOVERNADOR
. Eduardo Braga (PMDB) 
. Omar Aziz (PSD) 

SENADOR
. Arthur Neto (PSDB) 
. Silas Câmara (PRB) 
. Vanessa Grazziotin (PC do B)



--
 

 
Imagem

ACRE - 2018 :

GOVERNADOR
. Marcus Alexandre (PT)
. Gladson Cameli (PP) 
. Eliane Sinhasique (PMDB) 

SENADOR
. Tião Viana (PT)
. Sérgio Petecão (PSD) 
. Alan Rick (PRB) 

--

Imagem

ALAGOAS - 2018 :

GOVERNADOR
. Rui Palmeira (PSDB)
. Renan Filho (PMDB) 

SENADOR
. Maurício Quintella (PR) 
. Benedito de Lira (PP) 
. Ronaldo Lessa (PDT) 

--

Imagem

RORAIMA - 2018 :

GOVERNADOR
. Telmário Mota (PDT)
. Teresa (PMDB)

SENADOR
. Shéridan (PSDB)
. Ângela Portela (PT)



--
 

 
Imagem

AMAPÁ - 2018 :

GOVERNADOR
. Randolfe Rodrigues (Rede) 
. Waldez Góes (PDT) 
. Davi Alcolumbre (DEM) 

SENADOR
. João Capiberibe (PSB) 
. Roberto Góes (PDT) 

--

Imagem

MARANHÃO - 2018 :

GOVERNADOR
. Flávio Dino (PC do B) 
. Roberto Rocha (PSB) 

SENADOR
. Eduardo Braide (PMN)
. Edison Lobão (PMDB) 
. José Sarney Filho (PV) 

--

Imagem

PIAUÍ - 2018 :

GOVERNADOR
. Wellington Dias (PT) 
. Elmano Férrer (PTB)

SENADOR
. Marcelo Castro (PMDB) 
. Dr. Pessoa (PSD) 

--

Imagem

RIO GRANDE DO NORTE - 2016 :

GOVERNADOR
. Robinson Faria (PSD) 
. Fátima Bezerra (PT) 

SENADOR
. Cláudio Santos



--
 

 
Imagem

PARAÍBA - 2018 :

GOVERNADOR
. Cássio Cunha Lima (PSDB) 
. Wilson Santiago (PTB) 
. Vital do Rêgo (PMDB)

SENADOR
. Ricardo Coutinho (PSB) 
. Raimundo Lira (PMDB) 

--

Imagem

SERGIPE - 2018 :

GOVERNADOR
. Eduardo Amorim (PSC) 
. Valadares Filho (PSB) 
. João Alves (DEM) 

SENADOR
. Jackson Barreto (PMDB) 
. André Moura (PSC)

--

Imagem

TOCANTINS - 2018 :

GOVERNADOR
. Marcelo Miranda (PMDB) 
. Ataides Oliveira (PSDB)

SENADOR
. Carlos Gaguim (PMDB) 
. Vicentinho Alves (PR)

--

Imagem

RONDÔNIA - 2018 :

GOVERNADOR
. Acir Gurgacz (PDT)
. Mariana Carvalho (PSDB)
. Mauro de Carvalho (PP) 
. Mauro Nazif (PSB) 
. Marinha Raupp (PMDB) 

SENADOR
. Confúcio Moura (PMDB) 
. Marcos Rogério (DEM)
. Jaqueline Cassol (PR)
1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oremos :bispo: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E como o povão tem memória de rato elege o Lula de novo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bomba:

Políticos reagem contra “emenda Lula” para 2018

Relator da reforma política na Câmara incluiu no seu parecer artigos que proíbem a prisão de políticos até oito meses antes da eleição

Por Estadão Conteúdo
16 jul 2017, 09h52

Imagem
Lula: A medida pode valer já para a eleição de 2018 (Nacho Doce/Reuters)

Brasília – Políticos repercutiram a informação revelada pela Coluna do Estadão de que o relator da reforma política na Câmara dos Deputados, Vicente Cândido (PT-SP), incluiu no seu parecer artigos que proíbem a prisão de políticos até oito meses antes da eleição. A medida pode valer já para a eleição de 2018 se for aprovada até setembro pelo Congresso e foi apelidada de “Emenda Lula”.

“Vamos derrotar o Lula na eleição e, depois, pôr o Luiz Inácio na prisão”, afirmou o prefeito João Doria (PSDB). Pelo Twitter, a senadora Ana Amélia (PP-RS) escreveu: “Quando a sociedade exige uma reforma política moralizadora, é inaceitável e provocadora a manobra para livrar Lula e outros políticos da inelegibilidade nas eleições de 2018”.

O relator da reforma política na Câmara se defendeu. “Tem muita exploração da política por parte de promotores, juízes e delegados. Então é para evitar que, no ano que vem, em especial, haja exploração dessa natureza”, disse Cândido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

EXAME / ESTADÃO CONTEÚDO

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Victor235 disse:

Bomba:

Políticos reagem contra “emenda Lula” para 2018

Relator da reforma política na Câmara incluiu no seu parecer artigos que proíbem a prisão de políticos até oito meses antes da eleição

Por Estadão Conteúdo
16 jul 2017, 09h52

Imagem
Lula: A medida pode valer já para a eleição de 2018 (Nacho Doce/Reuters)

Brasília – Políticos repercutiram a informação revelada pela Coluna do Estadão de que o relator da reforma política na Câmara dos Deputados, Vicente Cândido (PT-SP), incluiu no seu parecer artigos que proíbem a prisão de políticos até oito meses antes da eleição. A medida pode valer já para a eleição de 2018 se for aprovada até setembro pelo Congresso e foi apelidada de “Emenda Lula”.

“Vamos derrotar o Lula na eleição e, depois, pôr o Luiz Inácio na prisão”, afirmou o prefeito João Doria (PSDB). Pelo Twitter, a senadora Ana Amélia (PP-RS) escreveu: “Quando a sociedade exige uma reforma política moralizadora, é inaceitável e provocadora a manobra para livrar Lula e outros políticos da inelegibilidade nas eleições de 2018”.

O relator da reforma política na Câmara se defendeu. “Tem muita exploração da política por parte de promotores, juízes e delegados. Então é para evitar que, no ano que vem, em especial, haja exploração dessa natureza”, disse Cândido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

EXAME / ESTADÃO CONTEÚDO

Que pais é esse? pelo amor de deus né, tomara que isso não acontença e esse sujeito seja preso
BOLSONARO2018

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Lula ou o deputado? :P 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parece até piada isso kkkkkkk O maior bandido do país sempre acha um meio de se safar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse país é uma piada mesmo, e coisas piores podemos esperar, disso não tenho dúvidas. :closedeyes: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.