Jump to content
Sign in to follow this  
Bugiga

Fanfics e Remakes

Recommended Posts

Aol

Por que não mesclar se é um Fanfic?

Share this post


Link to post
Fabão

Isso é uma fanfic, e das mais fracas por sinal.

Por isso:

Mesclado

Com o tópico das Fanfics

Share this post


Link to post
Dono da Vila
Por que não mesclar se é um Fanfic?

Por que era tipo uma revista, essa foi a primeira, se for criada outra, e que também acabar, vai estar no mesmo tópico

Share this post


Link to post
Zenon CH

O DIA EM QUE A VILA PAROU

CAPITULO I

_UM OBJETO ROTUNDO_

Na calma e alegre vila do Chaves,Chaves e o Quico resolvem ir brincar de procurar tesouros escondidos,para Dona Florinda isso seria fácil,já que ela considera Quico com seu único e maior tesouro,inclusive ela não gostou nada da idéia do Quico sair por aí procurando coisas com o Chaves,pois da ultima vez Quico voltou pra casa com os tubos de encanamentos da vila.Eles para que a brincadeira fique melhor resolvem chamar mais pessoas para participarem com eles,assim eles poderiam se dividir em dois grupos: Os que escondem e os que procuram,só que não deveria ser como da ultima vez,em que a Chiquinha escondeu e ela mesmo achou,dessa vez,o grupo que escondia deveria tentar impedir que o outro grupo encontrasse,mas isso deveria ser pensado melhor,pois também da ultima vez, a Chiquinha meteu um tijolo na cabeça do Quico e queimou um cigarro na barriga do Chaves,que para sua infelicidade dessa vez ela não havia sido tão tonta como a Popis de confundir um vaga-lume com um cigarro.

_Por que não vamos até a casa do Nhonho o chamamos para vir brincar com a gente Chavinho? Perguntou Quico, _Claro que não, o Nhonho ele faz trapaça! Respondeu Chaves,Quico que ficou sem entender pergunta _Por que ele faz trapaça? , o garoto então responde _Não se lembra que da ultima vez ele foi quem foi que escondeu o tesouro e até hoje ninguém nunca acho! , o bochechudo continua meio sem entender e volta a perguntar _E o que era o tesouro?,Chaves já meio irritado responde _Era um sanduíche de presunto,e era um sanduíche de presunto que eu deveria comer! ,Quico agora começava a entender o que havia acontecido,então resolvem ir chamar o Godinez,que era o único que não conseguia esconder bem o tesouro e tampouco encontrá-lo,nesse momento a Chiquinha vem saindo de sua casa,e antes que pudesse perguntar aonde os meninos iriam,eles já estavam saindo da vila,ele fica um pouco emburrada,só que lá vem quem sempre faz a Chiquinha sorrir,a velha carcomid... digo, Dona Florinda do 14,quem vem com um balde cheio de roupas para estender no varal,Chiquinha logo traça um plano para irritá-la,e esfregando a mão uma na outra,como sinal de "Me aguarde..." ,_Olha Dona Florinda... começou a sardentinha,sendo recebida com um imenso suspiro de raiva de raiva de Dona Florinda,_Eu sempre quis te fazer uma pergunta... continuou ela sabendo que sua vítima já estava se irritando,_Eu quero saber que dia a senhora vai tirar os pés?, Dona Florinda estranha,olha para os seus pés e pergunta _Qual pés?,Chiquinha,que já está quase em um ataque de risos responde _Os pés de galinha!,caindo na gargalhada e apontando para as rugas nos olhos de Dona Florinda,que já se encontra irritadíssima responde _Quem sabe no dia em que você conseguir crescer mais do que esses 15 centímetros!,saindo,deixando o balde de roupas ali mesmo no chão,Chiquinha que estava rindo de sua piada,ao perceber a resposta da Dona Florinda fecha a cara e volta aborrecida para sua casa.

editado pros preguiçosos lerem.

Me diga o que acharam,se gostarem eu continuo...

Share this post


Link to post
João

O Filme de terror

1978

O começo é como as versões de 1973 e 1976. Chaves e Chiquinha estão assistindo o filme na casa de seu Madruga.

CHIQUINHA- Ai! Saia daí! Não vê que vai dar de cara com a múmia!!

Seu Madruga vai abrindo a porta discretamente.

CHIQUINHA- Não abra essa porta, idiota! Não vê que aí está o esqueleto?

Seu Madruga abre a porta com tudo.

MADRUGA- CHIQUINHA!!!!

Chaves fica paralizado.

MADRUGA- Chiquinha eu não havia te dito que você ficaria sem ver TV por dois dias?

Chiquinha fica meio sem graça, seu Madruga desliga a TV.

MADRUGA- Vamos! Pra fora daqui, rápido! E você também Chaves!

CHIQUINHA- Papai, o Chaves não pode sair porque está paralizado!

MADRUGA- Então jogue um pouco de água nele pra ele melhorar. Acredito que foi você que ficou contando histórias de terror pra ele eele ficou assim.

Chiquinha pegando um copo de água.

CHIQUINHA- Não papai! O filme ele agüentou bem! Só não conseguiu agüentar quando você chegou!

Chiquinha joga água no Chaves, que volta ao normal.

MADRUGA- Muito bem! Agora FORA DAQUI!!!!

Chaves e Chiquinha vão para o pátio.

CHIQUINHA- Que droga! O que vamos fazer agora?

CHAVES- Podemos contar histórias que conhecemos!

CHIQUINHA- Que grande idéia!!

CHAVES- Então não vamos ver mais terror por hoje?

CHIQUINHA- Contarei histórias de terror!!!

Chaves olha assustado, Quico vem chegando na vila.

QUICO- Do que vocês estão brincando?

CHAVES- De nada! A Chiquinha vai contar histórias de terror!

QUICO- Puxa que pena, eu tenho que entrar que vai anoitecer! Até mais Chaves, até mais Chi...

Chiquinha puxa Quico.

CHIQUINHA- Deixa de ser medroso, volta aqui! Você não é homem?

QUICO- Claro que sou!!

CHIQUINHA- Então venha ouvir as histórias!

QUICO- Mas pra provar que sou homem eu não preciso ouvir histórinhas idiotas!

CHIQUINHA- Mas se são idiotas você pode ouvir!

QUICO- Pois... Pois...

CHAVES- DEIXA DE SER MEDROSO QUICO! VOCÊ TEM QUE PROVAR!!

QUICO- Está duvidando de mim?

CHAVES- Não estou duvidando! Tenho certeza!

QUICO- Pois eu já te provo!

Quico dá um soco em Chaves.

CHAVES- Agora sim eu te arrebento Quico!

QUICO- Não Chaves! Não... Não!!

Chaves sai correndo atrás de Quico que corre pro outro pátio.

CHIQUINHA- Só me faltava essa!! Dois medrosos!

Seu Madruga sai de sua casa.

MADRUGA- Ei Chiquinha! Porque está aqui sozinha?

CHIQUINHA- Não se lembra que você me expulsou e expulsou o Chaves do oito?

MADRUGA- Sim, mas onde está o Chaves do Oito?

CHIQUINHA- Arranjou pretexto e fugiu.

MADRUGA- Mas parece que eu ouvi a voz do Quico!

CHIQUINHA- Também arranjou pretexto e fugiu!

MADRUGA- Puxa! Não se fazem mais corajosos como antigamente!

Quico e Chaves vem correndo, Chaves está com um pedaço de madeira, quando vai bater em Quico acerta seu Madruga.

MADRUGA- Realmente! Não se fazem mais coragem como antigamente!

Seu Madruga desmaia.

Começa a tocar uma BGM da MAGA e acaba o primeiro bloco.

No segundo bloco continua a mesma BGM, Chaves e Chiquinha estão sentados nos caixotes, Chiquinha continua contando a história.

CHIQUINHA- E então, no cemitério escuro e frio caminhava o caçador de monstros... De repente vem aparecendo um monstro com a cabeça enorme (Quico sai de sua casa com um capacete de astronauta) uma cabeça horrível...

QUICO- Vocês querem brincar comigo?

Chaves olha para o Quico com o capacete e se paraliza.

QUICO- O Chaves paralizou só de olhar pra mim!

CHIQUINHA- Mas é claro, com essa cara feia quem não se assusta. Vou ter que jogar água nele!

Quico tira o capacete e Chiquinha se assusta.

CHIQUINHA- E tome cuidado pro Chaves não te ver sem capacete porque senão vai ter outra paralisia!

QUICO- Ah sim!

Quico põe o capacete e Chiquinha molha o Chaves.

CHAVES- Quem me assustou?

CHIQUINHA- O Quico!

CHAVES- Como ele me assustou?

QUICO- Com o capacete!

CHAVES- Ah mas eu não tenho medo!

Quico tira o capacete e Chaves dá um grito e fica paralisado novamente.

QUICO- VOCÊS VÃO VER SÓ! QUANDO MINHA MÃE CHEGAR EU VOU CONTAR PRA ELA QUE VOCÊS ESTÃO ME CHAMANDO DE FEIO!!

Quico entra em sua casa, Chiquinha põe mais água no copo e molha Chaves.

CHAVES- E agora?

CHIQUINHA- Ficou paralizado de novo!

CHAVES- Aah...

CHIQUINHA- Puxa Chaves... A mãe do Quico não está em casa!

CHAVES- Então eu vou lá rachar ele...

CHIQUINHA- Não seja tonto! Quero dizer que podemos assusta-lo!

CHAVES- Zás zás e então eu chegava e assustava o Quico e e depois zás!!

CHIQUINHA- Está legal... Eu vou pegar um lençol lá de casa e você pega este que está no varal!

CHAVES- Ta legal!

Chaves pega o lençol no varal e Chiquinha entra em sua casa. Dona Florinda vem chegando na vila.

CHAVES- Buuuuu!

Dona Florinda cai no chão.

Chaves- Puxa!

Chaves entra no barril. Professor Girafales vem chegando e se assusta com Dona Florinda.

GIRAFALES- Dona Florinda!!!

Ele levanta dona Florinda.

GIRAFALES- O que houve com a senhora?

FLORINDA- Puxa professor, por um instante eu podia jurar que vi um fantasma.

GIRAFALES- A senhora acredita em fantasmas?

FLORINDA- Bem... Claro que não! Mas não quer entrar pra tomar uma xícara de café?

GIRAFALES- Não será muito incômodo?

FLORINDA- Claro que não. Queira entrar!

GIRAFALES- Depois da senhora.

Os dois entram e começa a tocar uma BGM da MAGA, acaba o segundo bloco.

No segundo bloco, toca outra BGM e Chaves e Chiquinha planejam um jeito de entrar na casa de Quico.

CHIQUINHA- Ai Chaves, porque você não me ajuda a abrir a janela?

CHAVES- Porque só os robões entram pela janela e eu não sou robão!!

CHIQUINHA- Eu sei que nós não somos ladrões, mas temos que abrir uma exceção, já que queremos assustar o Quico...

CHAVES- Uma o que?

CHIQUINHA- Uma exce... Ah o que importa??? Vai me ajudar ou não?

CHAVES- Vou!!

CHIQUINHA- Então vamos lá! Temos que arrumar um graveto ou algo pra empurrar a janela... Ah! Isso serve!

Chiquinha pega um galho e fica um tempão tentando abrir a janela, Chaves entra na casa de dona Florinda, abre a janela e volta.

CHAVES- Pronto!

CHIQUINHA- Idiota! Por que não me avisou que você já sabia como abrir? Assim não teria feito tanto esforço!

CHAVES- Aaah!

CHIQUINHA- Bom, vamos nos preparar para entrar!

Na casa de dona Florinda...

Dona Florinda, Quico e o professor estão sentados no sofá tomando café e comendo bolachas, dona Florinda conversando com o professor e Quico está comendo bolachas.

GIRAFALES- E então dona Florinda, a senhora ainda não me disse o que aconteceu com a senhora quando eu chegava na vila.

FLORINDA- Puxa professor, eu fico sem jeito de explicar, eu estava chegando aqui na vila quando de repente eu tive a impressão de ver um...

Chaves põe o lençol e aparece na janela de Dona Florinda, ela começa a tremer.

GIRAFALES- O que foi? O que houve dona Florinda??

FLORINDA- UM FANTAAAASMAAA!!!!

Dona Florinda desmaia, Chaves sai de perto da janela.

GIRAFALES- Puxa! O que foi que houve com sua mãe, Quico?

QUICO- Vai ver que ela desmaiou de paixão pelo senhor...

GIRAFALES- Não Quico, algo muito feio deve ter...

Chiquinha aparece com a máscara, o professor desmaia.

QUICO- Puxa! Agora são dois!

Chiquinha e Chaves entram na casa de Quico.

QUICO- Puxa! MAMÃÃÃÃÃÃÃÃÃE!!!!!

CHIQUINHA- Não se assuste Quico, sou eu e o Chaves!

QUICO- E queriam me assustar?

CHAVES- Sim! Mas acabamos por assustar o professor e sua mãe...

QUICO- Ah! Então foi você?

CHAVES- Sim, mas agora eu...

Quico dá um soco em Chaves.

CHAVES- POR QUE VOCÊ ME BATEU SE EU NEM TE ASSUSTEI????

QUICO- Como porquê? Você ficou assustando a minha mãe! E além do mais eu não me assusto tão fácil.

Seu Madruga aparece na janela.

MADRUGA- Mas será possível? Que gritaria é essa?

QUICO- Mamãããe...

Quico desmaia, Chaves e Chiquinha começam a dar risadas e a cena acaba.

Na cena seguinte está Chaves e Chiquinha sentados na escada.

CHIQUINHA- Puxa, ontem de noite foi muito engraçado! A vila virou a casa do terror!

CHAVES- É verdade! Que pena que não temos mais nem a máscara e nem seu pai deixa mais eu pegar o lençol para assustar!

CHIQUINHA- É! Não tem como mais assustar.

MADRUGA- Tem sim! Vejam!

A câmera filma a foto de Dona Florinda.

CHAVES- Ai caramba!

Chaves fica paralizado e os créditos começam a passar.

O que acharam?

Share this post


Link to post
chaves_007

Um fanfic diferente!

Entrevista com Maria Antonieta de Las Nieves em 2008

Pedro: Estou aqui com a melhor atriz de todos os tempos, a Maria Antonieta de Las Nieves, mais conhecida com Chiquinha. Vamos fazer diferente: primeiro quero conversar com a Maria Antonieta e depois com a Chiquinha, pode ser?

Maria Antonieta: Claro!

Pedro: Como foi criada a Chiquinha?

Maria Antonieta: Uma vez, Chespirito me pediu para que eu me caracterizasse de menino. Depois de caracterizada de menino, Chespirito achou que seria melhor eu me vestir com menina e como eu tinha 18 seria fácil. Então me vesti como Chiquinha, mas a personagem ainda não se chamava Chiquinha e tão pouco se vestia como vocês a conhecem. Isso não era para o programa do “Chaves”, então quando Chespirito nos disse que ia ser realizado o programa do “Chaves” eu já tinha aquela menina dentro de mim e o que fizeram foi colocar o nome, “Chilindrina” no México e “Chiquinha” no Brasil!

Pedro: Para a Maria Antonieta de Las Nieves, como foi saber do falecimento de Ramón Valdez?

Maria Antonieta: Foi um choque! Estava eu em uma coletiva de impressa, sem estar vestida com Chiquinha, e uma repórter me perguntou “Já soube o que aconteceu?” e disse “O que aconteceu?”. Ela então me disse: “Acaba de falecer Don Ramon”. Naquele momento não pude mais continuar a entrevista. Passei mal e fui para o hospital. Depois de sair do hospital, ao retornar pro circo da Chiquinha, dediquei toda aquela temporada a ele!

Pedro: Se pudesse mandar um recado para Chespirito, o que diria?

Maria Antonieta: Primeiro, agradeceria a ele por ter me dado a oportunidade de trabalhar com ele com toda sua equipe e em segundo para que ele parasse com toda essa briga judicial comigo!

Pedro: Posso fazer um pedido?

Maria Antonieta: Claro!

Pedro: Vai lá no andar de baixo e chama a Chiquinha pra conversar comigo, ta?

Maria Antonieta: Imediatamente!

Maria Antonieta sai e depois de 40 minutos retorna como Chiquinha.

Pedro: Ela ta demorando muito...

Chiquinha: Olá!

Pedro: Chiquinha! Como você está?

Chiquinha: Muito bem, pois é, pois é, pois é!

Pedro: Me fala uma coisa, como está o Chaves?

Chiquinha: Muito bem! Imagina que outro dia estávamos brincando e...

Pedro: O que foi? Por que ficou quieta?

Chiquinha: É que eu não sei falar português e os meus amiguinhos do Brasil não vão me entender, ué, ué, ué, ué, uééééééé!

Pedro: Não se preocupa, que você tem uma amiga no Brasil que faz todos entenderem você!

Chiquinha: Verdade?

Pedro; Sim, pois é, pois é, pois é!

Chiquinha: Mas como ela se chama?

Pedro: Cecília! Manda um beijo pra ela!

Chiquinha: Cecília, gosto muito de você e espero que um dia possamos estar juntas!

Pedro: Outra coisa, como é o seu relacionamento com o Kiko?

Chiquinha: É só problemas! Ele sempre vem me perturbar com aquelas bochecas de buldogue velho e por culpa dele, Dona Florinda vive batendo no meu papazinho!

Pedro: Fiquei sabendo que naquela vila rola uma paixão pelo Chaves!

Chiquinha: Sim! Meu amor é o Chaves, mas quando a Paty chega ele nem dá bola pra mim, pois é, pois é, pois é!

Pedro: Para encerrar, mande um recado para todos os seu fãs do Brasil!

Chiquinha: Eu....amo....todos...crianças...do...Brasi(u)l. Obrigada!

Share this post


Link to post
João

Nossa, essa fanfic de uma entrevista ficou muito boa!

Parabéns, mesmo! Muito bem feita...

Share this post


Link to post
Zenon CH

adorei a entrevista,parabens.O ruim é q parece que ninguem leu o meu. :(:unsure:

Share this post


Link to post
João
adorei a entrevista,parabens.O ruim é q parece que ninguem leu o meu. :(:unsure:

Nem o meu!

EM BREVE:

Os ladrões assaltam um trem/O revolvinho do Chaves (1973)

:D

Share this post


Link to post
El Chavo del 8

Pessoal eu estou preparando um filme do Chaves que vou postar aqui, ele será dividido em 4 atos.

O primeiro eu vou postar ainda está semana, portanto aguardem...

Share this post


Link to post
El Chavo del 8

Pessoal terminei a primeira parte do filme que eu estou fazendo, vou posta-la aqui.

Por favor leiam ela e dê opiniões.

Chaves – O filme

1º Ato – Edifício Barriga y Pesado

Tudo estava calmo na vila do Chaves! Quico estava brincando, no pátio, com os seus carrinhos que acabara de ganhar da sua mãe. De repente chega o Chaves brincando com o seu carrinho feito com uma caixa de sapatos. O Chaves fica admirado vendo o Quico brincando com aqueles carrinhos tão bonitos. Então ele pergunta:

CHAVES: Eu posso brincar ?

QUICO: Sim, Chavinho

CHAVES : Eu não queria mesmo..., disse que sim?

QUICO: Mas é claro.

CHAVES: Zás, zás, e daí nós brincávamos e depois eu comia um sanduíche de presunto e zás,...mas, é estranho você me emprestar alguma coisa, sempre diz que não!

QUICO: É que a minha consciência diz que eu devo ajudar aos meninos que não tem nem onde cair morto, mas eu só deixo você brincar com uma condição...

CHAVES: Qual ?

QUICO: Que eu brinque com os meus carrinhos, e você brinca de me assistir brincando.

CHAVES: Não pois assim não vale, você tinha que me emprestar algum brinquedo seu pra eu brincar também.

QUICO: Está bem Chaves, eu te empresto um brinquedo meu ( Quico tira uma das rodas de seu carrinho e dá para o Chaves) toma.

CHAVES: Ah, é assim é, então veja o que eu faço com isso...

QUICO: Não, Chaves!!!!

Chaves joga a rodinha do carrinho do Quico, sem perceber que o Seu Barriga estava entrando na vila...

PAM!!!!!

A rodinha havia entrado dentro da boca do senhor barriga.

CHAVES : Nossa!!!!Não é atóa que está gordo, até o pneu do seu carrinho ele come...

QUICO: Mas é claro, de onde você acha que ele tira esses pneuzinhos?

O Seu Barriga se irrita:

SEU BARRIGA: Chega!!!!E você Chaves, era só isso que faltava me tacar, uma rodinha de um carrinho.

CHAVES: Não é verdade, eu ainda não te joguei um pneu de trator, e também não joguei...

SEU BARRIGA: JÀ BASTA!!!!QUICO.

QUICO : O QUE È ?

SEU BARRIGA: A sua mãe está em casa?

QUICO: Dá parte de quem?

SEU BARRIGA: De quem você acha?

QUICO: Bom,...não seria do barriga de aluguel, hihihirororororo...

SEU BARRIGA: Ela está ou não ESTÀ

QUICO: NÃO ESTÀ!

SEU BARRIGA: Não grite comigo.

QUICO: EU GRITO COM QUEM ME DER NA TELHA ( Quico percebe a cara de raiva do Seu Barriga), quer disser,...é que ela está no retaurante.

SEU BARRIGA: Ah,...fugindo pra não pagar o aluguel, não é ?

QUICO: A minha mãe paga o aluguel pontualmente, e se por algum motivo ela está fugindo de você, é pra não ter que olhar pra essa pança terrivelmente gorda que você tem.

SEU BARRIGA: O QUE FOI QUE DISSE ?

QUICO: Ah, nada...com licensinha.

Quico vai correndo pra sua casa. O sr. Barriga se dirige ao Chaves

SEU BARRIGA: E você ?

CHAVES: O que, o que?

SEU BARRIGA: Não se faça de tonto Chaves,...toda vez que eu venho a essa vila você me recebe com um golpe, o que eu tenho pra merecer isso ?

CHAVES: Tem azar !

SEU BARRIGA: Ah...então a culpa é minha...

CHAVES: Mas claro você chega sem avisar com todo esse volume, o que eu vou fazer, né...se você avisa-se eu...

SEU BARRIGA: JÀ BASTA...você fala, fala como se fosse um disco quebrado!

CHAVES: É que ninguém tem paciência comigo.

SEU BARRIGA: Ahh,...deixa eu ir cobrar o aluguel do seu Madruga pra ganhar o tempo que perdi com você e o Quico.

CHAVES: Uhh,...ganhar tempo cobrando o aluguel do Seu Madruga, você vai é perder tempo.

Seu Barriga vai até a casa do Seu Madruga e bate três vezes na porta. A Chiquinha abre a porta:

CHIQUINHA: Ah, senhor Barriga, não me diga que veio cobrar o aluguel.

SEU BARRIGA: Ah, o que mais eu ia vim fazer aqui, hem ?

CHIQUINHA: Nada, apenas perder tempo...

SEU BARRIGA: O que ?

CHIQUINHA: Aha, ehe,..você veio cobrar o aluguel do meu pai não é?

SEU BARRIGA: Sim, ele está ?

CHIQUINHA: Dá parte de quem ?

SEU BARRIGA: OUTRO,...ele está ou não está ?

CHIQUINHA: Bom depende, se fosse outra pessoa ele está, agora se for você ou a mamãe do Quico, ele viajou pro Pólo Norte e não volta tão cedo.

SEU BARRIGA: Olha para de brincadeira e vai chamar o seu pai.

CHIQUINHA: Ta bem,...PAPAI JÀ CHEGOU O BARRIL DE CHOPE !!! Senhor Barriga não quer entrar pra esperar, acho que ele está no banheiro.

SEU BARRIGA: Sim...ah espere.

Desta vez o senhor Barriga pensou melhor, pois sempre que ele entrava para esperar o Seu Madruga, ele fugia pela janela.

Desta vez ele se dirigiu até a janela, e não deu outra, o Seu Madruga estava escondido atrás da cortina.

Então o Seu Barriga estendeu a mão e disse:

SEU BARRIGA: Pague o aluguel.

--------------------------------------------------------------------------

Mas tarde na casa do Seu Madruga, o Sr. Barriga estava tentando cobrar o aluguel do seu inquilino mais caloteiro, os dois estavam sentados á mesa discutindo seriamente o assunto:

SEU BARRIGA: Então estava mandando sua filha me despistar para fugir pela janela...

SEU MADRUGA: Não senhor, eu só ia,...eu só ia a venda da esquina comprar umas coisinhas, você sabe como é, não...

SEU BARRIGA: Não senhor, você ia fugir, eu te peguei com a mão na massa.

SEU MADRUGA: Com que mão? Em que massa ? Se eu nem sei fazer pão, nem nada...

SEU BARRIGA: Quer disser que eu te peguei em fragrante.

SEU MADRUGA: Pegou aonde ?

SEU BARRIGA: Ora Seu Madruga, não se faça de desentendido, pensa que eu sou burro ?

SEU MADRUGA: É pra responder ? (Então ele repara na cara de bravo do Seu Barriga) ....acho melhor não...

SEU BARRIGA: Alem do mais, por que ia sair da sua casa pela janela ?

SEU MADRUGA: Ora,...como porque, se você estava tampando a porta com todo esse volume, digo,digo...

SEU BARRIGA: Não precisa disser nada, eu sei porque estava saindo pela janela,...para não ter que pagar os quinze meses de aluguel que me deve...

SEU MADRUGA: Como quinze meses, eu sempre devi catorze meses de aluguel, e vou continuar a dever catorze...

SEU BARRIGA: Acaba de completar quinze hoje.

SEU MADRUGA: Completa quinze hoje, nossa senhor Barriga,... então vamos esperar interar vinte, que eu prometo que pago tudo de uma vez.

SEU BARRIGA: Como é, que é ? Você vai me pagar tudo o que deve quando interar vinte meses ?

SEU MADRUGA: Não, vinte anos.

SEU BARRIGA: Ah,...eu já estava imaginando, que era uma mentira, mas saiba de uma coisa, quando fazer vinte anos de alugueis atrasados que você me deve, você não estará mais aqui.

Seu Madruga engole em seco. Enquanto isso o Chaves e a Chiquinha ouviam a conversa pela janela.

SEU MADRUGA: Quer disser que o senhor está me despejando da vila, depois de tanto tempo que eu lhe devo barriga senhor aluguel, digo, depois de tanto tempo que eu lhe devo aluguel senhor Barriga...

SEU BARRIGA: Mas eu não estou despejando somente você, mas sim toda a vila.

SEU MADRUGA: Como é, toda a vila não lhe paga o aluguel,... mais eles são uns caloteiros, uns...

SEU BARRIGA: Não, não é nada disso, acontece que eu vou demolir a vila e construir um edifício no seu lugar, uns sócios estrangeiros me convenceram a fazer isso, já que a vila não dá mais tantos lucros assim, pois tem muitas coisas em mal estado, e sem contar os alugueis atrasados de certas pessoas...Enfim, eu vou ter mais lucro com um edifício, e os meus sócios fizeram umas parcerias entre si e vão ajudar na construção.

SEU MADRUGA: Mas você teria coragem de deixar tantas pessoas na rua ?

SEU BARRIGA: Bom, eles podem encontrar outro lugar para viver.

SEU MADRUGA: Claro, você acha muito fácil,... mais pense melhor seu Barriga, vale a pena vender a vila ?

SEU BARRIGA: Claro que sim, tanto é que eu não gastarei quase nada, os meus sócios vão entrar com tudo, e fica pra mim a tarefa de escolher o nome do edifício...

SEU MADRUGA: Ah, então quer disser que eles constroem o edifício e você entra com a barriga, sr. nome,digo,digo, eles constroem o edifício e você entra com o nome. E qual nome você escolheu ?

SEU BARRIGA: Edifício Barriga y Pesado !

SEU MADRUGA: hahahahaha...edifício,hahahahaha, barriga y...hahahahahaha...

SEU BARRIGA: Qual é a graça ?

SEU MADRUGA: Nada, nada (ficando serio)

SEU BARRIGA: Bom, então é isso, eu tenho que avisar os outros inquilinos sobre o caso, e é melhor você ir arrumando as suas coisas, pois amanhã mesmo todos vão ter que deixar a vila.

Chaves e Chiquinha se afastaram da janela, já haviam ouvido o suficiente. Aquela noticia era terrível !

CHIQUINHA: Ouviu o que o Seu Barriga disse Chaves ?

CHAVES: Sim, já inventaram um prédio pra gordos como ele.

CHIQUINHA: Não é sobre isso que estou falando,... o Seu Barriga vai demolir a vila.

CHAVES: Sim,...pipipipipipi....

CHIQUINHA: buébuébuébuébué !!!!

O Quico chega no pátio e fica sem entender porque o Chaves e a Chiquinha estão chorando.

Então pergunta:

QUICO: O que houve ? Por que estão chorando ?

Mas o Chaves e a Chiquinha nem dão bola pra ele

CHAVES: pipipipipipi....

CHIQUINHA: buébuébuébuébué !!!!

QUICO: Eu perguntei porque estão chorando.

CHAVES: pipipipipipi....

CHIQUINHA: buébuébuébuébué !!!!

O Quico começa a se irrita:

QUICO: Eu perguntei porque estão chorando.

CHAVES: pipipipipipi....

CHIQUINHA: buébuébuébuébué !!!!

O Quico explode:

QUICO: Ah,...CALEM-SE, CALEM-SE, CALEM-SE, QUE VOCÊS ME DEIXAM LOOOOUCO!

Chaves e Chiquinha se entreolham e falam:

CHAVES E CHIQUINHA: Tá bom mas não se irrite.

QUICO: Que não se irrite o que eu só queria saber porque vocês estavam chorando e vocês...

CHAVES: Então você não soube ?

QUICO: Não !!!!

CHIQUINHA: Acontece que o sr. Barriga vai demolir a vila.

QUICO: O seu Barriga vai demolir a vila,aharaharaharahar...

Quico sai da vila correndo, Chiquinha e Chaves o seguem.

--------------------------------------------------------------------------

Chaves e Chiquinha seguiram o Quico até o restaurante da Dona Florinda.

Chegando lá a mamãe do Quico estava servindo a mesa quatro com deliciosos pães doces.

Então o Quico disse:

QUICO: Mamãe o Seu Barriga vai demolir a vila!

Mas a Dona Florinda nem o deu atenção e continuou servindo a mesa

QUICO: Mamãe, eu estou dizendo que o Seu Barriga vai vender a vila...

Mas novamente a Dona Florinda nem o deu atenção.

DONA FLORINDA: Aqui está os pãezinhos...

QUICO: Mamãe.

DONA FLORINDA: Daqui a pouco eu trago a conta viu...

QUICO: MAMÂE JÀ FAZ MEIA HORA QUE QUERO TE DIZER QUE O SENHOR BARRIGA VAI DEMOLIR A VILA, E VOCÊ NEM ME DÀ ATENÇÃOOOOO,...e tudo por culpa sua ( Quico se dirige ao senhor sentado a mesa, então ele pega um pão e enfia dentro da boca do homem) come tudo, come, e vê se não fica MAIS INTERROMPENDO....

DONA FLORINDA: TESOURO.

QUICO: MAMÃE.

DONA FLORINDA: Tesouro.., se você tinha que me falar alguma coisa era só me chamar pra ir até a cozinha,...vem vamos lá, ah...e ao senhor me desculpe...

O senhor deu uma ultima olhada feia para a Dona Florinda, e começou a devorar o se pão.

Quico e Dona Florinda foram até a cozinha, e a Chiquinha e o Chaves os seguiram.

Chegando na cozinha a Dona Florinda percebeu a presença da Chiquinha e do Chaves, então perguntou:

DONA FLORINDA: E vocês ? O que vieram fazer aqui?

CHIQUINHA: Nada!!!É que como não tínhamos nada pra fazer, resolvemos vim aqui neste botequim...

DONA FLORINDA: Que botequim, é restaurante!!!!

CHIQUINHA: Mas já foi um botequim.

DONA FLORINDA: Disse muito bem,...já foi um botequim...

CHIQUINHA: Por isso,... a primeira impressão é a que fica.

DONA FLORINDA: Ah, JÀ CHEGA, tesouro o que você tem de tão importante pra me disser?

QUICO: Ah, mamãe...é que o senhor Barriga vai demolir a vila.

DONA FLORINDA: Ah, é só isso eu pensei que,...o que disse?

QUICO: Que o senhor Barriga vai demolir a vila.

DONA FLORINDA: Está falando serio tesouro?

QUICO: Sim, mamãe.

DONA FLORINDA: Puxa!!!É que isso, não entra na minha cabeça...

CHIQUINHA: É a idade.

DONA FLORINDA: Ahh...tá vendo tesouro por um lado não vai ser tão ruim nós sairmos da vila, pra nos livrarmos dessa gentalha, eu sempre soube que um dia, nós sairíamos da vila...

CHAVES: Pena que não foi mais cedo, né.

DONA FLORINDA: Entende agora né tesouro, é duro conviver com a gentalha quando somos gente da alta...

QUICO: Não, mamãe...você não está alta, pelo contrario, está bem encurvadinha e...

DONA FLORINDA: TESOURO!!!O que eu quero disser é que nós somos pessoas de alta categoria..., mas e agora onde vamos morar?

QUICO: É mesmo mamãe, agora sem ter lugar pra morar nós passamos pra classe baixa...

DONA FLORINDA: Mas nós não podemos deixar isso acontecer, temos que nó reunir e tomar uma decisão.

-------------------------------------------------------------------------

Mas tarde, todos estavam reunidos na casa do Seu Madruga, em volta da mesa para discutir o problema, entre eles estavam o Seu Madruga, a Dona Florinda, o Professor Jirafales, a Dona Clotilde e o Jaiminho. O Chaves a Chiquinha e o Quico brincavam com uma bolinha no chão. Então o professor fala:

PROFESSOR JIRAFALES: Bom, todos devem saber que estamos reunidos aqui para solucionar o caso da demolição da vila.

SEU MADRUGA: Sim, mas eu não sei se vai adiantar alguma coisa, o senhor Barriga está decidido.

DONA CLOTILDE: Mas é uma barbaridade o que o senhor Barriga vai fazer com todos esses inquilinos que já estão aqui a tanto tempo.

DONA FLORINDA: É, mas de todos nós você foi a ultima a chegar aqui.

QUICO: Mas por outro lado, foi a primeira a chegar na fila da distribuição de feiúra!

DONA CLOTILDE: Como é? Hum, e você chegou tarde na distribuição de cérebro, não é?

QUICO: Isso é uma grande mentira, eu nem tava lá.

DONA CLOTILDE: Mas por outro lado, você passou duas vezes na vila da distribuição de bochecha!

DONA FLORINDA: Ora essa, e a senhora o que tem ver...

Todos começaram a discutir e falar alto, até que o Seu Madruga se irritou:

SEU MADRUGA: SILENCIO!!!!Nós estamos aqui pra resolver um problema, e não criar outro.

DONA FLORINDA: Ora essa, e logo você vai falar de resolver problemas...

SEU MADRUGA: E o que tem isso a ver?

DONA FLORINDA: Ora, você nunca paga o que deve pro senhor Barriga, e por isso a vila está dando prejuízos pra ele.

SEU MADRUGA: Escute aqui minha senhora...

PROFESSOR JIRAFALES: Sua o que ?

SEU MADRUGA: Quer disser, escute aqui senhor do mestre lingüiça...

PROFESSOR JIRAFALES: TÀ,TÀ,TÀ,TÀ,TÀ!!!O meu nome é Jirafales.

CHAVES: É mais carinhosamente nós o chamamos de mestre lingüiça.

CHIQUINHA: Sim pois nós o queremos muito!!!!

SEU MADRUGA: Ta, ta bom, agora escute aqui Dona Florinda, se eu não pago o aluguel para o seu Barriga, é simplesmente porque não tenho dinheiro.

DONA FLORINDA: Mas é claro, você não tem nem onde cair morto.

CHIQUINHA: Isso não é verdade!!!! Não se preocupe papai, quando você morrer, eu quebro o meu porquinho pra lhe comprar um caixãozinho.

PROFESSOR JIRAFALES: Ta bem, agora o que importa é resolver o problema da vila. Hem,...Jaiminho porque não nós dá sua opinião sobre isso?

JAIMINHO: Ah, professor...é que eu prefiro evitar a fadiga...mas eu só digo uma coisa, se alguém quiser um ótimo lugar para morar eu posso recomendar um.

SEU MADRUGA: Verdade, qual?

JAIMINHO: Tangmandapio!!!Um povoado de onde eu venho, lá tem um vilarejo muito bonito, em cima de montanhas cobertas de neve, há também arvores imensas com folhas verde esmeraldas, (Quico começa a se irritar) E quando anoitece o lugar fica ainda mais bonito, todas as flores, as arvores, e os lagos então um mais bonito que o outro ( Quico fica bravo) e também...

QUICO: CALE-SE, CALE-SE, CALE-SE QUE VOCÊ ME DEIXA LOOOOUCO!!!

JAIMINHO: Mas eu só tava dando a minha opinião, porque Tangmandapio é...

TODOS: Ahhhh....

SEU MADRUGA: O que acontece é que você já nos falou muitas vezes de Tangmandapio, que até parece que eu a conheço sem ir lá...

PROFESSOR JIRAFALES: Muito bem, agora vamos prosseguir sem interrupções. Muito bem, alguém sabe porque o senhor Barriga resolveu demolir a vila...

SEU MADRUGA: Sim, eu sei, ele me disse que vai demolir a vila para construir um edifício em seu lugar.

QUICO: A bom, eu pensei que era porque ele já não passava mais pela porta da vila...

Em quanto isso lá fora, o senhor Barriga passava pelo pátio quando ouviu os barulhos de conversa na casa do Seu Madruga, então foi espiar pela janela.

PROFESSOR JIRAFALES: Então quer dizer que o senhor Barriga vai vender a vila para construir um edifício em seu lugar.

CHAVES: Isso,isso,isso!!!!

DONA CLOTIDE: Então, ele deve estar sem dinheiro, e os negócios da vila não devem estar muito bons...

SEU MADRUGA: Espera, ta ai a solução, porque você não faz uma bruxaria e faz aparecer dinheiro para o Seu Barriga? Assim ele não vende a vila...

DONA CLOTILDE: Como é, quer disser que até você está me chamando de bruxa.

SEU MADRUGA: Não, não, é que as crianças vivem dissendo isso que eu já nem sei em quem acreditar...

PROFESSOR JIRAFALES: Bem já chega, eu chegue a conclusão de que se o senhor Barriga vai demolir a vila por condições econômicas, nós não podemos fazer nada, ele sabe o que é melhor pra ele.

SEU MADRUGA: Tem toda razão mestre lingüiça...

PROFESSOR JIRAFALES: O que disse?

SEU MADRUGA: Nada.

PROFESSOR JIRAFALES: Não se faça de tonto...

CHAVES: Não, não o Seu Madruga não precisa se fazer de tonto, com essa cara ele parece...

O Seu Madruga olha bravo para o Chaves.

CHAVES: É que me escapuliu.

SEU MADRUGA: É que me escapuliu. (Imitando o Chaves), espera só até a saída...

DONA FLORINDA: Bem, então se não á outro modo, já podemos encerrar a reunião.

PROFESSOR JIRAFALES: Sim, já podemos encerrar a reunião, com a triste conclusão, de que teremos que abandonar a vila.

O senhor Barriga se afasta da janela, com um expressão triste ele dá uma ultima olhada na vila e vai embora...

CONTINUA....

Share this post


Link to post
Guest Vini Cuca

Puxa

Mo preguiça de ler...

Soh li a entrevista

Fikou bem legal

Mas parece mtu c a entrevista c o Nélio Jr.

Share this post


Link to post
El Chavo del 8

Ninguem leu a minha fanfic ?

Tá bom que ela não está uma coisa que se diga minha nossa mais que fanfic, mas...

Share this post


Link to post
Zenon CH
Ninguem leu a minha fanfic ?

Tá bom que ela não está uma coisa que se diga minha nossa mais que fanfic, mas...

eu começei a ler o seu e li uma boa parte,eu editei o meu pra ficar menor,sugiro q faça o mesmo com o seu de depois vc colocar a outra parte.

Por favor eu to lendo o seu v se le o meu ok.

Share this post


Link to post
Tiago

uma fanfic que tinha feito (as minhas não tem costume de ser enormes)

Chapolim: O Mistério da Casa

Chapolim (Chp),Florinda (Flo),Carlos (Car),Angelinez (Ang) e Ruben (Rub).

Ano:1974

Primeiro bloco

Florinda e Carlos sentados num banco,percebem uma casa um tanto estranha e resolvem entrar.

Car:Vamos entrar ?

Flo:está louco!

Car:Não,eu estou curioso para saber o que tem nela

Flo:tá bem,mas isso tá lembrando uma casa mal assombrada

então eles entram e vêem móveis muito sujos,Florinda sopra o pó e vai tudo na cara dela,então aparece uma mulher que avisa:

Ang:se vocês não saírem daqui em 5 minutos nunca mais sairão

então eles tentam abrir a porta para sair,mas a porta estava chaveada.

Flo:Oh e Agora quem poderá nos defender!

Chp:Eeeuuu

em seguida ele cai em cima de um esqueleto

Chp:Ai minha santa mãezinha

Segundo bloco

Chp:Por que me chamaram ?

Flo:é que uma senhora nos ameaçou,se nós naão sairmos dessa casa não saíremos mais

Chp:Mas no caso por que não saem ?

Flo:porque a porta está chaveada

Chp:Nossa!

então de repente batem na porta e eles abrem e vêem um homem alto.

Rub:por acaso esta aqui não é a casa que estão vendendo ?

Car:estão vendendo esta casa ?

Rub:acho que sim

então uma bruxa aparece na frente deles,vendo isso o homem sai correndo.

e como de costume a coragem do Chapolim cai e abaixam suas anteninhas.

Bloco Final

Ang:ahahaha,saiam daqui

então Chapolim sai correndo e dá de cara com a porta

então num momento de discuido da Bruxa,Chapolim pega sua marreta e bate na vassoura e a Bruxa cai,e antes de continuar a dar marretadas,ela confessa:

Ang:Calma,Chapolim,eu fiz coisas assustadoras porque não quero que comprem a minha casa

Flo:Mas você não queria vender ela ?

Ang:Não,quem colocou para vender foi o meu filho que fez isso contra a minha vontade

Car:Sim senhora,mas a gente nem sabia que ele estava para vender,nós entramos porque achamos uma casa meio estranha,e achamos que teria coisas diferentes nela.

Chp:bom,como está tudo resolvido

Chp:Sigam me os bons

ele sai da casa pela porta da frente que neste momento já estava aberta.

desculpem se for propaganda,mas se alguem que gosta de ver fanfics,aqui está meu blog Blog do Chapolim

Share this post


Link to post

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...