Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
JoãoB

Carlos Villagrán vem ao Brasil para pré-estreia de filme e dá entrevista no The Noite

Recommended Posts

JoãoB
NOTÍCIAS

Carlos Villagrán, o Quico do ‘Chaves’, vem mais uma vez ao Brasil

602x0_1454367710.jpg

Carlos Villagrán, o Quico do seriado Chaves, estará no Brasil na próxima semana. Desta vez, o ator vem para a pré-estreia do filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola. O evento acontecerá em São Paulo, no Shopping Pátio Paulista, na quarta-feira (dia 4). A pré-estreia também contará com a participação de Danilo Gentili, do diretor Fabrício Bittar e dos protagonistas Bruno Munhoz e Daniel Pimentel.  No dia seguinte, Villagrán irá atender a imprensa em um hotel no Itaim Bibi.

Além da pré-estreia, o ator irá conceder uma entrevista no The Noite com Danilo Gentili, no SBT. A entrevista tem como objetivo divulgar o filme. Segundo informações obtidas pela TV Foco, a entrevista deverá ir ao ar no dia 11 de outubro, véspera da estreia do filme no Brasil. Esta será a segunda vez em que Carlos Villagrán estará no The Noite. Em outubro de 2014, o ator deu uma entrevista no programa, em que falou sobre sua relação com Ramón Valdés, o Seu Madruga, e com o futebol.

Como se Tornar o Pior Aluno da Escola  é uma adaptação do livro de Danilo Gentili. O filme conta a história de dois estudantes chamados Bernardo e Pedro, que estudam em uma escola que adota medidas politicamente corretas. Um dia, Pedro encontra no banheiro um diário com dicas para instalar o caos na escola sem ser notado. No filme, Villagrán interpreta o diretor da escola, chamado Ademar. O filme foi filmado no segundo semestre do ano passado. A estreia será no dia 12 de outubro.

Resultado de imagem para como se tornar o pior aluno da escola poster

Fontes: http://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2017/09/30/carlos-villagran-o-quico-do-chaves-vem-ao-brasil-para-pre-estreia-de-filme/

http://www.otvfoco.com.br/importante-personagem-chaves-gravara-o-noite-com-danilo-gentili/amp/

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Cleberson

Carlos e Edgar ja viraram arroz de festa no Brasil

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Chapolin

Sinceramente, eu só vou assistir esse filme por causa da participação do Carlos Villagrán :P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Marcelo Jungbluth

O Carlos e o Edgar praticamente moram no SBT. :lol:

Mas acho que verei esse The Noite só no Comedy Central.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Professor Inventivo
5 horas atrás, Chapolin disse:

Sinceramente, eu só vou assistir esse filme por causa da participação do Carlos Villagrán :P

Eu digo o mesmo!

3 horas atrás, Marcelo Jungbluth disse:

O Carlos e o Edgar praticamente moram no SBT. :lol:

Mas acho que verei esse The Noite só no Comedy Central.

E eu vou ver no youtube mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
JoãoB

Eu também só vou assistir o filme por causa do Carlos Villagrán.

Pelo trailer, o filme não me pareceu bom, mas só vai dar pra ter certeza quando assistir.

O Villagrán postou no facebook dele fotos e vídeos da pré-estreia e da entrevista com a imprensa. Aí está:

 

 

 

 

Olhem isso:

Imagem

Encontro bacana. :)

 

Pode até não ser mais novidade, mas é sempre bom o Carlos no Brasil. O pessoal adora ver ele aqui, acho que no Brasil ele tem mais fãs do que o Chespirito.  

Editado por JoãoB

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Chapolin

Aqui no Brasil eu acho que o Carlos e o Ramón tem mais fãs do que o Chespirito mesmo :ponder:

Aqui no Brasil a maioria adora os personagens Quico e Seu Madruga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
JoãoB
NOTÍCIAS

Depois de 40 anos, Villagrán aposenta Quico: "Deus perdoa, o tempo não"

10/10/2017

Em entrevista para o site da UOL, o ator Carlos Villagrán, o Quico do Chaves, falou que gostou muito de fazer o filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, que estreia nos cinemas nesta quinta-feira (12). Chegou a admitir alguma dificuldade com o português. Falou da emoção ao interpretar o diretor Ademar. E Carlos também disse que está se aposentando do personagem Quico: "Deus perdoa, o tempo não". O ator sonha em criar um talk show onde entrevistará jogadores de futebol. 

Mais informações:  http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2017/10/10/astro-de-filme-de-gentili-quico-se-aposenta-deus-perdoa-tempo-nao.htm?cmpid=copiaecola

Será que o Carlos agora para mesmo? Ele já anunciou a aposentadoria algumas vezes antes e sempre continuou. :ponder:Nesse link do UOL tem um vídeo da entrevista que fizeram com o Carlos.

Mais algumas pessoas da imprensa também entrevistaram ele por causa do filme:

 

 

 

Editado por JoãoB

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Chapolin

Realmente o grande astro do filme, é o Carlos Villagrán :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Chapolin

Como não é uma citação à CH, e sim falando do filme, resolvi postar aqui neste tópico:

O Carlos aparece a partir de 4:12 :joinha:

Editado por Chapolin

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
JoãoB

Mais algumas entrevistas que fizeram com o Carlos:

 

 

E o site do SBT divulgou essa notícia:

NOTÍCIAS

Carlos Villagrán visita The Noite para falar como é experiência de viver em filme personagem diferente do Quico

José Eustáquio Jr.

quarta-feira, outubro 11, 2017

Programação

Nesta quarta-feira, 11 de outubro, Danilo Gentili recebe no The Noite o ator e comediante Carlos Villagrán, o eterno Quico do Chaves. Ele fala na entrevista sobre a experiência de ter feito o diretor Ademar Melquior no filme “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” e como foi interpretar outro personagem que não fosse o Quico do Chaves.
 
 
Carlos%2BVillagran_Quico%2Bdo%2BChaves_Foto%2BLourival%2BRibeiro_SBT%2B%252861%2529%2B%2528Copy%2529.jpg
 Foto: Lourival Ribeiro/SBT
 

“Dizem que eu sou uma lenda. Agora, faço um diretor de escola. Foi muito emocionante para mim fazer outro personagem”, conta. Ele relembra momentos marcantes de sua história e carreira e revela curiosidades de bastidores da época do seriado que o consagrou: “Achavam que era algodão, esponja, frutas, bola de ping pong. E sempre foi o ar”, diz ele sobre as bochechas infladas de Quico.
 
THE NOITE
Nesta quarta, logo após o Programa do Ratinho

Já são 22h38, daqui há pouco é a entrevista no The Noite.

Lá no facebook, pelo que eu estou vendo, tem muita gente que acha que o filme é ruim e só vai assistir por causa do Carlos. Eu estou incluído. :P

Editado por JoãoB
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Cleberson

E Como sempre nada de novo na entrevista

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Chapolin

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
JoãoB

 

 

Algumas críticas que fizeram do filme:

Omelete: https://omelete.uol.com.br/filmes/criticas/como-se-tornar-o-pior-aluno-da-escola/?key=137306

Folha: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/10/1926482-escatologia-e-palavrao-em-comedia-com-danilo-gentili-nao-fazem-rir.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha

Cine Sideral: https://www.cinesideral.com.br/critica-como-se-tornar-o-pior-aluno-da-escola/

Tarja Nerd: http://www.sitetarjanerd.com.br/2017/criticas/critica-filmes/como-se-tornar-o-pior-aluno-da-escola-2017│critica/

UOL: http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2017/10/12/incomodo-filme-de-danilo-gentili-deixa-no-chinelo-peladao-do-museu.htm?utm_content=geral&utm_campaign=twt-uol&utm_source=t.com&utm_medium=social

Cosmo Nerd: http://cosmonerd.com.br/cinema/review/como-se-tornar-o-pior-aluno-da-escola│critica/

 

Falando nisso, eu assisti o filme ontem (dia 12) e escrevi uma crítica. Enviei para um site, estou aguardando para ver se publicam. Mas vou coloca-la aqui:

     

Comédia tem bons elementos, mas sua mensagem não é tão bem transmitida.

1ª de fevereiro de 2016. Carlos Villagrán, o Quico do Chaves, assina o contrato para atuar no filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, adaptação do livro de Danilo Gentili. O anúncio aumenta as expectativas em torno do filme. Como seria ver Carlos Villagrán num filme nacional? Como seria o filme como um todo? Qual proposta Danilo Gentili e o diretor Fabrício Bittar pretendiam trazer para o filme? Como seria a reação do público?

12 de outubro de 2017. Como se Tornar o Pior Aluno da Escola estreia nos cinemas de todo o Brasil e as perguntas anteriores finalmente poderão ser respondidas. No filme, dois estudantes, chamados Pedro e Bernardo, estudam em uma escola que adota medidas politicamente corretas. Pedro começa a tirar notas baixas e fica ameaçado de reprovar de ano. Um dia, ele encontra no banheiro um caderno de um ex-aluno, que ensina como colar nas provas e como estar sempre por cima dos outros na escola. Bernardo e Pedro partem então atrás do dono do caderno para lhe pedir ajuda. É o começo do caos na escola e das tentativas de Pedro de colar para conseguir passar de ano.

Vendo o filme e acompanhando as entrevistas que o diretor e o elenco deram na pre-estreia em São Paulo, fica claro que o longa tem como proposta falar da vida na escola e, ao mesmo tempo, ser uma comédia. A ideia que o filme passa, principalmente através do personagem de Danilo Gentili, é que não se deve ficar tão preso aos ensinamentos da escola porque ela não determina como será a vida adulta dos estudantes. Assim, Bernardo e Pedro deixam de seguir as regras da escola e passam a colar e a praticar o bullying no ambiente escolar para se dar bem. Dessa forma, o filme usa muitas situações que são politicamente incorretas para mostrar a mensagem que pretende. Ao mesmo tempo, tenta passar comicidade nessas situações – caracterizando o filme como uma comédia.

A proposta é até interessante, mas a fórmula que o filme usa para passa-la não é tanto. Ainda que a intenção do filme seja usar do politicamente incorreto mesmo, alguns questionamentos mínimos cabem: é preciso recorrer ao bullying para se dar bem no ambiente escolar e na vida? Acredito que não. O próprio Carlos Villagrán, falando sobre o filme numa entrevista para o canal “O Que tem na Nossa Estante”, disse que bullying não devia existir. O filme até poderia usar de situações politicamente incorretas, mas não precisava necessariamente incitar a prática do bullying. Outro detalhe é que o filme dá a entender que, ao ir contra o que nos deixa infelizes na escola, vamos ter uma vida adulta onde só fazemos o que gostamos, e não é bem assim. Em alguns momentos todos terão que fazer algo que não gostam, isso também é nos ensinado na escola. Como disse a Camila Sousa do site “Omelete” em sua crítica, o filme poderia ter simplesmente não se preocupado em passar uma mensagem e ter mostrado somente as aventuras de Bernardo e Pedro tentando passar de ano – com isso, o longa teria evitado esses problemas.

No quesito atuações, Daniel Pimentel e Brunno Munhoz vão bem como os protagonistas, mas os grandes destaques são Danilo Gentili, Moacyr Franco e Carlos Villagrán. Os três demonstram grande talento em cena, vivendo cada situação e ficando totalmente entregues aos seus personagens. Villagrán, cuja participação era cercada de expectativa, vai muito bem como o diretor Ademar. Em entrevistas, o ator comentou que sentiu dificuldade com o português. É possível perceber isso no filme em alguns pequenos momentos, mas Carlos também demonstra grande dedicação para falar bem a língua. Mesmo nos poucos momentos em que não se entende direito o português, é possível compreender a intenção das falas e do personagem – algo que só um ator com grande talento, como o Carlos Villagrán, conseguiria fazer. Vê-lo em um papel tão diferente do Quico é um atrativo a mais para o filme.

No quesito técnico, o filme tem um visual muito bem feito, chegando a parecer um filme americano dos anos 1980. A trilha sonora é impecável. E destaque para a cena da perseguição de carro, a mais elaborada e bem feita de todo o filme.

De uma forma geral, Como se Tornar o Pior Aluno da Escola é um filme que tem elementos positivos mas erra principalmente na mensagem que quer passar e seria um mal exemplo para muitos. Por ser tão politicamente incorreto (mesmo sendo essa a intenção), só é possível aproveitá-lo se deixar isso de lado. Do contrário, o melhor é lembrar do que Fábio Porchat disse no trailer: “eu abomino este filme. Acho um desserviço para a comédia, para o cinema nacional, para as crianças. Enfim, fiquem em casa, não vão ao cinema”.     

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Victor235

Parabéns, @JoãoB, escreveu muito bem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×