Jump to content
Sign in to follow this  
alissongamer2

O que acham da Gota Mágica?

Recommended Posts

JF CHmaníaco
Agora, Mr. Zero disse:

Sobre o sono, era para o Cléberson. Ele sim disse isso.

 

6 minutos atrás, Mr. Zero disse:

A propósito, JF CHmaníaco e Cléber, vocês parecem serem mais fãs do Cassiano Ricardo que do que do Chespirito. Já pensaram em criar o "Fórum Único Humor Cassiano Ricardo", já que a obra original do Chespirito dos anos 90 sem dublagem dá sono para vocês?

Não foi o que pareceu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
7 minutos atrás, Mr. Zero disse:

Se até o Osmiro viu problema e disse que isso gerou umas 300 brigas no estúdio, mas você não, talvez você devesse repensar sobre o objetivo de uma dublagem. Te falta a mesma humildade que faltou ao Cassiano Ricardo.

Por fim, a comparação com a Maga é impertinente, já que na Maga seguiam o texto do tradutor e as mudanças tinham a ver com regionalização da obra e não com "melhorar as piadas". Não envolvia a questão de humilidade/estrelismo citada na entrevista. Na Gota Mágica, o dublador, rebelde, fugia até do texto da tradução e inventava seus próprios textos na hora.

 

A propósito, JF CHmaníaco e Cléber, vocês parecem serem mais fãs do Cassiano Ricardo que do que do Chespirito. Já pensoaram em criar o "Fórum Único Humor Cassiano Ricardo", já que a obra original do Chespirito dos anos 90 sem dublagem dá sono para vocês?

Ué e agora somos obrigados a ser fãs cegos e não reconhecer que o Chespirito dos anos 90 é uma porcaria e foi salvo sim pela dublagem? Uma coisa é ser fã e outra é ser cego, e não reconhecer falhas só porque é o super comediante Chespirito.

O que a gente está dizendo é que o Cassiano deu vida sim a série, claro que ele pesou a mão em alguns casos, mas em 95% acertou e deixou melhor.

Apesar que não vejo nenhum problema em dar uma apimentadinha de vez em quando como por exemplo no texto O Folgado e a Vagabunda Chirrion.

Se for para o dublador só ler o texto sem ter liberdade de dar sua interpretação e criar não precisava ter DRT de ator

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin
10 minutos atrás, JF CHmaníaco disse:

Não, pra mim não tem. Tô procurando até agora o palavrão que tanto falaram aqui.

Reviraram mais do que o Neymar rola no chão :lol:

Cara, nem a MAGA seguiu o texto original, a julgar pelas diversas adaptações. Sinceramente, não sei onde está o problema em não seguir o original. Se seguirem, bacana, mas não vejo problema em fugir de vez em quando.

Já que você tá com tanta vontade, procure por episódios como: "O bandido Grampeado" e "O Estranho Conquistador" que você verá algo "semelhante" :P

E até agora ninguém respondeu, onde que o Cassiano disse, porr*, pois eu não me lembro disso :headscratch:

9 minutos atrás, Mr. Zero disse:

Provavelmente foi uma mão fraca da direção de dublagem e do cliente do produto, que não conseguiram controlar um elenco de dubladores que se sentiam estrelas. Parece que havia um sério problema de hierarquia no local, até pelas brigas citadas pelo Osmiro.

Pode ser, pois até a Marta falou coisas como: "merd*" e "bost*" eu não considero palavrão estas palavras mas muitos consideram, e claro, não deveriam ter sido utilizadas na dublagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson

Porra nunca ouvi ele falar, o que eu ouvi foi Orra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco
Agora, Chapolin disse:

Já que você tá com tanta vontade, procure por episódios como: "O bandido Grampeado" e "O Estranho Conquistador" que você verá algo "semelhante" :P

Semelhante quer dizer que fala em transar? 

Agora, Cleberson Multishow disse:

Porra nunca ouvi ele falar, o que eu ouvi foi Orra.

[2]

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mr. Zero
12 minutes ago, Cleberson Multishow said:

Ué e agora somos obrigados a ser fãs cegos e não reconhecer que o Chespirito dos anos 90 é uma porcaria e foi salvo sim pela dublagem? Uma coisa é ser fã e outra é ser cego, e não reconhecer falhas só porque é o super comediante Chespirito.

A questão é que você considera o trabalho do Cassiano superior ao do próprio Chespirito. Talvez você seja mais fã dele que do próprio Chespirito e não tenha se dado conta. Os textos apimentados que você tanto gosta são do Cassiano. Nenhum problema, mas você está colocando um tipo de humor onde não existe, por causa de uma simples dublagem.
 

12 minutes ago, Cleberson Multishow said:

Se for para o dublador só ler o texto sem ter liberdade de dar sua interpretação e criar não precisava ter DRT de ator

Interpretar ≠ criar. Por isso ele é ATOR e não AUTOR. A entrevista do Osmiro foi em grego para você? Releia.

 

9 minutes ago, JF CHmaníaco said:

Semelhante quer dizer que fala em transar?

JF, já entendemos que você é o palavrãozento, o senhor do gueto, o machão, o inatingível por qualquer linguagem, o impudorado, o senhor do carvalho na boca. Nem preisa procurar, pois qualquer linguagem chula que encontrar, vai dizer que foi fraca e que não era palavrao. Se falarem em sexo com uma menina de 8 anos no texto ou chamar negro de macaco, você vai dizer que foi piada inocente. Então, curta sua dublagem e nos deixe com as nossas críticas.

Edited by Mr. Zero

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin
Agora, Cleberson Multishow disse:

Porra nunca ouvi ele falar, o que eu ouvi foi Orra.

Exato, mas tem gente dizendo que ouviu "porr*", e eu não sei da onde tiraram isso :tonguemad:

Agora, JF CHmaníaco disse:

Semelhante quer dizer que fala em transar? 

[2]

Não, mas tem "palavrões" :P Eu não considero como "palavrão" estas palavras, mas muitos consideram. Então, você entendeu, né? :P

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco
Agora, Mr. Zero disse:

A questão é que você considera o trabalho do Cassiano superior ao do próprio Chespirito. Talvez você seja mais fã dele que do próprio Chespirito e não tenha se dado conta. Os textos apimentados que você tanto gosta são do Cassiano. Nenhum problema, mas você está colocando um tipo de humor onde não existe, por causa de uma simples dublagem.

E gostar mais de uma simples dublagem, como você disse, faz dele menos fã de Chespirito? Como eu disse, agora temos que preferir sempre o original para sermos fãs da verdade da série :duh:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
2 minutos atrás, Mr. Zero disse:

A questão é que você considera o trabalho do Cassiano superior ao do próprio Chespirito. Talvez você seja mais fã dele que do próprio Chespirito e não tenha se dado conta. Os textos apimentados que você tanto gosta são do Cassiano. Nenhum problema, mas você está colocando um tipo de humor onde não existe, por causa de uma simples dublagem.
 

Interpretar ≠ criar. Por isso ele é ATOR e não AUTOR. A entrevista do Osmiro foi em grego para você? Releia.

Ué o Osmiro deu a opinião dele como Diretor de dublagem, eu tô dando a minha como telespectador.

O que eu quero é ver um produto que me divirta e não que me dê sono, independente se foi criado pelo dublador.

Engraçado que não vejo vc criticar a Maga por criar 60 nome pra um mesmo personagem mudando o nome original do autor.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco
Agora, Chapolin disse:

Não, mas tem "palavrões" :P Eu não considero como "palavrão" estas palavras, mas muitos consideram. Então, você entendeu, né? :P

Entendi sim :P

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mr. Zero
6 minutes ago, Cleberson Multishow said:

Ué o Osmiro deu a opinião dele como Diretor de dublagem, eu tô dando a minha como telespectador.

O que eu quero é ver um produto que me divirta e não que me dê sono, independente se foi criado pelo dublador.

Engraçado que não vejo vc criticar a Maga por criar 60 nome pra um mesmo personagem mudando o nome original do autor.

Nenhum problema em se divertir. Você se diverte, mas com algo que não é Chespirito e sim com algo que é Cassiano. Apenas assuma isso, que você é mais fã do humor do Cassiano que do Chespirito dos anos 90. Talvez um stand up do Cassiano te faça mais rir do que os episódios perdidos do Chespirito 80/90. É essa a questão do tópico. Quem é mais fã do humor da obra X quem é mais fã do humor da dublagem. São dois conceitos diferentes de humor.

Quem gosta mais de Chespirito não gosta tanto dessa dublagem. Quem gosta de um humor mais ácido e de baixo calão, próprio do Cassiano, gosta.

E sobre a Maga criar 60 nomes para um mesmo personagem foi péssimo. Um dos grandes erros deles.

Edited by Mr. Zero

Share this post


Link to post
Share on other sites
JF CHmaníaco
5 minutos atrás, Mr. Zero disse:

JF, já entendemos que você é o palavrãozento, o senhor do gueto, o machão, o inatingível por qualquer linguagem, o impudorado, o senhor do carvalho na boca. Nem preisa procurar, pois qualquer linguagem que encontrar, vai dizer que foi fraca e que não era palavra. Se falarem em sexo com uma menina de 8 anos no texto ou chamar negro de macaco, você vai dizer que foi piada inocente. Então, curta sua dublagem e nos deixe com as nossas críticas.

E você o senhor, o dono da razão, o bambambam né? Você que não sabe interpretar o que os outros dizem, e agora vem com ofensa, porque não tem argumentos suficientes para defender sua posição.

E você não me conhece, então não venha colocar palavras na minha boca. Não te ofendi em nenhum momento, então não me ofenda também.

Agora, Lucas Fernando disse:

Fausto de Goeth (1994): Dispensa comentários.

Esse sim é realmente pesado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mr. Zero
4 minutes ago, JF CHmaníaco said:

E você o senhor, o dono da razão, o bambambam né? Você que não sabe interpretar o que os outros dizem, e agora vem com ofensa, porque não tem argumentos suficientes para defender sua posição.

E você não me conhece, então não venha colocar palavras na minha boca. Não te ofendi em nenhum momento, então não me ofenda também.

Onde eu te ofendi? Para quem gostava de linguagem ácida, palavrões e odiava geração "mimimi", está se doendo demais com o meu humor. :P

Relaxa! É apenas meu jeito de falar...

Edited by Mr. Zero

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chapolin
2 minutos atrás, Lucas Fernando disse:

Os únicos episódios que realmente me incomodam as alterações de texto:

O Golpe do Baú (1992): Dona Agrimaldolina diz: "O que você tava querendo é transar comigo!", e depois de uma confusão diz "Cê qué transar com o Argento Refúgio?!". No original o termo é "propasar", que significa assediar.

Fausto de Goeth (1994): Dispensa comentários.

Quem sou eu? Quem é Você? (1994): Dr. Chapatin perdeu a memória, e quando a enfermeira explica suas funções, como fazer curativos, o velho solta um "faz um na minha virilha?". Ainda não assisti esse em espanhol pra ver o que o Dr. Chapatin realmente diz.

Vamos Comer Chimoltrúfia? Digo... Vamos Comer, Chimoltrúfia? (1995): Alteração do texto que o @José Antonio citou.

Como Lidar com as Mulheres? (1994): O esquete em si já é bem machista no original. Mas a dublagem apimentou bem mais o texto.

Fora isso, o restante 100% assistível.

"Uma Tristeza de Assalto" (1992) é outro que me incomoda também :mellow:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...