Jump to content
Sign in to follow this  
E.R

Para qual país você mais gostaria de viajar ?

Para qual país você mais gostaria de viajar a turismo ?  

21 members have voted

  1. 1. Para qual país você mais gostaria de viajar a turismo ?

    • Estados Unidos
      4
    • México
      3
    • Canadá
      2
    • Japão
      1
    • Nova Zelândia
      0
    • Austrália
      0
    • França
      3
    • Inglaterra
      1
    • Itália
      2
    • Espanha
      1
    • Argentina
      0
    • Chile
      0
    • Uruguai
      0
    • Portugal
      1
    • Suíça
      0
    • Holanda
      0
    • Grécia
      1
    • Bélgica
      0
    • Rússia
      0
    • Áustria
      0
    • Outro
      2


Recommended Posts

E.R

https://www1.folha.uol.com.br/turismo/2019/12/hong-kong-e-bancoc-lideram-lista-de-cidades-mais-visitadas-no-mundo.shtml

Hong Kong deve manter sua posição de cidade mais visitada por estrangeiros em 2019, apesar dos meses de inquietação política que levaram a uma queda acentuada no número de turistas, de acordo com projeção do relatório Top 100 City Destinations, do grupo de pesquisa de mercado Euromonitor International.

A expectativa é que Nova York fique fora dos dez primeiros lugares e que Déli, na Índia, apareça no top 10 pela primeira vez.

O levantamento mostra o domínio de cidades asiáticas, que ocupam mais de 40 posições. Bancoc deve assumir o segundo lugar, seguida por Macau e Cingapura.

Londres completa a lista das cinco cidades mais visitadas, apesar de ter perdido duas posições por causa das incertezas sobre o futuro, já que a sua saída da União Europeia pode gerar restrições ao ingresso de cidadãos europeus.

Segundo a projeção, o total de chegadas no mundo crescerá 4,2% em 2019 na comparação com o ano passado, chegando a 1,5 bilhão de viagens.

Espera-se que Nova York, o destino mais popular nos Estados Unidos entre os viajantes internacionais, caia do oitavo para o 11º posto. 

Miami (29), Los Angeles (33) e Las Vegas (38) são outras cidades americanas que fazem parte do ranking. 

A concorrência da Ásia e Europa levou muitos destinos dos EUA a perder posições nos últimos anos, apesar do crescimento nas visitas que a maioria deles registrou.

A crescente tensão comercial com a China é uma das principais preocupações para o setor de viagens, de acordo com a autora do relatório, Rabia Yasmeen. Ela acrescenta que muitas cidades americanas estão buscando explorar o lucrativo mercado de turistas chineses.

A pesquisa da Euromonitor considera visitantes internacionais, ou chegadas, aqueles que passam mais de 24 horas e menos de um ano em mais de 400 cidades do planeta. 

As chegadas incluem viajantes de negócios, turistas e visitas a parentes e amigos, mas excluem viagens de pessoas que trabalham ou estudam no exterior e de integrantes das forças armadas, tripulações de meios de transporte, passageiros de navios de cruzeiro e pessoas que se deslocaram por motivo de guerra ou desastres naturais.

O ranking de 2019 foi calculado com base em estimativas baseadas nos totais parciais de visitantes, o que significa que a posição de Hong Kong como capital mundial dos viajantes ainda pode mudar. 

O setor de turismo da cidade foi fortemente prejudicado pelos protestos que vêm agitando o território quase todas as semanas, desde agosto.

No entanto, Simon Haven, analista da Euromonitor, diz que o número forte de chegadas no primeiro semestre pode reduzir o impacto dos protestos sobre o total anual. 

"No período de janeiro a junho deste ano, as chegadas subiram 14% ante o mesmo período em 2018. Em julho, começaram a diminuir. A queda mais notável aconteceu em agosto, quando a cidade registrou baixa de 40% no número de chegadas, ante o resultado de agosto de 2018", afirma.

"Com base nos mais recentes dados do Conselho de Turismo de Hong Kong e nas projeções da Euromonitor, o total de chegadas a Hong Kong deve cair entre 5% e 10% em 2019", acrescenta Haven. 

Essa queda manteria a cidade na liderança, por sua vantagem sobre Bancoc.

A lista da Euromonitor mostra que o turismo asiático está crescendo. A região responde pelo maior número de cidades na lista, e esse número vem subindo constantemente desde a primeira edição, em 2013.

Viajantes da própria Ásia são responsáveis por boa parte do aumento, de acordo com o relatório, por causa do aumento da renda e das visitas de chineses —e de millenials de toda a região— a outros países.

O maior avanço em 2019 é o de Hurghada, no Egito, que deve assumir a 63ª posição depois de entrar, no passado, no 82º lugar. O desempenho é fruto, em parte, de um programa de reforma no turismo e de uma melhora na segurança do país, que continua a ser o mais procurado por viajantes no Norte da África.

Na Europa, destinos mais tradicionais, incluindo Barcelona, Milão e Viena, caíram no ranking, enquanto cidades em países antes menos procurados (Croácia, Eslovênia e Suécia) avançaram.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/12/30/faixa-de-areia-de-copacabana-diminui-10percent-em-uma-decada.ghtml

Enquanto a expectativa é de que haja recorde de público em Copacabana para receber 2020, as faixas de areia da praia da Zona Sul estão cada vez mais estreitas : entre 2009 e 2019 a distância entre o calçadão e o mar diminuiu mais de 10%, de acordo com imagens do Google Earth.

Pelas imagens é possível ver que em 26 de julho de 2009, o espaço que dividia a orla do mar na altura da Princesa Isabel era de 164 metros. Já em 26 de julho deste ano, a medição foi de 109 metros. Uma perda de 55 metros.

Já na altura da Miguel Lemos, onde a faixa de areia sempre foi mais estreita, a distância há dez anos era de 41 metros, nesse ano, são 27 metros, uma diminuição de quase 50%.

Estudos da Faculdade de Oceanografia da Uerj estimam que a largura mais estreita em mais de 10% ao longo da última década seja o resultado de um fenômeno chamado de Maré Meteorológica, causado por ventos que provocam a elevação do nível do mar no litoral do Rio de Janeiro e também em outras partes do país.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://veja.abril.com.br/blog/radar/brasil-esta-na-moda-entre-turistas-do-japao-eua-canada-e-australia/

Pesquisa do Grupo Amadeus revela que a retirada da exigência de visto para turistas do Canadá, da Austrália, do Japão e dos Estados Unidos ampliou o interesse por destinos turísticos brasileiros nesses países.

A pesquisa mostra um crescimento no interesse de 32% dos norte-americanos, 38% dos canadenses, 37% dos australianos e 30% do Japão.

Os percentuais são comparações entre as buscas realizadas pelos turistas dos quatro países para os 10 primeiros meses de 2020 em relação aos 10 primeiros meses de 2019.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

Turismo

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

A partir de 2021, alguns países da Europa vão exigir que os brasileiros tenham visto (ETIAS) para viajar para lá, os países são esses : França, Itália, Alemanha, Espanha, Bélgica, Dinamarca, Áustria, Grécia, Finlândia, Hungria, Países Baixos, Islândia, Portugal, República Tcheca, Suíça, Suécia, Polônia, Eslováquia, Eslovênia, Letônia, Noruega, Malta, Luxemburgo, Lituânia e Lichtenstein.

Fonte https://blog.edestinos.com.br/2020/01/tudo-sobre-o-etias-o-novo-visto-para-a-europa/

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/02/21/anac-autoriza-virgin-atlantic-a-operar-voos-internacionais-no-brasil.ghtml

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que concedeu na quinta-feira (dia 20) autorização operacional para a Virgin Atlantic operar voos internacionais regulares no Brasil. Essa é a última etapa para que uma empresa estrangeira possa começar a operar regularmente no país.

Em março de 2019, a Virgin Atlantic havia obtido a autorização de funcionamento no país. A companhia aérea do Reino Unido já havia manifestado o interesse em operar voos de Guarulhos a Londres a partir de março.

De acordo com a Anac, o último passo que falta para a Virgin é registrar seus voos na agência.

A Virgin é a segunda empresa aérea de baixo custo a voar do Brasil para a Inglaterra. A norueguesa Norwegian oferece voos do Rio de Janeiro para Londres desde março de 2019.


No início deste mês, a aérea espanhola Air Nostrum também anunciou que vai operar rotas domésticas regionais no Brasil a partir do segundo semestre.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/03/10/latam-clientes-com-destino-a-italia-chile-e-israel-poderao-trocar-passagens-sem-multa.ghtml

A Latam Airlines informou que clientes que adquiriram passagens para o Chile, Israel e Itália poderão mudar a data e/ou o destino do voo, sem pagamento de multa, após os governos dos três países terem adotado medidas restritivas em resposta à propagação do novo coronavírus (covid-19).

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...