Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
E.R

Campeonato Brasileiro 2019 - Série A

Recommended Posts

E.R

Campeonato Brasileiro 2019 - Série A 

taca_brasileiro_1.jpg

 

Participantes : 

. Palmeiras
. Corinthians
. São Paulo
. Santos
. Internacional
. Grêmio
. Flamengo
. Fluminense
. Vasco
. Botafogo
. Cruzeiro
. Atlético-MG
. Atlético-PR
. Bahia
. Ceará
. Fortaleza
. Goiás
. Avaí
. Chapecoense
. CSA

--

Lista de campeões :

Ds5rXraWwAErodG.jpg

. 2018 - Palmeiras

DOt_b6XXkAAsiDx.jpg

. 2017 - Corinthians

. 2016 - Palmeiras
. 2015 - Corinthians
. 2014 - Cruzeiro
. 2013 - Cruzeiro
. 2012 - Fluminense
. 2011 - Corinthians
. 2010 - Fluminense
. 2009 - Flamengo
. 2008 - São Paulo
. 2007 - São Paulo
. 2006 - São Paulo
. 2005 - Corinthians
. 2004 - Santos
. 2003 - Cruzeiro
. 2002 - Santos
. 2001 - Atlético-PR
. 2000 - Vasco
. 1999 - Corinthians
. 1998 - Corinthians
. 1997 - Vasco
. 1996 - Grêmio
. 1995 - Botafogo
. 1994 - Palmeiras
. 1993 - Palmeiras
. 1992 - Flamengo
. 1991 - São Paulo
. 1990 - Corinthians
. 1989 - Vasco
. 1988 - Bahia
. 1987 - Sport e Flamengo (Copa União - Módulo Verde)
. 1986 - São Paulo
. 1985 - Coritiba
. 1984 - Fluminense
. 1983 - Flamengo
. 1982 - Flamengo
. 1981 - Grêmio
. 1980 - Flamengo
. 1979 - Internacional
. 1978 - Guarani
. 1977 - São Paulo
. 1976 - Internacional
. 1975 - Internacional
. 1974 - Vasco
. 1973 - Palmeiras
. 1972 - Palmeiras
. 1971 - Atlético-MG

CAMPEÕES DA TAÇA DE PRATA :
. 1970 - Fluminense
. 1969 - Palmeiras
. 1968 - Santos
. 1967 - Palmeiras

CAMPEÕES DA TAÇA BRASIL :
. 1968 - Botafogo
. 1967 - Palmeiras
. 1966 - Cruzeiro
. 1965 - Santos
. 1964 - Santos
. 1963 - Santos
. 1962 - Santos
. 1961 - Santos
. 1960 - Palmeiras
. 1959 - Bahia

-

https://www.esporteemidia.com/2018/11/brasileirao-pode-nao-ter-var-em-2019-se.html

O imbróglio envolvendo as negociações de Palmeiras, Atlético/PR e Bahia com a Globo referente aos direitos de transmissão em TV aberta e pay-per-view do Campeonato Brasileiro, a partir de 2019, pode dificultar ainda mais a utilização do VAR na próxima edição do certame. A informação é do UOL Esporte, por Marcel Rizzo.

Sem o acerto das três equipes, 108 das 380 partidas do campeonato não têm, neste momento, transmissão por nenhum meio : TVs aberta e fechada, pay-per-view ou internet.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E.R

https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2019/03/crefisa-e-cartada-da-globo-em-negociacoes-com-palmeiras-pelo-ppv.shtml

O Grupo Globo avalia ter um trunfo nas negociações com o Palmeiras pelos direitos de transmissão do Brasileiro de 2019 a 2022 em TV aberta e pay-per-view : a Crefisa.

A empresa, que patrocina o Palmeiras desde 2015 e no ano passado teve sua presidente, Leila Pereira, eleita conselheira da agremiação, é uma das cinco principais anunciantes da TV Globo.

Apesar de não ser patrocinadora do futebol da emissora, a financeira compra espaço na programação.

Ela adquire cotas em horários nobres e anuncia com frequência nos programas mais importantes da TV Globo, como, por exemplo, no do Jornal Nacional, quando cada comercial de 30 segundos custa R$ 825,5 mil.

A Crefisa também será uma das patrocinadoras da cobertura do Carnaval da Globo e pagou cerca de R$ 20 milhões pelo pacote. A empresa chega a colocar mais de 50 comerciais de 30 segundos em um mesmo mês em exibição na emissora, e mais de 200 inserções.

Segundo apurou a Folha, a Crefisa não vê com bons olhos a possibilidade de os jogos do Palmeiras no Campeonato Brasileiro ficarem fora da grade de programação da emissora. 

Até agora, o clube não aceitou a proposta da Globo pelos direitos de exibição das partidas em TV aberta e em pay-per-view. 

A patrocinadora do Palmeiras se incomoda, por exemplo, de o clube que patrocina ter tido até agora menos jogos do Campeonato Paulista transmitidos na TV aberta do que Corinthians e São Paulo. Os direitos do Estadual são vendidos pela Federação Paulista de Futebol e a Globo pode exibir as partidas da equipe alviverde.

A emissora nega que o número menor de jogos palmeirenses do Campeonato Paulista seja uma retaliação à falta de um acordo pela venda dos direitos do Nacional.

As marcas da Crefisa estampam o peito, costas e ombros da camisa alviverde — também com a Faculdade das Américas (FAM), pertencente ao grupo — e passariam a ter menos exposição sem a transmissão dos jogos do Palmeiras no Campeonato Brasileiro na Globo.

A Globo informou à Folha ter “ótimas relações comerciais com a Crefisa, exclusivamente focadas nos contratos de conteúdos da TV”. Disse que essas relações não influenciam a negociação pelos direitos do Campeonato Brasileiro.

“A Globo preza pela independência de seus projetos e de suas relações comerciais e reafirma que não há qualquer participação dos patrocinadores do Futebol 2019 nas negociações relacionadas aos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2019 a 2022.”

Athletico-PR e Palmeiras são os únicos clubes que ainda não fecharam com a Globo para TV aberta e pay-per-view. A emissora já trabalha com a possibilidade de iniciar o Brasileiro sem ter acordo com os dois clubes e seguir negociando com eles já com o torneio — que começa em 28 de abril— em andamento.

A emissora avalia que a situação atual, de vender o pay-per-view sem a totalidade das equipes, é uma grande derrota. Acredita, porém, que, com a competição em disputa, Palmeiras e Athletico-PR poderiam aceitar a proposta da emissora para não abrir mão de receita.

Com todas as outras equipes com contratos assinados com a Globo para TV aberta e pay-per-view, os dois clubes só poderiam entregar duas partidas do torneio para uma outra emissora que tentasse adquirir esse direito de transmissão que a Globo está tentando comprar. Seriam os confrontos entre ambos no primeiro e no segundo turno.

O Palmeiras e outras seis equipes da Série A do Campeonato Brasileiro assinaram com a Turner na TV fechada. O clube recebeu luvas maiores que os demais. Foram cerca de R$ 100 milhões fixos pelos jogos que serão exibidos nos canais Space e TNT (que são da Turner). Além disso, os clubes terão direito a dividir mais R$ 13,7 milhões dependendo da classificação no Brasileiro e número de jogos transmitidos.

O Palmeiras não colocou receitas com a venda dos direitos para a Globo em seu orçamento para 2019, já que vive ótimo momento financeiro, graças também à presença da Crefisa, que paga cerca de R$ 80 milhões por ano para o clube.

A dona da empresa, Leila Pereira, já admitiu que pode concorrer à presidência do clube na próxima eleição, a ser realizada em 2021.

A ausência de acordo com o Palmeiras, atual campeão brasileiro, atinge um produto que movimentou R$ 1,4 bilhão em 2018 : o pay-per-view. A indefinição preocupa as operadoras de TV por assinatura, que lucram com a venda da transmissão para seus assinantes.

Isso porque o principal atrativo dos pacotes de pay-per-view negociados é a possibilidade de o torcedor ver todos os jogos do campeonato em casa.

Sem o acerto, 74 das 380 partidas do torneio (19,5%) não poderão ser exibidas — segundo a Lei Pelé, uma partida só pode ser transmitida com a anuência dos dois times participantes — o que poderia impactar na receita dessas empresas.

O Palmeiras não aceita a aplicação de redutores nos contratos de TV aberta e pay-per-view proposto pela Globo. A emissora alega que isso deve acontecer porque o clube acertou acordo em com a Turner na TV fechada.

O Palmeiras questiona também a fórmula usada para dividir os lucros do pay-per-view, baseada em uma pesquisa com os assinantes do serviço. Para o Corinthians, a Globo pagou R$ 160 milhões de adiantamento por todos os direitos. 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E.R

https://www.esporteemidia.com/2019/03/para-globo-situacao-de-palmeiras-e.html

Palmeiras e Athletico-PR ainda não entraram em acordo com o Grupo Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro deste ano e, por isso, 52 partidas da competição nacional não terão transmissão em nenhum canal.

Ambos os clubes não acertaram compromisso com TV Aberta (Globo) e pay-per-view (Premiere), apenas com TV fechada (Turner). As informações são do Estadão Conteúdo.

O Palmeiras mantém a posição de não comentar as negociações em andamento e parece não ter pressa em definir sua situação. O clube fechou com o Esporte Interativo em detrimento do SporTV e agora precisaria aceitar a proposta da Globo para TV aberta e pay-per-view. O mesmo ocorre com o Athletico. Procurados pela reportagem do Estado, os dois clubes preferiram não se manifestar sobre o tema.

Para a Globo, a situação ainda pode ser contornada e, mesmo que o Brasileirão comece desta maneira, caso Palmeiras ou Athletico cheguem a um entendimento com TV aberta e o pay-per-view, a situação vai se normalizar no decorrer do campeonato.

Sem os acertos de Palmeiras e Athletico, o Cartola, “um game online no qual os usuários, chamados de cartoleiros, escalam as equipes de atletas do Brasileirão”, não terá as escalações das duas equipes a cada rodada. Assim, o torcedor que optar por escalar atletas de um time que vai enfrentar Palmeiras ou Athletico-PR poderá ganhar a pontuação desses atletas.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Mozer da Silva Reis

Acho que Cruzeiro,Palmeiras,Grêmio,Corinthians, Atlético-MG, Flamengo e Internacional vão brigar forte pelo título. E acho que o Santos, Atlético-PR,Vasco e Fluminense brigam em cima.

 

Botafogo,São Paulo,Bahia e Chapecoense eu considero que brigarão pra não cair.Fortaleza,Ceará,CSA,Avaí e Goiás eu vejo com boas condições de se manter.

Editado por Mozer da Silva Reis

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...