Jump to content
Sign in to follow this  
Quico Irônico

Vai e Vem do Futebol 2019

Recommended Posts

Igor_Arabe

via GloboEsporte

 

Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Fluminense

 

Clube anunciou substituto de Fernando Diniz na noite desta terça-feira. Novo treinador chega para terceira passagem pelo Tricolor. Auxiliar Marcão comandará time contra o Corinthians

20/08/2019 19h44 Atualizado há 2 minutos

 

 

O Fluminense anunciou nesta terça-feira a contratação do técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador chega às Laranjeiras para a terceira passagem pelo Tricolor e substitui Fernando Diniz, demitido. A apresentação do novo comandante será na próxima segunda.

Apesar do anúncio, o novo treinador não estará na beira do campo na decisão da próxima quinta-feira, fora de casa, contra o Corinthians, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Flu manteve o planejamento e terá o auxiliar Marcão na beira do gramado. Contudo, o recém-chegado viajará junto do grupo para São Paulo.

Oswaldo volta às Laranjeiras junto de outros dois profissionais, os auxiliares Luiz Alberto da Silva e Sidney Morais. O acerto aconteceu após o contato feito presidente Mário Bittencourt, o vice Celso Barros e o diretor de futebol Paulo Angioni, o que foi revelado pelo GloboEsporte.com.

O treinador comandou o clube em 2001, quando foi semifinalista do Brasileirão, e em 2006, quando teve passagem discreta. Nas duas ocasiões o clube já tinha a Unimed como patrocinadora e a influência de Celso Barros, à época presidente da cooperativa de médicos. A segunda passagem, inclusive, terminou com polêmica: o treinador acusou a parceira pela demissão e por tentar influenciar na escalação do time.

Oswaldo começou a carreira como técnico em 1999 no Corinthians, ao suceder Vanderlei Luxemburgo, chamado pela Seleção. Pelo clube foi campeão paulista, brasileiro e mundial. Em 2000, levou o Vasco às finais da Copa João Havelange e da Copa Mercosul, mas foi demitido após desentendimento com Eurico Miranda.

Tem no currículo os títulos do Supercampeonato Paulista de 2002 pelo São Paulo, do Carioca de 2013 pelo Botafogo, além de diversos títulos pelo Kashima Antlers, do Japão. Sua última conquista foi a Copa do Imperador, pelo Urawa Red Diamonds, em 2018. Passou também por Atlético-MG, Al Arabi, Sport, Flamengo, Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Al-Ahli e Vitória.

 

Não sei se a diretoria tentou o Mano, se não, foi uma tremenda burrice. Contratar "Oswaldia" é pedir pra ser rebaixado... :no::no::no:

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

ECrNJdlWkAEQ5vQ?format=jpg&name=small

Maxi Lopez (atacante / Crotone)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mozer da Silva Reis
Em 24/08/2019 às 02:52, E.R disse:

ECrNJdlWkAEQ5vQ?format=jpg&name=small

Maxi Lopez (atacante / Crotone)

Esse gosta de série B:assobiando:

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/08/31/fluminense-encaminha-venda-de-pedro-a-fiorentina.htm

O Fluminense está perto de fechar a venda de Pedro à Fiorentina, da Itália. A diretoria tricolor avançou nas conversas com os italianos para negociar o atacante de 22 anos em definitivo.

 

A informação foi primeiro veiculada pelo jornalista italiano Gianluca Di Marzio e confirmada pelo UOL Esporte. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

Inter de Milão pode contratar o meia brasileiro Oscar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Igor_Arabe

via GloboEsporte

 

Mano Menezes é o favorito para substituir Felipão no Palmeiras

 

Técnico que recentemente deixou o Cruzeiro já foi alvo de interesse do clube há dois anos

 

Por André Hernan, Felipe Zito e Tossiro Neto — São Paulo
02/09/2019 21h06 Atualizado há 2 horas

 

O alvo do Palmeiras para substituir Luiz Felipe Scolari, demitido na noite desta segunda-feira, é Mano Menezes, que recentemente deixou o Cruzeiro. As partes já estão em negociação, e uma definição deve ocorrer nesta terça-feira.

Mano foi demitido do Cruzeiro no início de agosto, depois de uma única vitória em 18 jogos. Em duas passagens pelo clube mineiro, porém, conquistou dois títulos da Copa do Brasil (2017 e 2018) e dois títulos mineiros (2018 e 2019).

Gaúcho como Felipão, ele já foi alvo da gestão atual do Palmeiras em 2017, ao final da segunda passagem de Cuca. As partes chegaram a negociar à época, mas o treinador não só não foi liberado, como renovou contrato com o Cruzeiro.

Muito por conta do trabalho do técnico à frente do Corinthians (entre 2008 e 2010, além de 2014), a hashtag #ManoNao rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Pelo arquirrival do Palmeiras, ele foi campeão paulista (2009), da Série B do Campeonato Brasileiro (2008) e da Copa do Brasil (2009).

A ideia da diretoria é rapidamente apresentar um novo treinador, já que o time tem compromisso contra o Goiás no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, competição em que caiu para a quinta colocação e está a seis pontos da liderança, mas com um jogo a menos.

A demissão de Felipão foi definida na noite desta segunda-feira, um dia depois da derrota por 3 a 0 justamente para o Flamengo, líder do campeonato, no Maracanã.

 

Um bom nome, apesar que os problemas do palmeiras não se restringem apenas a treinador, tem muita coisa a se fazer...

Edited by Igor_Arabe

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mozer da Silva Reis
9 horas atrás, Igor_Arabe disse:

via GloboEsporte

 

Mano Menezes é o favorito para substituir Felipão no Palmeiras

 

Técnico que recentemente deixou o Cruzeiro já foi alvo de interesse do clube há dois anos

 

Por André Hernan, Felipe Zito e Tossiro Neto — São Paulo
02/09/2019 21h06 Atualizado há 2 horas

 

O alvo do Palmeiras para substituir Luiz Felipe Scolari, demitido na noite desta segunda-feira, é Mano Menezes, que recentemente deixou o Cruzeiro. As partes já estão em negociação, e uma definição deve ocorrer nesta terça-feira.

Mano foi demitido do Cruzeiro no início de agosto, depois de uma única vitória em 18 jogos. Em duas passagens pelo clube mineiro, porém, conquistou dois títulos da Copa do Brasil (2017 e 2018) e dois títulos mineiros (2018 e 2019).

Gaúcho como Felipão, ele já foi alvo da gestão atual do Palmeiras em 2017, ao final da segunda passagem de Cuca. As partes chegaram a negociar à época, mas o treinador não só não foi liberado, como renovou contrato com o Cruzeiro.

Muito por conta do trabalho do técnico à frente do Corinthians (entre 2008 e 2010, além de 2014), a hashtag #ManoNao rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Pelo arquirrival do Palmeiras, ele foi campeão paulista (2009), da Série B do Campeonato Brasileiro (2008) e da Copa do Brasil (2009).

A ideia da diretoria é rapidamente apresentar um novo treinador, já que o time tem compromisso contra o Goiás no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, competição em que caiu para a quinta colocação e está a seis pontos da liderança, mas com um jogo a menos.

A demissão de Felipão foi definida na noite desta segunda-feira, um dia depois da derrota por 3 a 0 justamente para o Flamengo, líder do campeonato, no Maracanã.

 

Um bom nome, apesar que os problemas do palmeiras não se restringem apenas a treinador, tem muita coisa a se fazer...

Não me espantarei nada se no final do ano tiver uma limpa geral no Palmeiras.Vão mandar meio mundo de jogador embora,a começar pelo senhor Alexandre Mattos,que até agora só fez burrada com o dinheiro que a tia Leila dá pra ele gastar.Aliás,muito me espanta ela ter sobrevivido no Palmeiras até agora.Lembro que no Flamengo,bastou uma simples eliminação no carioca pra mandarem o Rodrigo Caetano embora.Se o Palmeiras tem fracassado constantemente,a culpa é do frouxo do Mattos e parte,pelo menos na minha opinião,é também da Leila Pereira,pois não se pode confiar cegamente numa pessoa a ponto de dar dinheiro pra ele sem saber o que será feito com esse investimento.Só não pode sair o Galliote porque ele é presidente,e não tem como pedir um impeachment por não ter provas contra ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Igor_Arabe

via  GE

 

Clube chinês manifesta interesse em contratar técnico Fábio Carille, do Corinthians, para 2020

 

Tianjin Teda quer contar com o treinador na próxima temporada; Timão não foi informado

 

Por Marcelo Braga — São Paulo
10/09/2019 20h58 Atualizado há uma hora

 

O Tianjin Teda, da China, tem interesse na contratação do técnico Fábio Carille, do Corinthians. O clube asiático, porém, não deseja ter o treinador agora, mas apenas em 2020.

A informação foi publicada inicialmente pelo "Yahoo Esportes" e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O interesse do Tianjin Teda teria sido apresentado a Carille por um intermediário. O estafe do técnico nega que tenha aberto qualquer negociação. O empresário Paulo Pitombeira, que representa o treinador, disse que por enquanto não foi procurado.

 

Atualmente, o Tianjin Teda é comandado pelo alemão Uli Stielike.

Após passagem curta pela Arábia Saudita, Carille voltou ao Corinthians no fim do ano passado, quando assinou contrato até o fim de 2020.

Para o treinador rescindir o vínculo com o Timão é necessário pagamento de multa rescisória. O valor é de aproximadamente R$ 6 milhões.

Tricampeão paulista (2017, 2018 e 2019) e campeão brasileiro (2017), Carille já comandou o Corinthians em 170 partidas.

 

Se carille sair, o corinthians brigará pra não cair pra B ano que vem, so o carille pra fazer esse elenco horrivel jogar...

Edited by Igor_Arabe

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

Time da China quer contratar técnico Fabio Carille em janeiro de 2020 :

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mozer da Silva Reis
16 horas atrás, Igor_Arabe disse:

via  GE

 

Clube chinês manifesta interesse em contratar técnico Fábio Carille, do Corinthians, para 2020

 

Tianjin Teda quer contar com o treinador na próxima temporada; Timão não foi informado

 

Por Marcelo Braga — São Paulo
10/09/2019 20h58 Atualizado há uma hora

 

O Tianjin Teda, da China, tem interesse na contratação do técnico Fábio Carille, do Corinthians. O clube asiático, porém, não deseja ter o treinador agora, mas apenas em 2020.

A informação foi publicada inicialmente pelo "Yahoo Esportes" e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O interesse do Tianjin Teda teria sido apresentado a Carille por um intermediário. O estafe do técnico nega que tenha aberto qualquer negociação. O empresário Paulo Pitombeira, que representa o treinador, disse que por enquanto não foi procurado.

 

Atualmente, o Tianjin Teda é comandado pelo alemão Uli Stielike.

Após passagem curta pela Arábia Saudita, Carille voltou ao Corinthians no fim do ano passado, quando assinou contrato até o fim de 2020.

Para o treinador rescindir o vínculo com o Timão é necessário pagamento de multa rescisória. O valor é de aproximadamente R$ 6 milhões.

Tricampeão paulista (2017, 2018 e 2019) e campeão brasileiro (2017), Carille já comandou o Corinthians em 170 partidas.

 

Se carille sair, o corinthians brigará pra não cair pra B ano que vem, so o carille pra fazer esse elenco horrivel jogar...

Também não exagera.Concordo quando diz que parece que só o Carrille consegue tirar o máximo desse elenco.Mas em relação ao ano passado,o elenco melhorou muito.È claro que não foi uma mudança radical,mas não a ponto de brigar por rebaixamento.O primeiro ano de mandato do Andrés foi pavoroso,mas ele me parece ter aprendido a lição do ano passado.Mandou um monte de pereba embora(Henrique,Richard,André Luiz,Gustavo Mosquito,entre outros) e trouxe bom jogadores(Gil,Ramiro).Enfim,houve uma pequena reformulação,mas só o carrille mesmo pra fazer um trabalho a ponto da imprensa achar que o time briga pelo título.No mínimo,fica no G6,apesar de realemente terem elencos melhores.Se bestar,até o do Fluminense é melhor que o do Corinthians.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

EEM9f92XUAcAqxL.jpg

O atacante Pedro foi apresentado hoje oficialmente pela Fiorentina.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Igor_Arabe

via   GloboEsporte

Chapecoense confirma acerto com técnico Marquinhos Santos

 

Ex-Juventude, treinador assina até o final de dezembro deste ano

Por GloboEsporte.com — de Chapecó (SC)
16/09/2019 15h46 Atualizado há 43 minutos

 

A Chapecoense anunciou na tarde desta segunda-feira a contratação de Marquinhos Santos para a sequência da Série A. O vínculo do treinador vai até o final de dezembro. Junto, chega o auxiliar Edson Borges. A apresentação será na terça-feira.

Marquinhos Santos estava no Juventude, onde conquistou o acesso para a Série B. A missão do novo técnico é salvar o Verdão do Oeste de um inédito rebaixamento. Com 14 pontos somados, o clube virou o turno na vice-lanterna.

 

Aos 40 anos, Marquinhos Santos tem no currículo passagens por clubes como Coritiba, Bahia, Fortaleza, Figueirense, Paysandu, Londrina e São Bento. Além disso, ainda treinou as seleções de base. Foi, inclusive, campeão do Sul-Americano sub-15, em 2011.

O treinador pega a Chapecoense na vice-lanterna do Brasileiro, com 14 pontos, e precisará de pelo menos 11 vitórias nos 19 jogos que faltam para garantir a permanência na elite. A estreia será no domingo, às 11h, diante do Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela abertura do returno.

11V em 19 jogos?! Praticamente impossível não cair, a nao ser que fosse um * ou * ... deixa pra lá   -_-

Share this post


Link to post
Share on other sites
Igor_Arabe

demissão em dobro... :ponder:

 

 

via GloboEsporte

Rogério Ceni não resiste à pressão e é demitido pelo Cruzeiro; clube já contacta possível substituto

 

Treinador cai um dia após empate sem gols com o Ceará, no Castelão, e polêmica no vestiário envolvendo jogadores em defesa ao meia Thiago Neves, que ficou no banco de reservas

Por GloboEsporte.com — de Belo Horizonte
26/09/2019 18h19 Atualizado há 11 minutos

 

Chegou ao fim a curta passagem do técnico Rogério Ceni pelo Cruzeiro. Menos de dois meses após a chegada à Toca, o treinador foi demitido no início da noite desta quinta-feira, após reunião com Itair Machado, vice-presidente de futebol do clube.

Ainda no vestiário do Castelão, nessa quarta, após empate sem gols com o Ceará, houve um desentendimento por conta da insatisfação de alguns jogadores com a ausência do meia Thiago Neves na partida. Ele ficou no banco de reservas durante os 90 minutos. Esse episódio foi o estopim para a saída do treinador da Toca. Os auxiliares Nelson Simões e Charles Hebert, e o preparador físico Danilo Augusto também deixam o Cruzeiro.

Antes mesmo de anunciar a saída do treinador, o clube já havia iniciado contato com possíveis substitutos. Dorival Júnior, que treinou a Raposa em 2007, era o preferido, mas não vai assumir nenhum trabalho neste momento por estar com cirurgia marcada. Luiz Felipe Scolari e Adilson Batista, que também têm passagens pela Toca, são nomes especulados.

Houve uma reunião na tarde desta quinta-feira na Toca da Raposa entre o treinador e a cúpula do clube, durante a qual foi definida a saída dele. O contrato de Ceni com a Raposa ia até o fim de 2020. Em um mês e meio, foram oito jogos, duas vitórias, dois empates e quatro derrotas.

Foram oito jogos à frente do Cruzeiro e apenas duas vitórias. Ceni deixa a Raposa em 16ª lugar na competição, com apenas 19 pontos. Mesma pontuação do CSA, primeiro time que figura a zona de rebaixamento - e que ainda joga pela 21ª rodada do Brasileiro, podendo ultrapassar a equipe celeste.

 

Depois da discussão no vestiário, a TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo em Fortaleza, confirmou que Rogério Ceni teve uma conversa com o vice presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, ainda na noite de quarta-feira. O dirigente sugeriu que Ceni pedisse demissão, mas o treinador recusou. Em contato com a reportagem, a diretoria do Cruzeiro não quis comentar o assunto.

 

Trajetória

A vida de Rogério Ceni no Cruzeiro não foi fácil, apesar do apoio que tem tido da torcida - manifestado pelas redes sociais e nos protestos contra o mau momento do time. Ele assumiu o clube em meados de agosto, diante do Santos, na 15ª rodada do Brasileirão, e começou bem, vencendo o então líder do campeonato.

Ceni também esteve à frente da equipe no segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, diante do Internacional. O Cruzeiro havia sido derrotado por 1 a 0, na primeira partida, ainda com Mano Menezes, e no jogo da volta, o primeiro revés de Ceni com a Raposa - 3 a 0. Foi depois dessa partida que o clima começou a "azedar".

Depois da eliminação na Copa do Brasil, o meia Thiago Neves deu declarações polêmicas em relação à escalação. Disse que o treinador fez “muitas mudanças para uma decisão”.

Rogério Ceni chegou a rebater o meia, dizendo que ele não ficou satisfeito em ver um amigo no banco. No caso, Edilson. A respeito disso, o diretor de futebol, Marcelo Djian, afirmou que Thiago Neves se exaltou, e que uma reunião entre o elenco teria acontecido.

- Houve excesso do Thiago, mas nós conversamos internamente e está tudo resolvido. Sempre acontece um pouco de estresse quando é uma entrevista diferente, mas já foi conversado. Colocamos tudo que deveria ser falado entre jogador e treinador. E está tudo resolvido - disse, à época, Marcelo Djian.

No último dia 22, Marcelo Djian voltou a falar sobre o momento do time e fez questão de afastar qualquer possibilidade de nova mudança no comando técnico. Aproveitou para transmitir confiança no trabalho que vem sendo feito por Ceni. Menos de uma semana depois, a história do treinador no Cruzeiro chegou ao fim.

 

===============================

 

via Gazeta Esportiva

Cuca não é mais técnico do São Paulo

 

São Paulo , SP
26/09/2019 15:03:00 — 26/09/2019 16:35:24

 

Cuca não é mais técnico do São Paulo. O treinador deixou o Tricolor no início da tarde desta quinta-feira, após derrota dentro do Morumbi por 1 a 0 para o Goiás na última quarta-feira. O comandante sai com 47,4% de aproveitamento em 26 jogos. Foram nove vitórias, dez empates e sete derrotas.

O técnico de 56 anos foi contratado em 14 de fevereiro, mas devido à restrições médicas, estreou apenas em 7 de abril, no segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras no Allianz Parque.

O comandante chegou à decisão do estadual, quando foi derrotado para o Corinthians. Na Copa do Brasil, eliminação logo de cara, após cair para o Bahia nas oitavas de final com duas derrotas por 1 a 0. Por disputar a Libertadores, o Tricolor já entrou na competição entre os 16 melhores.

No Campeonato Brasileiro, deixou o São Paulo na 6ª posição da tabela com 35 pontos somados. Foram nove vitórias, oito empates e quatro derrotas, incluindo a da última quarta-feira para o Goiás, a primeira no Morumbi.

Cuca foi o terceiro técnico do São Paulo em 2019. O clube iniciou a temporada com André Jardine, que caiu após eliminação na Pré-Libertadores para o Talleres-ARG. Depois, Mancini assumiu provisoriamente até o campeão brasileiro reunir condições médicas de comandar o time.

Esta foi a segunda passagem de Cuca pelo São Paulo. Na primeira, em 2004, o treinador levou o time às semifinais da Libertadores e terminou o Brasileiro com o Tricolor na 3ª posição.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, contra o líder Flamengo, no Maracanã, às 19h (Brasília), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Será que o Ceni vai voltar pro São Paulo? Pra começo de conversa nunca deveria ter saído do Fortaleza no meio do campeonato, lá tinha moral e ja conhecia o ambiente...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Quico Irônico
E.R

Se fosse passional, torceria contra o Abel no Cruzeiro. Mas sendo racional, é melhor que ele fique por lá no ano que vêm e leve Rodinei e Diego Ribas para o Cruzeiro em 2020.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...