Jump to content

Campeonato Carioca 2008


Barril do Chavinho

Recommended Posts

  • Replies 586
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • E.R

    92

  • Fábio

    85

  • Seu Madruga Veste Preto

    34

6olsch5.gif2 x 1 vr0-2837a76b49.gif

Gols : Juan /Diego Tardelli

fvr1-487b718a6a.jpg fvr2-95ca6551fe.jpg

Gostei muito da atuação do Bruno, foi muito bom ver que ele está em boa forma. O Souza foi muito bem na partida, com boas tabelas e fazendo uma excelente jogada no gol do Diego Tardelli.

dt1-28ed0f5295.jpg dt1-56050ea756.jpg

E, claro, o estreante Diego Tardelli (fotos) e o Juan foram bem.

fvr3-49f4517e33.jpg fvr4-f268b40cc7.jpg

Só lamento a contusão do Rodrigo (fratura no cotovelo) , parece que vai ficar quatro meses fora dos gramados. :(

O tal do Glauber jogou bem. :glare:

--

PS : Peço para que não criem um tópico exclusivo para o Fla-Flu, já que esse jogo não vale nada mesmo. Vamos criar tópicos em separado só para os jogos das semifinais e pra decisão da Taça Guanabara. ;)

Link to post

Aff, naum gosto mais do Futebol do Tardelli! dt1-56050ea756.jpg

Tinha um tempo q tava no são paulo q não fazia nadaaaa!

:reverencia:

Link to post

2ikcxfq.jpg

Esse time do Trajano é um barato : fez 3 a 0 no Cardoso Moreira e cedeu o empate no fim do jogo. 66kk4kw.gif

Placar final : América 3 x 3 Cardoso Moreira. 6wwieft.gif

Link to post
Esse time do Trajano é um barato : fez 3 a 0 no Cardoso Moreira e cedeu o empate no fim do jogo. 66kk4kw.gif

Placar final : América 3 x 3 Cardoso Moreira. 6wwieft.gif

Cardoso Moreira é um time ou um jogador só?

huahuahuahuhuauhahua... :lol:

Link to post
Freddie Mercury

Porra, que azar do Mequinha!

Acho que esse ano vão cair, infelizmente.

Link to post
Guest Le0brAsil

Botafogo vai agora agora com o time mistão de novo, com apenas 5 titulares

Castillo

Eduardo

Edson

Triguinho

Abedi

Robston

Wellington Junior

Lucio Flavio

Zé Carlos

Wellington Paulista

Fábio

T: Cuca

vamos ver no que vai dar.

Link to post

botafogo.gif

Tranqüilo, Botafogo pega Madureira no Engenhão

*Rio de Janeiro (RJ) - Já classificado para as semifinais e com o primeiro lugar do grupo B da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, assegurado com 16 pontos, o Botafogo entra em campo tranqüilo neste domingo, para cumprir tabela, às 16 horas (de Brasília), diante do Madureira no Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro. Já para o Tricolor suburbano o jogo é crucial, pois o time soma dez pontos, dois a menos que o vice-líder Vasco, e ainda tem chances de se classificar. Para isso, terá que superar os botafoguenses e torcer por um tropeço dos vascaínos.

*O técnico do Botafogo, Cuca, não esconde que o jogo tem pouco interesse para sua equipe e, por isso, decidiu poupar os jogadores pendurados com dois cartões amarelos para não correr risco de perder alguém suspenso nas semifinais. Dessa forma, ficam fora os zagueiros Renato Silva e Ferrero e os volantes Túlio e Diguinho. Outro que não joga é o lateral-direito Alessandro, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com a Cabofriense.

*“Realmente não vamos entrar com todos os jogadores considerados titulares, pois temos um planejamento que precisa ser respeitado. Conseguimos a vaga com antecedência e a primeira colocação do grupo. Isso nos permite observar alguns atletas que não estavam tendo tantas oportunidades e estão doidos para atuar”, disse Cuca.

*Apesar disso, o treinador botafoguense deixou bem claro que sua equipe não vai facilitar a vida do Madureira, até porque existem outros times interessados no resultado. “O Botafogo vai jogar para ganhar, pois todos os jogadores que serão usados neste confronto têm condições de jogarem, por exemplo, as semifinais no time titular. O Botafogo conta com um conjunto forte e uma maneira de jogar conhecida por todos os atletas do plantel. Nosso objetivo é manter a invencibilidade”, explicou Cuca, tentando manter os jogadores motivados para este compromisso.

*Pelo lado do Madureira, o técnico Carlos Tozzi vem trabalhando no sentido de animar os atletas, que ficaram abatidos com o tropeço do meio de semana, empate por 1 a 1 com o Mesquita. “Perdemos pontos que não podíamos e agora estamos pagando por isso. Poderíamos ter chegado à última rodada em uma situação melhor, mas não vamos ficar lamentando. Se temos que vencer e ainda por cima fazer saldo de gols, então é em busca disso que jogaremos. Nossa equipe é aguerrida e não vai desistir facilmente de chegar às semifinais”, garantiu Tozzi, que vai repetir a formação do último confronto.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X MADUREIRA

Local: Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10 de fevereiro de 2008, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Agnaldo Farias (RJ)

Assistentes: Jorge Luiz Roque e Beival Souza (ambos do RJ)

BOTAFOGO: Castillo; Eduardo, Édson e André Luís; Abedi, Róbston, Adriano Felício, Zé Carlos e Triguinho; Wellington Paulista e Fábio

Técnico: Cuca

MADUREIRA: Renan; Doriva, Paulo César, Odvan e Éverton; Marcelo Mendes, Felipe Alves, Wagner e Thiago Brito; Derley e Muriqui

Técnico: Carlos Tozzi

.Gazeta Esportiva.

Link to post

flamengo.gif

Flamengo e Fluminense fazem “amistoso de luxo”

*Rio de Janeiro (RJ) - Clássico tradicional, o Fla-Flu deste domingo, às 18h10 (de Brasília), no Maracanã, acabou esvaziado diante das boas campanhas das duas equipes na Taça Guanabara. Com o Rubro-negro já garantido na primeira colocação do grupo A e o Tricolor virtualmente classificado - tem três pontos e uma larga vantagem no saldo de gols sobre o Macaé -, a partida ganhou ares de amistoso, já que os dois clubes prometem poupar muitos titulares.

*No Flamengo, a ordem é não perder mais nenhum jogador para a estréia na Copa Libertadores, na quarta-feira, no Peru. Neste início de temporada, o Rubro-negro já perdeu o meia Renato Augusto e o zagueiro Rodrigo, ambos por lesão. Com três cartões amarelos, o atacante Souza também é outro desfalque certo. Com isso, o ataque deve ser formado por Obina e Diego Tardelli. Joel Santana garante que vai escalar o seu time sem pensar na equipe que o Fluminense levará a campo.

*“Pouco me interessa o que o Renato vai fazer no Fluminense. Aqui a gente não joga em função do adversário. Isso aqui é Flamengo”, afirmou um otimista Joel Santana. O treinador rubro-negro ainda minimiza o fato de a torcida ter vaiado o time em algumas partidas, como contra o Macaé e, também na última quinta-feira, contra o Volta Redonda.

*“Tenho a defesa menos vazada, 100% de aproveitamento, um dos melhores ataques e dez vitórias consecutivas no Maracanã. Não tenho como reclamar do meu time”, salientou o comandante rubro-negro. Na defesa, quem deve ganhar uma oportunidade é Rodrigo Arroz. O jogador, que chegou a levar um susto ao entrar no jogo contra o Volta Redonda, garante motivação da equipe. “Levei três pontos no supercilío, mas não é nada que possa me atrapalhar para este jogo. Este jogo vale muito para nós”, garantiu o zagueiro.

*Enquanto isso, do outro lado, Renato Gaúcho, técnico do Fluminense, prometeu que sua equipe vai se empenhar ao máximo pela vitória neste domingo, independentemente de entrar em campo praticamente classificado. Para ele, o simples fato de se tratar de um clássico já motiva a todos.

*“O Fluminense sempre tem a obrigação de entrar em campo pensando na vitória, pois a sua camisa tem muita tradição. Além disso, nunca permiti acomodação no meu grupo e isso ficou demonstrado no Campeonato Brasileiro do ano passado. Vamos fazer de tudo por um resultado positivo, pois o Flamengo é um rival tradicional e um clássico sempre gera motivação”, afirmou o técnico.

*O comandante do Fluminense disse ainda que a torcida deve comparecer ao Maracanã para acompanhar o jogo mesmo que o clássico não tenha muita validade para efeito de tabela. “A nossa torcida deve comparecer, independentemente do atrativo que o jogo possa ter em termos de efeito de classificação. O nosso grupo vem, desde o ano passado, se empenhando ao máximo dentro de campo e se esforçando sempre. Além disso é o primeiro clássico do ano e queremos o triunfo”, explicou.

*Para este jogo, o treinador do Fluminense já avisou que vai poupar alguns titulares. Os atacantes Leandro Amaral, Dodô e Washington não jogarão. Porém, ele faz mistério e só deverá anunciar o time no vestiário, minutos antes do duelo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X FLUMINENSE

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10 de fevereiro de 2008, domingo

Horário: 18h10 (de Brasília)

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)

Assistentes: Jackson Massarra dos Santos e Marcelo Fonseca Duarte (ambos do RJ)

FLAMENGO: Diego; Luizinho, Rodrigo Arroz, Thiago Sales e Egídio; Cristian, Toró, Kléberson (Léo Medeiros) e Marcinho; Diego Tardelli e Obina

Técnico: Joel Santana

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Rafael, Anderson, Roger e Gustavo Nery; Maurício, Fabinho, Arouca (Thiago Neves) e Conca; Cícero e Soares

Técnico: Renato Gaúcho

Link to post
Guest Le0brAsil

Botafogo 1 x 2 Madureira

Mistão do Botafogo perde mas o juíz anulou mal gol do Escalada.

que venha o Florminence

*em 2008 (Copa Peregrino, Camp Carioca)

já fez 26

e tomou 8 gols

Link to post

uaehauehauehaueauehauehauehauehauehauehauehauehauehauhea

Que feio, hein Le0? Cadê o carrossel alvinegro? Se fosse assim, teria 100% de aproveitamento...

Bostafogo 1 x 2 Madureira

Link to post
NOTÍCIAS
botafogo.gif
Em jogo de pouco interesse, Botafogo perde invencibilidade

Rio de Janeiro (RJ) - Num jogo em que se mostrou pouco interessado em campo, por já estar classificado para as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, na primeira colocação do Grupo B, o Botafogo foi derrotado por 2 a 1 pelo Madureira na tarde deste domingo no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro.

Amaral e Éverton marcaram os gols do Tricolor suburbano, que chegou aos 13 pontos e terminou na terceira posição da chave. Lucio Flavio descontou para os botafoguenses, que somam 16 pontos e enfrentarão o Fluminense nas semifinais. O jogo marcou a perda da invencibilidade do Glorioso, que não era derrotado desde 14 de outubro do ano passado, quando caiu por 2 a 1 para o Vasco pelo Campeonato Brasileiro.

O Botafogo começou impondo um ritmo forte e dava a impressão de que ganharia com facilidade. Tanto que logo aos dois minutos Wellington Paulista acionou Fábio que, na área, chutou para boa defesa do goleiro Renan. Porém dois minutos depois foi o Madureira quem abriu o marcador. China fez boa jogada pela direita e chutou cruzado, Amaral se esticou e tocou para o fundo das redes do uruguaio Castillo.

Apesar da desvantagem no marcador o Botafogo não desanimou e seguiu pressionando. Aos nove minutos Zé Carlos cobrou falta na rede pelo lado de fora. O empate botafoguense saiu aos 18 minutos, graças a um erro da arbitragem. Zé Carlos cruzou da esquerda, Fábio chutou e a bola bateu no rosto de Paulo César. O árbitro Agnaldo Farias viu mão do zagueiro tricolor e marcou o pênalti, convertido por Lucio Flavio.

Porém o gol fez com que o Botafogo passasse a administrar a partida e o Madureira se tornou mais perigoso no ataque. Aos 28 minutos Muriqui fez grande jogada e chutou para fora, assustando Castillo. Dois minutos depois o Tricolor suburbano voltou a ficar em vantagem no marcador. Muriqui foi derrubado na intermediária. Éverton cobrou a falta e acertou uma bomba no ângulo direito de Castillo. Esse foi o centéssimo gol do Engenhão.

Nos minutos finais do primeiro tempo o Madureira passou a administrar a vantagem e o Botafogo tentava atacar sem muito sucesso. As duas equipes tinham como desculpa o forte calor que fazia no estádio. Mesmo assim aos 40 minutos Abedi assustou em chute de fora da área, que foi sobre o gol.

O Botafogo voltou para o segundo tempo mais presente no campo ofensivo. Reflexo da bronca do técnico Cuca, que exigiu maior movimentação de seus jogadores. Logo aos três minutos Índio cruzou da direita e Wellington Paulista cabeceou na trave. Quatro minutos depois Lucio Flavio cobrou falta e Édson cabeceou sobre o gol.

Aos 14 minutos, Escalada, que tinha entrado pouco antes, chutou de fora da área e a bola raspou o travessão. Dois minutos depois o goleiro Renan defendeu chute de Índio. O argentino teve outra chance seis minutos depois, quando Zé Carlos cruzou e o atacante escorou para fora, prejudicado por desvio da zaga.

Em busca do empate o Botafogo perdeu outra grande chance aos 29. Fábio ganhou da zaga na dividida e chutou com violência para a defesa de Renan. Muito recuado o Madureira só assustou aos 31, quando Muriqui cruzou e Derley cabeceou para fora. Aos 42 minutos, numa cobrança de falta, Lucio Flavio assustou o goleiro, mas a bola foi para fora. O placar então não foi alterado.


Ah mais leve em conta q era quase a maioria Reserva!
Mais Pro MADUREIRA!!

:assobiando:
Link to post
Guest Le0brAsil
uaehauehauehaueauehauehauehauehauehauehauehauehauehauhea

Que feio, hein Le0? Cadê o carrossel alvinegro? Se fosse assim, teria 100% de aproveitamento...

Bostafogo 1 x 2 Madureira

alow alow ----->TIME RESERVA!!

BOTAFOGO CLASSIFICADO EM PRIMEIRO LUGAR com duas rodas de antecedência

e o São Paulo conseguiu entrar no poderoso G4 ? heuheuh

Link to post
Barril do Chavinho

O clássico dos reservas está cheio de emoções, apesar de não valer mais nada - a não ser a gozação entre os rivais - o Fluminense tá atropelando o Flamengo, 4 a 1 de virada e por enquanto quem tá sendo o nome do jogo é Thiago Neves - esse titular - que fez 3 gols... Já o estreante Kleberson abriu o placar no Maracaña...

Link to post

Time reserva tá foda...tá na hora de dar um jeito nesse absurdo...empate e derrota, POR**!

E o Flu, ou melhor, Thiago Neves, meteu o cacete no Flamengo. FLU 4x1 FLA.

Flamengo tava uma bos**, será que vai continuar nessa?

Link to post
Guest
This topic is now closed to further replies.
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...