Jump to content
Sign in to follow this  
E.R

ORKUT

Recommended Posts

JVCH
É porque eu acho que Deus foi inventado para controlar as pessoas, enganando-as.

O Deus supremo (nao exatamente o catolico) ja existia antes do humano, o humano inventou a religiao ... bem diferente ... nao tenho linha religiosa, mas creio em deus ...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai
É porque eu acho que Deus foi inventado para controlar as pessoas, enganando-as.

O Deus supremo (nao exatamente o catolico) ja existia antes do humano, o humano inventou a religiao ... bem diferente ... nao tenho linha religiosa, mas creio em deus ...

Deus nunca faria uma coisa dessas. Só que tem uma coisa que eu concordo com o Calvin: E se nós morrermos e descobrirmos que Deus é um enorme frango?

OBS: A propósito, ateu não significa "sem religião", e sim "pessoa que não acredita em Deus". O próprio nome já diz (a = não, teu = deus), mas as pessoas confundem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seu Barriga

Creio que alguns posts deveriam ser removidos ou algum moderador controlar a situação, pois estou percebendo que o assunto discutido não está relacionado a nada com o tema de origem do tópico e está quase provocando uma briga! :ponder:

Bom, mas aproveitando os comentários, diversas vezes eu fico pensando e tento trazer uma reposta para a seguinte pergunta:

Como é que uma pessoa pode não gostar ou não crer em Deus?

Se nós analisarmos bem, ele sempre está do nosso lado, independente da situação, mesmo às vezes quando nós não percebemos e sempre nos quer o bem!

É porque eu acho que Deus foi inventado para controlar as pessoas, enganando-as.

Bom, acredita quem quer, pois Deus não obriga ninguém a segui-lo e sobre a criação da religião, é difícil falar de outra religião, pois a grande maioria crê que a mesma foi criada por Deus, mas na minha opinião, a única que foi criada por Deus é a Igreja Católica!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai

Na verdade vocês estão confundindo religião com instituição religiosa.

Deus criou apenas uma religião. O que nós temos aqui (catolicismo, protestantismo, islamismo, judaísmo, hinduísmo, budismo entre outras) são instituições religiosas, que passam o que Deus ensinou de maneiras diferentes, e atribuindo os ensinamentos a personagens diferentes (Jesus para o cristianismo, Maomé para o islã, e assim por diante).

EDIT: Vixe, esse tópico tá igual ao tópico "Como se faz milkshake?"!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seu Barriga

Cara, cada instituição religiosa é uma religião, caso contrário, cada instituição religiosa ia se contradizer.

Religião é somente um termo para indicar um tipo de crença na existência de uma forma ou força sobrenatural, criadora e reguladora do Universo, que provêem do homem uma natureza espiritual e que se perpetua após a morte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai

Cara, cada instituição religiosa é uma religião, caso contrário, cada instituição religiosa ia se contradizer.

Religião é somente um termo para indicar um tipo de crença na existência de uma forma ou força sobrenatural, criadora e reguladora do Universo, que provêem do homem uma natureza espiritual e que se perpetua após a morte!

Cada um no seu quadrado. Se você acha que é isso, então fique com sua opinião. Eu apenas disse o que a minha família acha sobre isso. Até pouco tempo atrás minha opinião sobre o que era religião era a mesma que você.

OBS: Ricardo, não precisa ficar copiando do dicionário todo e qualquer termo que você ver que estão discutindo o significado.

O tópico tá todo desviado, deveria ser fechado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Antonio

Creio que alguns posts deveriam ser removidos ou algum moderador controlar a situação, pois estou percebendo que o assunto discutido não está relacionado a nada com o tema de origem do tópico e está quase provocando uma briga! :ponder:

Bom, mas aproveitando os comentários, diversas vezes eu fico pensando e tento trazer uma reposta para a seguinte pergunta:

Como é que uma pessoa pode não gostar ou não crer em Deus?

Se nós analisarmos bem, ele sempre está do nosso lado, independente da situação, mesmo às vezes quando nós não percebemos e sempre nos quer o bem!

É porque eu acho que Deus foi inventado para controlar as pessoas, enganando-as.

Bom, acredita quem quer, pois Deus não obriga ninguém a segui-lo e sobre a criação da religião, é difícil falar de outra religião, pois a grande maioria crê que a mesma foi criada por Deus, mas na minha opinião, a única que foi criada por Deus é a Igreja Católica!

Meu professor de Crisma diz quase a mesma coisa que vc disse.

Ele só não disse que a católica foi a única que foi criada por Deus.

Ele vive dizendo que a catolica é uma das unicas que não obriga os fieis a nada. Nem a ler a biblia, nem a ir a igreja; por isso muitos catolicos "apanham" em conhecimento sobre a igreja pelos evangélicos.

Cara, cada instituição religiosa é uma religião, caso contrário, cada instituição religiosa ia se contradizer.

Religião é somente um termo para indicar um tipo de crença na existência de uma forma ou força sobrenatural, criadora e reguladora do Universo, que provêem do homem uma natureza espiritual e que se perpetua após a morte!

Cada um no seu quadrado. Se você acha que é isso, então fique com sua opinião. Eu apenas disse o que a minha família acha sobre isso. Até pouco tempo atrás minha opinião sobre o que era religião era a mesma que você.

OBS: Ricardo, não precisa ficar copiando do dicionário todo e qualquer termo que você ver que estão discutindo o significado.

O tópico tá todo desviado, deveria ser fechado.

Podem continuar comentando. Enquanto a conversa estiver saudável, tudo bem. Depois eu movo os post e faço um tópico novo com esses post ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai

Deus não existe. :muttley:

Acontece que o que a Ciência não pode explicar, as pessoas atribuem a Deus. Mas mesmo assim ele existe. E ele não se preocupa que existam pessoas que não acreditem nele. Apenas se preocupa com gente que vai contra ele.

Só que, mesmo que eu acredite em Deus, eu ainda tenho uma pergunta (tirada de uma tira do Calvin):

E SE NÓS MORRERMOS E DESCOBRIRMOS QUE DEUS É UM ENORME FRANGO?

EDIT:

Creio que alguns posts deveriam ser removidos ou algum moderador controlar a situação, pois estou percebendo que o assunto discutido não está relacionado a nada com o tema de origem do tópico e está quase provocando uma briga! :ponder:

Bom, mas aproveitando os comentários, diversas vezes eu fico pensando e tento trazer uma reposta para a seguinte pergunta:

Como é que uma pessoa pode não gostar ou não crer em Deus?

Se nós analisarmos bem, ele sempre está do nosso lado, independente da situação, mesmo às vezes quando nós não percebemos e sempre nos quer o bem!

É porque eu acho que Deus foi inventado para controlar as pessoas, enganando-as.

Bom, acredita quem quer, pois Deus não obriga ninguém a segui-lo e sobre a criação da religião, é difícil falar de outra religião, pois a grande maioria crê que a mesma foi criada por Deus, mas na minha opinião, a única que foi criada por Deus é a Igreja Católica!

Meu professor de Crisma diz quase a mesma coisa que vc disse.

Ele só não disse que a católica foi a única que foi criada por Deus.

Ele vive dizendo que a catolica é uma das unicas que não obriga os fieis a nada. Nem a ler a biblia, nem a ir a igreja; por isso muitos catolicos "apanham" em conhecimento sobre a igreja pelos evangélicos.

Isso agora, porque na época da Inquisição se tu faltasse 1 culto se quer:

Large_bonfire.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seu Barriga

Cara, cada instituição religiosa é uma religião, caso contrário, cada instituição religiosa ia se contradizer.

Religião é somente um termo para indicar um tipo de crença na existência de uma forma ou força sobrenatural, criadora e reguladora do Universo, que provêem do homem uma natureza espiritual e que se perpetua após a morte!

Cada um no seu quadrado. Se você acha que é isso, então fique com sua opinião. Eu apenas disse o que a minha família acha sobre isso. Até pouco tempo atrás minha opinião sobre o que era religião era a mesma que você.

OBS: Ricardo, não precisa ficar copiando do dicionário todo e qualquer termo que você ver que estão discutindo o significado.

O tópico tá todo desviado, deveria ser fechado.

Eu somente estou colocando a minha opinião, se alguém concorda ou não, então vai depender da consciência de cada um! Somente estou dizendo que o que você disse está errado, pois pense bem:

Se a religião fosse uma coisa criada por somente um Deus, então as instituições religiosas que crêem que existem mais de um Deus iriam acabar se contradizendo, entendeu! :leitor:

Interessante como todo mundo acha que sabe tudo que Deus quer e pensa.

Isso vai da fé de cada um, por exemplo, eu acredito no Cristianismo, portanto, na Bíblia contém todas as passagens e narrativas da fé de um Cristão!

Nada na fé tem que ser interpretado e sim entendido, por isso que existem as instituições religiosas, no qual no Cristianismo se encontra a Igreja Católica que serve para auxiliar os cristãos, entretanto, também existem coisas na fé que não tem explicação e que não se admitem contestações, no qual são os dogmas!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai

Cara, cada instituição religiosa é uma religião, caso contrário, cada instituição religiosa ia se contradizer.

Religião é somente um termo para indicar um tipo de crença na existência de uma forma ou força sobrenatural, criadora e reguladora do Universo, que provêem do homem uma natureza espiritual e que se perpetua após a morte!

Cada um no seu quadrado. Se você acha que é isso, então fique com sua opinião. Eu apenas disse o que a minha família acha sobre isso. Até pouco tempo atrás minha opinião sobre o que era religião era a mesma que você.

OBS: Ricardo, não precisa ficar copiando do dicionário todo e qualquer termo que você ver que estão discutindo o significado.

O tópico tá todo desviado, deveria ser fechado.

Eu somente estou colocando a minha opinião, se alguém concorda ou não, então vai depender da consciência de cada um! Somente estou dizendo que o que você disse está errado, pois pense bem:

Se a religião fosse uma coisa criada por somente um Deus, então as instituições religiosas que crêem que existem mais de um Deus iriam acabar se contradizendo, entendeu! :leitor:

Ah, bom!

Mas aí no caso, segundo minha fé, os deuses dessa religião são na verdade espíritos, não deuses. Por exemplo, pra mim o Lorde Ganesha é um espírito, não um deus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andy

Voltando ao assunto do tópico:

[Jornal do Meio Dia - 03/11/09] Reportagem sobre o novo Orkut

<object width="640" height="505"><param name="movie" value="

name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="
type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="640" height="505"></embed></object>

Share this post


Link to post
Share on other sites
Samurai

Voltando ao assunto do tópico:

O José Antonio Felipe disse que iria separar o tópico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Antonio

Voltando ao assunto do tópico:

O José Antonio Felipe disse que iria separar o tópico.

O José Antonio Felipe ficou sem internet ontem por causa de uma chuva que fez o Speedy parar de funcionar. Irei arrumar. Não precisa mais cobrar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andy

Tema do meu novo Orkut definido

OgAAAJfzTOyVYt_aVBuEeO65KXYZFPCl2A2rAgLvZsyVjXCTSSXULshu82-5YpMZGMQJ9FAZRs_8f_COx7TJeRMZ27oAm1T1UPW4GqBuEwxV1f91wtq-wJtR1GoC.jpg

Agradecimentos ao Guidorizzi pelo convite (embora eu tinha pedido a ele antes :P)

Ps: Não mandem MPs para ele pedindo convites, OK? Mesmo porque, os convites acabaram ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor235

Subindo o tópico pois o Orkut completou 10 anos e isso trouxe algumas discussões à tona. Achei melhor usar este tópico do que criar um novo. Basta alguém movê-lo para Games & Informática :joinha:.

NOTÍCIAS
Aos 10 anos, Orkut vira alternativa à badalação do Facebook

Por Leonardo Pereira - em 24/01/2014 às 08h00

Resumo: Site já foi a maior rede social do Brasil, mas perdeu terreno para o Facebook e acabou esquecido até pelo Google

http://img1.olhardigital.uol.com.br/area_logada/imagem.php?id=450803

(Foto: Wikimedia Commons)

Esta sexta-feira, 24, marca o aniversário de dez anos do Orkut, o serviço que fez o brasileiro conhecer, se familiarizar e adotar o conceito de web 2.0. Foi graças ao Orkut que o Facebook é o que é por aqui, e se não fosse por ele talvez não tivéssemos aceitado tão facilmente a chegada de produtos como Twitter e LinkedIn. Mas os dias de glória desta que já foi a maior rede social do país são passado, e o próprio Google lutou pouco para impedir a derrota do site.

A queda do Orkut foi tão acentuada que levou apenas dois anos para o site despencar da 1ª à 7ª posição em termos de participação de usuários de redes sociais no Brasil. Boa parte disso, aliás, em pouquíssimos meses, porque o Orkut ainda era a 3º rede mais acessada em maio de 2013, mas em dezembro havia perdido quatro posições.

20140123235016.jpg

Reprodução

Se no último mês de 2011 33,44% das visitas feitas por brasileiros a sites do gênero miravam o Orkut, em dezembro de 2013 apenas 0,64% dos internautas daqui ainda voltavam ao serviço, de acordo com levantamento feito pela Experian Hitwise a pedido do Olhar Digital.

Não é só isso. Dados obtidos pela reportagem junto à comScore revelam que entre julho e dezembro passados o Orkut perdeu 6,5 milhões de visitantes únicos (foi de 12,5 mi a 6 mi), enquanto a quantidade de internautas do país não parou de crescer. Hoje, o site só chega a 7,6% da população conectada do Brasil.

O abre alas da internet

Antes desse declínio, o Orkut foi a rede social do brasileiro e sua importância era tão grande para a formação do internauta no país que alguns especialistas - e o Google - consideram que o site foi a porta de entrada à rede para muita gente.

“A sensação de fazer parte de uma rede e pertencer a não uma, mas várias comunidades com conteúdo pertinente e 100% brasileiro foi contagiante”, comenta Marcelo Bressan, analista de Marketing em Negócios do C.E.S.A.R. (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife). “Rapidamente o internauta brasileiro conseguiu ter uma presença significativa em uma rede global, com algo em torno de 60% de presença brasileira.”

Para o professor Almir Meira Alves, que coordena os cursos de Engenharia da Computação e de Produção 2.0 da FIAP, foi o Orkut que abriu caminho para a chegada de outras redes sociais por aqui - inclusive o Facebook. “Por muito tempo a principal ferramenta da web 2.0 foi o Orkut”, diz ele.

Por que perdeu?

Há mais de uma explicação para a derrota do Orkut, mas de certa forma todas têm relação com o Facebook. O site de Mark Zuckerberg teve de fazer mais de uma tentativa para entrar no Brasil, pois na primeira os internautas daqui ainda não estavam prontos para a mudança. “No início ele parecia voltado a quem tinha um nível educacional mais elevado”, comenta Alves, explicando que o Facebook era mais complicado que o Orkut e ainda não havia sido traduzido do inglês.

Depois, à medida que a rede foi tomando corpo, o brasileiro passou a se sentir mais confortável com ela e começou a adotá-la de vez, deixando o site do Google para trás. “Uma vez que um dos pontos fortes do Orkut eram as comunidades, bastou um número relevante de formadores de opinião migrar para redes sociais novas que algumas comunidades foram gradualmente eliminadas, por perderem em peso e relevância”, avalia Bressan.

Então o Google mexeu seguidas vezes no site, mas nunca a ponto de prender a atenção do usuário, e acabou desistindo da luta. O blog oficial da rede social não recebe atualizações desde outubro de 2012 e, quando pedimos comentários sobre os dez anos da plataforma, a empresa se limitou a enviar a seguinte nota:

“Lançamos o Orkut em janeiro de 2004 e, ao longo da última década, a plataforma evoluiu para se tornar um exemplo de como as pessoas se relacionam na internet. No Brasil, o Orkut foi a porta de entrada à internet para muitos usuários.”

O que restou

Restam alguns usuários persistentes, a maioria de São Paulo, na faixa entre 15 e 34 anos, com uma pequena vantagem para os homens, conforme os dados da comScore. São pessoas que resistem ao Google+ e preferem o Orkut vazio, sem tantas comunidades recreativas.

De ponto de encontro na internet brasileira, o site se transformou em rede de fóruns de nicho. Um lugar para quem quer fugir do Facebook.

OLHAR DIGITAL

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...