Jump to content
Sign in to follow this  
Clark Kent

NASA

Recommended Posts

chavesmaniaco1002

Me lembro de quando lançaram esta sonda, teve toda uma cobertura para isso. Espero que consigam descobrir coisas interessantes. :joia:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

NASA: Montanha em Marte pode ter surgido de sedimentos de um lago:

thumb-98976-marte-resized.jpg

Uma montanha marciana pode ter se originado com o tempo a partir de sedimentos de um lago, afirmaram cientistas da Nasa, que seguem os passos da sonda Curiosity, que esquadrinha o Planeta Vermelho.

A última análise se baseia em rochas descobertas nos aclives do Monte Sharp, situado, estranhamente, no centro de uma cratera de Marte.
Embora ainda não estejam certos de quanto tempo o vizinho da Terra teve umidade em sua história, para os cientistas foi uma "grande surpresa" descobrir rochas inclinadas e um solo que indica a existência do leito de um lago na cratera, disse John Grotzinger, cientista do projeto Curiosity, do Instituto de Tecnologia da Califórnia.
Conhecidos como estratos inclinados, este tipo de formação geológica é chave para a compreensão de como se forma o planeta. Mas é difícil encontrar exemplos disso, inclusive na Terra, disse o especialista a jornalistas.
"Quando vimos os estratos inclinados e comprovamos que se inclinavam na direção do Monte Sharp foi uma grande surpresa", disse.
"Onde agora há uma montanha, pode ter havido alguma vez uma série de lagos", prosseguiu.
As fotos e os dados do solo marciano coletados pela Curiosity nas camadas sedimentares mais baixas do Monte Sharp, que chega a cerca de 5 Km de altitude, ajudaram os cientistas a descobrir que os rios no passado transportaram areia e lodo para o lago, depositando sedimentos na foz do rio.
Este processo pode ter se repetido mais de uma vez até formar um delta.
"Depois que a cratera se encheu até, pelo menos, centenas de metros e os sedimentos se solidificaram e se tornaram rochas, com o tempo as camadas acumuladas de sedimentos foram esculpidas com esta forma montanhosa e através da erosão do vento, que talhou o material que havia entre o perímetro da cratera e o que agora é a borda da montanha", explicou a Nasa em um comunicado.
Acredita-se que, bilhões de anos atrás, o Planeta Vermelho fosse muito mais quente e tivesse uma atmosfera mais densa por ter suportado água líquida e possivelmente alguma forma de vida.
Os últimos dados "tendem a indicar que Marte era quente e úmido antes do que pensávamos, cerca de 3,5 bilhões de anos atrás", disse Ashwin Vasavada, segundo cientista do projeto Curiosity no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa em Pasadena, ao norte de Los Angeles.
"O que não sabemos é se foi de forma contínua ou esporádica", disse a jornalistas.
A sonda da agência espacial americana, que custou US$ 2,5 bilhões, explora Marte desde que pousou na cratera Gale, em 2012, e viajou oito quilômetros desde que tocou o solo marciano.
À medida que o veículo subir, os cientistas esperam entender melhor como a montanha se formou e o que ocorreu bilhões de anos atrás em Marte, que agora é um planeta frio e seco, com uma atmosfera muito fina.

Edited by JoelJunior15

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Engraçado que tudo para a NASA em Marte tem relação com água... :headscratch:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Engraçado que tudo para a NASA em Marte tem relação com água... :headscratch:

É por quê água é sinônimo de vida (Não me diga? :P). Se há água, há chances de ter condições de vida em Marte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

É por quê água é sinônimo de vida (Não me diga? :P). Se há água, há chances de ter condições de vida em Marte.

Nem é por isso, qualquer formação rochosa lá se deve à presença de água anteriormente, pode aparecer uma mancha na pedra que eles dizem que é em decorrência da água. :muttley::muttley:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Nem é por isso, qualquer formação rochosa lá se deve à presença de água anteriormente, pode aparecer uma mancha na pedra que eles dizem que é em decorrência da água. :muttley::muttley:

Tá, essa busca louca por água é pra quê? Pra se ter a noção se há chance de ter vida ou não, oras... :muttley:

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

Tá, essa busca louca por água é pra quê? Pra se ter a noção se há chance de ter vida ou não, oras... :muttley:

Mas não estou falando da busca pela água, mas sim da justificativa de tudo em Marte pela água. :tonguemad:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Mas não estou falando da busca pela água, mas sim da justificativa de tudo em Marte pela água. :tonguemad:

Ah sim, eu devo ter interpretado errado, foi mal... :tonguemad: :tonguemad: :tonguemad:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Nasa divulga imagens da primeira erupção solar detectada em 2015:

Erupção solar de intensidade moderada foi registrada na segunda-feira.
Radiação de erupções intensas podem interferir em sinais de GPS.

solar-flare.jpg

A Nasa divulgou, nesta terça-feira (13), a imagem da primeira erupção solar detectada em 2015. O pico do fenômeno foi registrado às 14h24 (horário de Brasília) desta segunda-feira.

Erupções solares são explosões repentinas na superfície do Sol que se caracterizam pela liberação de grandes quantidades de radiação e que podem ser causadas por mudanças no campo magnético.

O fenômeno foi classificado como uma erupção de classe M5.6. Trata-se de uma explosão de nível moderado, cerca de um décimo da intensidade das erupções mais intensas já registradas.

Segundo a Nasa, radiações prejudiciais liberadas em erupções solares não podem atingir a atmosfera terrestre de modo a afetar a população. Mas, se forem muito intensas, podem atingir a camada da atmosfera por onde transitam os sinais de GPS e de outros tipos de comunicação.

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/01/nasa-divulga-imagens-da-primeira-grande-erupcao-solar-de-2015.html

Edited by JoelJunior15

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Antonio

NOTÍCIAS

Veículo Opportunity deveria funcionar por 90 dias em Marte, mas já completa 11 anos de trabalho: http://gizmodo.uol.com.br/opportunity-11-anos/

Em 2004, o veículo Opportunity da NASA aterrissou em Marte para o que deveria ser uma missão de 90 dias. Neste fim de semana, ele completou onze anos de atividade no planeta vermelho.

O rover tem se afirmado como uma maravilha da engenharia, e viajou por quase 42 km sobre a superfície marciana, mais do que qualquer outro veículo de superfície fora da Terra. Sim, um instrumento feito pelo homem percorreu quase uma maratona completa na superfície de outro planeta.

Opportunity sofreu com o peso da idade. O veículo teve problemas mecânicos ao longo dos 11 anos de missão e chegou a ficar preso em uma grande duna de areia, se livrando dela logo em seguida, lá em 2005.

Mas, em 2004, tudo era alegria: a NASA tinha acabado de aterrissar seu segundo rover em Marte em apenas um mês. Você pode reviver o momento exato em que a Opportunity toca o solo (com Arnold Schwarzenegger e Al Gore na plateia) e as primeiras imagens do rover são transmitidas através do poder da internet:

Share this post


Link to post
Share on other sites
chavesmaniaco1002

11 anos, eita, o veículo durou, mas não descobriram tanta coisa nestes 11 anos. :duh:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoelJunior15

Nasa comemora aumento de verba graças a orçamento de Obama


Obama anunciou planos para uma missão de exploração da lua de Júpiter, Europa.

mundo-eua-obama-diaseguinte-discurso.JPG

A Nasa celebrou nesta segunda-feira a proposta do presidente Barack Obama para aumentar a verba da agência espacial americana e anunciou planos para uma missão de exploração da lua de Júpiter, Europa.

O administrador da agência, Charles Bolden, disse no centro espacial Kennedy, na Flórida, que a Nasa deu passos largos em sua jornada rumo a Marte - onde uma missão humana está planejada para 2024 - com um voo de testes quase perfeito com a nova nave espacial Orion.

Ele também mencionou o sucesso na transferência das missões de reabastecimento da Estação Espacial Internacional a parceiros comerciais, que tem os primeiros voos tripulados previstos para 2017.

Embora o projeto de orçamento de quase 4 trilhões de dólares de Obama precise vencer uma colina íngreme em um Congresso controlado pelos Republicanos, o apoio à agência espacial tende contar com a adesão dos dois partidos.

"O presidente Obama está propondo um orçamento para o ano fiscal de 2016 de 18,5 bilhões de dólares para a Nasa, elevando os significativos investimentos que o governo fez no programa espacial americano nos últimos seis anos", afirmou Bolden em transmissão online exibida em centros mostrada em centros da Nasa em todo o país.

"Isso representa um aumento de meio bilhão de dólares sobre o orçamento do ano passado, e é claramente um voto de confiança em vocês - os funcionários da Nasa - e no ambicioso programa de exploração que vocês estão executando", acrescentou.

Bolden afirmou que as áreas-chave da Nasa são continuar a preparar uma missão tripulada a Marte, assim como desenvolver sistemas avançados de propulsão solar elétrica, necessários para uma missão de redirecionamento de um asteroide.

"Nós identificados alguns asteroides que poderiam ser bons candidatos e vamos tomar uma decisão em breve sobre uma opção de captura", prosseguiu.

Bolden também falou sobre uma nova missão para Júpiter, mas deu poucos detalhes.

"Olhando para o futuro, nós estamos planejando uma missão para explorar a fascinante lua Europa de Júpiter, selecionando instrumentos nesta primavera e passando para a próxima fase do trabalho", prosseguiu.

Em 2011, a Nasa enviou uma nave espacial movida à energia solar de 1 bilhão de dólares, chamada Juno, para uma missão de cinco anos a Júpiter.

Juno, que deve chegar em julho de 2016, foi lançada pouco mais de duas semanas após a última missão espacial retornar para a Terra e do encerramento definitivo do programa de 30 anos de ônibus espaciais.

A Agência Espacial Europeia já tem uma nave espacial não tripulada nos trabalhos de exploração das luas congeladas de Júpiter, incluindo Europa.

A sonda de exploração das luas congeladas de Júpiter (JUICE, sigla em inglês) tem chegada em Júpiter prevista para 2030 para uma missão com duração de três anos.

http://noticias.terra.com.br/ciencia/espaco/nasa-comemora-aumento-de-verba-gracas-a-orcamento-de-obama,65ffe23f26c4b410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tony Nelson

Uma viagem ao Europa seria fantástico, pena que se situa há tantos anos da Terra :triste:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...