Jump to content
Sign in to follow this  
Bugiga

Fanfics e Remakes

Recommended Posts

João A pão de ló!

Achiles muito criativo!!! ;)

  • Like 1

Share this post


Link to post
JoelJunior15

Muito bom, Aquiles. Achei ótima, já dei meu like. :like:


Muito criativo. :)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Don_aCHiles

Valeu novamente galera. :)

Queria pedir que quando eu postasse, ao lerem também comentassem. Como disse é bom saber que tem um retorno e me motiva a criar mais. :)

Share this post


Link to post
Don_aCHiles

Título: Disputa por emprego
Ano: ?
Duração: Aproximadamente 14 minutos

Elenco:
Chespirito -> Chaveco
Florinda Meza -> Chimoltrúfia
Edgar Vivar -> Botijão
Horácio Gomés Bolaños -> Cliente
Anturo García Tenorio -> Policial Hernandéz
Esperanza Navarro -> Garçonete

BLOCO 1



Disputa por emprego


- O episódio tem início com Botijão comendo um prato de comida na sua casa de forma triste e fala:
Meu amor, por favor venha cá.

Chimoltrúfia - Diz Botijão. - Sentando na cadeira -
Botijão - Eu estava pensando... Com o que você fez essa comida?
Chimoltrúfia - Com a panela.

[RISOS]

Botijão - Não, eu quero dizer de onde veio o dinheiro para você comprar essa comida?
Chimoltrúfia - Do "emprego em que estou empregada".
Botijão - Exatamente, agora me diga: que participação eu tive nessa comida?
Chimoltrúfia - Você participou com a boca.

[RISOS]

Botijão - Não meu amor, quero dizer: Eu ajudei com dinheiro para você comprar essa comida?
Chimoltrúfia - Ah não. Mas é porque você não achou emprego depois que anunciaram a reforma do Hotel do Seu Lúcio.
Botijão - Pois é, e por isso me sinto mal. - Põe a cabeça na mesa de forma triste -
Chimoltrúfia - Ah Botijão, não fica assim, não precisa se envergonhar. Tenho certeza que alguém vai bater nessa porta com uma notícia salvadora! - Fala sorridente e no mesmo momento batem na porta -
Chimoltrúfia - Ai Botijão, olha aí, não disse?
Botijão - Hum... Vou atender.

- Quando Botijão abre a porta, Chaveco está parado lá, Botijão mesmo assim fica olhando pra frente como se procurasse alguém, até que fecha a porta e fala:
Não há ninguém.

[RISOS]

Chimoltrúfia - Oxe, mas que estranho. Podia jurar que tinha visto o Chaveco aí na porta.
Botijão - Sim, era ele.
Chimoltrúfia - E mesmo assim você bateu a porta na cara dele?!
Botijão - Meu amor, de onde você pode pensar que o Chaveco é o "salvador" da minha situação?
Chimoltrúfia - Se levanta da cadeira e enquanto vai até a porta, ela fala:
Mas acontece que o Chaveco é seu amigo e você tem que recebe-lo aqui em casa! - Abre a porta e ela vê Chaveco sentado na porta com o boné sobre a cabeça, parecendo estar dormindo -

[RISOS]

Chimoltrúfia - Ai Botijão, o Chaveco morreu! - Pondo a mão no rosto -
Botijão - An? O que? - Vai correndo até a porta e quando o vê, diz:
Ah não meu amor, ele deve tá dormindo ou melhor: Deve estar apenas dormindo para dizer que nós demoramos muito para atender a porta.

Chimoltrúfia - O "poblema" é que é ruim de acordar ele.
Botijão - Calma, isso é questão de cabeça. Vamos Chaveco, consegui um emprego novo para você - Chaveco não se mexe -
Botijão - Vamos continuar tentando: Chaveco, o Palmeiras perdeu ontem! - Chaveco não se mexe -
Botijão - Chaveco, a garçonete do restaurante da esquina deu o número do telefone pra você! - Neste momento Botijão e Chimoltrúfia se afastam pensando que Chaveco iria acordar com a notícia.

[RISOS]

Chimoltrúfia - Ah Botijão, você já tentou de mais. Agora é minha vez: Vou cantar pro Chaveco pra ele acordar - Nesse momento Chaveco levanta a mão, tapando a boca de Chimoltrúfia -

[RISOS]

Chaveco - Já acordei, já acordei já.
Botijão - Hahaha.
Chimoltrúfia - Do que você tá rindo Botijão?!
Botijão - Ora, ele só tava se fazendo mesmo que estava dormindo.
Chaveco - Pois é, vocês demoram muito pra abrir a porta para um amigo ein. - Os 3 entram na casa -
Botijão - Sentando na cadeira - Mas enfim, a que devemos a "honra" da sua visita? - Fala como deboche -
Chaveco - Eu só vim perguntar se você já arrumou um serviço pra nós.
Botijão - Que história é essa de "nós"?! Não existe nenhum "nós"! Até porque não consegui sequer um emprego pra mim.
Chaveco - Bom, em muitos lugares eles precisam de burro de carga.

[RISOS]

Botijão - Ah, vem cá. - Puxa o pente -
Chaveco - Não, não... Não - Botijão dá um tapa em Chaveco -
Botijão - Da próxima vez eu vou fazer você sentir meu peso, quando eu estiver em cima de você! - Chaveco olha estranho pra Botijão - Além do que Chaveco, não sei porque você tá tendo dificuldades para arranjar um trabalho.
Chaveco - Ora, ninguém confia num ex presidiário.
Botijão - Disso eu sei, mas não sabia que levam isso em consideração para contratar um anão de circo. Hahaha

[RISOS]

Chaveco - Ô Botijão, sabe o que é preciso para um homem rir na minha cara?! - Se levanta da cadeira -
Botijão - O quê?! - Também se levanta da cadeira -
Chaveco - Diminuindo o tom de voz - Ele tem que se abaixar. - Chaveco pega na cabeça de Botijão e desce de maneira que fique da mesma altura que a dele -

[RISOS]

Chimoltrúfia- Ai Chaveco, como você é frouxo.
Chaveco - Eu sou o quê?!
Chimoltrúfia - Frouxo!
Chaveco - Ah sim, sim, sim.

[RISOS]

Chaveco - Só sei de uma coisa: Quando o Botijão tiver arranjado um emprego, eu já terei arranjado, porque sou bem melhor que ele nisso. Hihihi.

[RISOS]

Botijão - Ah, mas eu ganho de você.
Chaveco - Que ganha o que Botijão. E daquela vez que você trabalhava como faxineiro de um prédio ein?
Botijão - Ora, mas isso é um emprego da alta!
Chaveco - Ah Botijão, da onde que faxineiro de prédio é emprego de alto nível?!
Botijão - Claro, eu limpava a cobertura do edifício.

[RISOS]

Botijão - Você quer apostar Chaveco que eu consigo mais dinheiro que você em uma semana?
Chaveco - Tudo bem Botijão, mas não vamos fazer à dinheiro certo?
Botijão - Hum... O que vai ser então?
Chaveco - Não sei, o que você tem em mente?
Botijão - Um beliscão.
Chaveco - Um o que?
Botijão - Beliscão. Quem ganhar vai e beslica o outro.
Chaveco - Não, isso só seria bom se fosse com a garçonete do restaurante da esquina. Hihihi.

[RISOS]

Botijão - Tá bem Chaveco, vamos apostar o que então?
Chaveco - Que tal a sua mulher?
Botijão - O quê?! - Puxa o pente -
Chaveco - Tô brincando Botijão.
Botijão - Ainda bem - Guarda o pente -
Chaveco - Até porque se fosse assim, você ia ficar me devendo se eu ganhasse. Hihihi.

[RISOS]

- Botijão se levanta e quando ia pra cima de Chaveco, este diz:
Não, calma Botijão. Você tem razão, sendo assim não apostamos nada, vamos apenas ver quem é melhor. Fechado?

Botijão - Fechado!

- Eles apertam as mãos e com isso o primeiro bloco se encerra -

BLOCO 2

- Botijão entra em sua própria casa de cabeça baixa e Chimoltrúfia, sentada em uma cadeira, fica observando ele, até dizer:
Como foi a busca por emprego Botijão?

Botijão - Mal, muito mal mesmo. Não consegui encontrar nada. Ai, ai, ai. - Começa a chorar com a cabeça em cima da mesa -
Chimoltrúfia - Indo ao encontro de Botijão - Calma Botijão, não fique triste.
Botijão - Tenho que ficar meu amor. Imagina se o Chaveco a uma hora dessas já tiver encontrado um emprego de categoria.

- Agora o cenário muda para uma rua onde Chaveco está com um carrinho de picolés, falando:
Sorvete, ô o sorvete! Vai sorvete aí?

[RISOS]

- Agora Chaveco vai caminhando até chegar num lugar em que estão alguns policiais fazendo um perícia no local, esse diz para um deles:
Vai um picolé aí, chefe?

P. Hernandéz - Não, não vê que estamos trabalhando?
Chaveco - Sim, chefe mas num calor desse e com uma farda dessa um picolé cairia bem, não é?
P. Hernandéz - Senhor, a melhor coisa para mim era que você ficasse em silêncio, não quero você nessa rua.
Chaveco - Tudo bem, me desculpe.
P. Hernandéz - Obrigado. - Sai do local; Chaveco também se retira -

- Chaveco volta a andar pela rua e quando o policial Hernandéz da a volta, Chaveco volta a falar:
Sorvete! Sorvete! Vai sorvete aí?

[RISOS]

- Policial Hernandéz vira irritado e fala:
Ô meu! Eu num disse que não queria você aqui nessa rua.

Chaveco - Mas eu não estou na rua.
P. Hernandéz - Ah, não? E está aonde então?
Chaveco - Na calçada. - Aponta pra baixo -

[RISOS]

P. Hernandéz - Chega de gracinhas senhor. O senhor não pode vender seus picolés em outro lugar?
Chaveco - Tudo bem, mas pode me explicar por que não posso aqui?
P. Hernandéz - Porque aqui estamos trabalhando.
Chaveco - Eu também estou trabalhando.

[RISOS]

P. Hernandéz - Mas por que não pode vender isso em outro lugar?
Chaveco - Olha, eu sou um cidadão e tenho meus direitos, portanto...

- Antes dele completar, Policial Hernandéz interrompe:
Tudo bem então, que remédio. Fazemos o seguinte, lhe dou isso - Põe uma nota de 100 em cima do carrinho - por todos os picolés aí dentro.

Chaveco - É sério?
P. Hernandéz - Sim.
Chaveco - Todos?
P. Hernandéz - Sim.
Chaveco - Mas todos?
P. Hernandéz - Sim, todos.
Chaveco - Assim, todos, todos, todos?

[RISOS]

P. Hernandéz - Sim, todos, todos, todinhos, todos!
Chaveco - Até os de uva?
P. Hernandéz - Sim, até os de uva.
Chaveco - Eita, mas os de uva acabaram.

[RISOS]

Chaveco - Gosta de morango?
P. Hernandéz - Ahhh, adoro.
Chaveco - Mas esses também acabaram.

[RISOS]

Chaveco - Que tal um de laranja ou de... - Quando Chaveco ia terminar, Policial Hernandéz completa:
Eu gosto de qualquer sabor.

Chaveco - Bom, sendo assim tudo bem - Pega a nota de 100 e põe no bolso - Obrigado viu. - Abre a tampa do carrinho e puxa dois picolés dele -

[RISOS]

P. Hernandéz - O que é isso? - Pegando os dois picolés -
Chaveco - São todos os picolés que estavam no carrinho.

[RISOS]

Chaveco - Tchau viu!

- Chaveco sai e o Policial Hernandéz fica de boca aberta com o que acabou de acontecer -

[RISOS]

- O cenário muda para a casa onde está Botijão com uma nota de 100 na mão e Chaveco do seu lado; Aquele fala:
Quer dizer que te deram 100 mangos só por dois picolés?

Chaveco - Sim, da licença. - Toma o dinheiro da mão de Botijão - Não seja invejoso viu.

[RISOS]

Chaveco - Eu vendo dois picolés vagabundo por 100 pau e você diz que vender picolé não é um bom emprego não é?
Botijão - E eu continuo dizendo. Chaveco, quem em sã consciência ia dar 100 mangos num picolé?
Chaveco - Um não, dois.

[RISOS]

Botijão - Falando irritado - Tanto faz, mas quem você acha que faria isso?!
Chaveco - Botijão, você acha que pessoas burras que nem a Chimoltrúfia é difícil de encontrar?

[RISOS]

- Chimoltrúfia grita da cozinha:
Vai ver só gato de armazém, eu "tou" ouvindo ein!

Chaveco - E você Botijão, ainda não achou um trabalho?
Botijão - Não.
Chaveco - Fala sorridente - Bom, estou cada vez mais perto de ganhar a aposta.
Botijão - Unrum. - Fala chateado -
Chaveco - Eu vou sair antes que sua mulher chegue aqui para me bater.

- Quando Chaveco vira, Chimoltrúfia está bem na frente dele arrumando as mangas e diz:
Não precisa Chaveco, eu tô bem aqui.

- Chaveco começa a apanhar de Chimoltrúfia, e Botijão fica com a mesma cara de antes sentado na cadeira como se não tivesse acontecido nada -

[RISOS]

- O bloco se encerra com um close em Botijão -

BLOCO FINAL

- Botijão novamente de cabeça baixa chega no restaurante da esquina, senta numa cadeira e diz:
Um copo de suco, por favor.

- Chaveco vira para atender e diz:
É pra já.

[RISOS]

Botijão - O que?! Você trabalha aqui?!
Chaveco - Ora, mas é claro. E com benefícios - Olhando para a garçonete e fala:
Oi boneca.

Garçonete - Ai Botijão, vai demorar muito pra vocês voltarem a trabalhar no hotel? Olha o que eu tenho que aguentar todo dia.

[RISOS]

Botijão - Hahaha, não tem previsão. Aliás, acho que vai demorar.
Garçonete - Deus do céu. - Sai do local -
Chaveco - Viu só? - Falando pra Botijão confiante - Tô quase conseguindo ela. - Pisca pra garçonete, que não retribui -

[RISOS]

Botijão - Hahaha Chaveco, tem certeza que tá quase conseguindo?
Chaveco - Sim, quase consegui na quarta, quase na quinta, quase na sexta...

[RISOS]

Chaveco - Alias, devo lhe avisar que hoje já é Sexta.
Botijão - Sim, e?
Chaveco - E que hoje é o último dia de sua aposta. Pois amanhã vamos ver quem conseguiu mais dinheiro.
Botijão - Acontece Chaveco, que você só conseguiu 100 mangos até agora.
Chaveco - Mais do que você não é?
Botijão - Sim, mas 100 mangos ainda dá pra eu conseguir.
Chaveco - Só não vá vender picolés que nem eu ein.

[RISOS]

Botijão - Ai Chaveco, seria impossível eu vender picolés e conseguir 100 mangos com isso.
Chaveco - Sim, pois você não tem o espírito do negócio como eu.

[RISOS]

Botijão - Chaveco, deixa de falar besteiras e ligue essa TV para que possamos ver a partida de futebol.
Chaveco - Ai, é mesmo. Pega o controle e liga a TV.
Chaveco - Assistindo ao jogo grita:
Vai e arremata!

- Um freguês acaba chegando e senta num lugar do restaurante em frente a Chaveco e fala:
Senhor, uma xícara de café por favor.

- Chaveco concentrado apenas na TV acaba por pegar uma garrafa de cerveja e da para o cliente -

[RISOS]

- O cliente olha estranho pra Chaveco e diz:
Não senhor, eu pedi uma xícara de café.

Chaveco - Continua concentrado na TV - Ah sim. - Dessa vez ele pega o pote de açúcar e bota duas colheres dele dentro da garrafa de cerveja -

[RISOS]

- O cliente olha impressionado e diz:
Senhor! Já basta! Já que não quer servir o que quero me dê por favor um pedaço de pé de porco para comer.

Chaveco - Certo. - Chaveco se abaixa ainda olhando pra TV e volta com um sapato na mão e põe em cima do prato do cliente -

[RISOS]

Cliente - O-o-o-o-o-o-Ouça mas o que é isso?!
Chaveco - Oxe, você não queria pé de porco?
Cliente - Sim.
Chaveco - Pois então, eu peguei o sapato do Botijão.

[RISOS]

Botijão - Você tá me chamando de porco é?
Chaveco - Foi com todo respeito. - Fala sorridente -
Cliente - Olha senhor, vai me atender direito sim ou não?!
Chaveco - Olha quer saber, o senhor tá reclamando demais, vai embora vai.

[RISOS]

Cliente - Como se atreve?! Sabia que isto pode lhe custar o emprego?
Chaveco - Ora, como que um cliente com essa cara que nem a sua pode fazer um mal a alguém.

[RISOS]

Cliente - Hahaha, legal você dizer isso porque eu sou o dono do restaurante! - Chaveco olha estranho e o Cliente fica com cara de raiva -

- Estamos agora na rua onde estão Chaveco e Botijão e andando -

Botijão - Hahaha Chaveco, se deu mal ein.
Chaveco - Pois é, o pior é que não me pagaram os 40 minutos que trabalhei lá.

[RISOS]

Chaveco - Mesmo assim Botijão quero lhe lembrar que ainda tenho os 100 mangos, então eu estou ganhando.
Botijão - Unrum. - Faz pouco caso -
Chaveco - Sem contar que ainda tem uma má notícia.
Botijão - Qual é?
Chaveco - É que nem deu para a gente terminar de ver a partida de futebol.
Botijão - Ora essa Chaveco, você assiste lá em casa.
Chaveco - É ruim ein... Da última vez que fui lá sua mulher me encheu de socos.
Botijão - Hahaha, mas o que... - Os olhos de Botijão começam a brilhar por ter uma ideia e fala:
É isso!

Chaveco - "É isso" o que?
Botijão - Chaveco! Me encontre amanhã de manhã na minha casa para acertamos a aposta.
Chaveco - Tudo bem então.

- O cenário agora representa o dia de Sábado com Chaveco andando pela rua em direção a casa de Botijão. No caminho, Chaveco percebe alguns homens com luvas de boxe golpeados e com a cara roxa. Chaveco continuar a caminhar sem dizer nada, chegando na casa de Botijão, este diz:
Arranjei um emprego Chaveco! - Mostrando muito dinheiro que está em suas mãos -

Chaveco - Como assim?!
Botijão - Haha, meu amor, venha cá!

- Chimoltrúfia sai da cozinha com luvas de boxe nas mãos e diz:
Quem vai ser o próximo? - Fazendo pose de lutador -

[RISOS]
- O episódio se encerra com uma cara de medo em Chaveco; Sobe os créditos e fim do episódio -

Leiam e comentem galera. :)

Acho que vai demorar agora pra eu fazer outra, vou esperar acabar o P2 da universidade que ainda nem começou. :P

Share this post


Link to post
Anderson silva

Escrevi umas 3 fanficts,postei no outro fórum,logo eu posto aqui ;)

Os títulos: A ladrões na vizinhança,com Chompiras e Peterete (2 pts)

O cãozinho do Professor Girafales.

Share this post


Link to post
RonDamón

Criei esse tópico para inventarmos alguns episódios de Chaves, Chapolin, Chaveco, Pancada, Dr. Chapatín e outros.

Share this post


Link to post
Chavo Arachán

Eu acho que já tem um tópico de roteiros feitos por nós, confira aqui: http://www.forumch.com.br/topic/5111-fanfics-e-remakes/

Share this post


Link to post
RonDamón

Legal e obrigado! :joia:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Chavo Arachán
1 minuto atrás, !Ah Que Kiko! disse:

Legal e obrigado! :joia:

De nada, mas antes de criar um tópico procure, e assim achará o tema do seu gosto.

Share this post


Link to post
JF CHmaníaco

Feitos por mim? :rolleyes::P 

==================

Tópico mesclado com "Fanfics e Remakes" :s_success: 

Share this post


Link to post
RonDamón

Pessoal eu estava pensando em fazer umas fanfics ou remakes e tive essas ideias:

Remakes
Os Atropelados - 1973
A Chegada do Sr. Garabito - 1979
Ser Pequeno tem suas Vantagens - 1979 2 Partes
O Velho do Saco - 1973
O Gato Atrpelado - 1978
Jogando Bola - 1975
A Venda da Vila - 1974
As Bombinhas - 1972
O Cãozinho - 1979 3 Partes
O Sapateiro - 1975 2 Partes
O Triciclo - 1975
O Papagaio - 1975
A Orquestra - 1978
O Ladrão - 1978 2 Partes
A Festa da Boa Vizinhança - 1978 4 Partes
Jaiminho Fotógrafo - 1979
Os Espíritos Zombeteiros - 1979
Os Toureiros - 1979 2  Partes
Os Cofrinhos - 1979
O Aniversário do Seu Madruga - 1978
A Casinha do Quico - 1973
Seu Madruga na Escolinha- 1978
A Dívida - 1977
A Casa da Bruxa - 1978
Acordando o Seu Madruga - 1973
As Advinhações - 1973
O Casamento do Século - 1977
As Panquecas - 1973


Fanfics
A Segunda Guerra Mundial
O Professor Girafales conta para as crianças na escola sobre a Segunda Guerra Mundial. Depois as crianças brincam de guerra.
O Papagaio do Jaiminho
Dona Neves dá um papagaio para Seu Jaiminho e ensina o bicho a elogiar o carteiro.
O Fim do Mundo
Chaves descobre que o mundo vai acabar e acaba tendo um piripaque e depois Quico joga água no Chaves e ele fala pro Quico que o mundo vai acaba, fazendo com que o Quico chore na parede.
Star Wars
Depois de Chaves, Quico e Nhonho assistirem Star Wars, os três começam a imaginar se estivessem em Star Wars.Os personagens começam a ter seus estilos: Chaves é Luke Skywalker, Nhonho é Chewbacca, Quico é Han Solo, Chiquinha é Princesa Leia sequestrada pelo Darth Vader, que é o Seu Madruga
A Maldição
Quico sem querer ''querendo'' quebra o espelho de sua mãe e agora se lembra que o Seu Madruga disse que quem quebra o espelho ganha 7 anos de azar, Quico tá com medo de ter 7 anos de azar, mas, Chaves e Godinez tentam ajudar Quico a se livrar do azar, mas vai dar certo?
Quico Reprovado
Após ser reprovado, Quico fica triste e começa a chorar. Chaves e seus amigos então, começam a ajudar o Quico a tirar 10(Missão Impossível).
O Canarinho
Dona Neves conta as crianças como conseguiu seu canarinho (Soreano).
O Pai do Seu Madruga
O pai do Seu Madruga (Preciso de um nome), resolve conhecer sua neta (Chiquinha) e reencontrar seu filho e sua mãe(Dona Neves). Ele belisca o Quico e leva um tapa de Dona Florinda achando que é o Seu Madruga disfarçado.
 

Só não pensei em qual fazer primeiro. :triste:

Edited by !Ah Que Kiko!

Share this post


Link to post
Multich

E se Quico e Seu madruga continuasse na série,para mim a série iria até 1988

O Mercado do Seu Madruga(1987)

Eu pensei nisso se a série continuasse e seu madruga e Quico continuasse na série,pode ser que tenha mais um cenário para fazer histórias inédita 

E teria:A vila,a escolinha,o restaurante da dona Florinda e o mercado do seu madruga 

 

Edited by Multich

Share this post


Link to post
Professor Inventivo
45 minutos atrás, Multich disse:

E teria:A vila,a escolinha,o restaurante da dona Florinda e o mercado do seu madruga 

 

Ou talvez ficaria na mesmice. 

Restaurante foi criado por causa da saída deles. 

A escolinha ganhou mais ênfase por isso. 

Share this post


Link to post
Multich
5 minutos atrás, Professor Inventivo disse:

Ou talvez ficaria na mesmice. 

Restaurante foi criado por causa da saída deles. 

A escolinha ganhou mais ênfase por isso. 

Se eles continuasse,talvez haveria o restaurante da dona Florinda por causo dos remakes e não teria muito episódios na escolinha 

Para mim a série iria até 1988,Se eles continuasse talvez poderia existir o mercado do seu madruga 

Edited by Multich

Share this post


Link to post

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...