Jump to content

QUADRINHOS & GIBIS


Victor235

Recommended Posts

Victor235
12 horas atrás, Maylene disse:

@Victor235 Esse superalmanaque acabei desfazendo há pouco tempo, mas vi no Inducks que as histórias vem das revistas dessa mesma época ou um pouco antes. Devo ter tido uma revista com a história "Azar no Vôo 171". Quando eu olho as revistas também vasculho as da Disney dessa época pra trás, quem sabe me deparo com a tal revista com essa história.

Sei que você tinha pois a capa que está no Guia dos Quadrinhos foi enviada por você. O que fez com ele? Essas edições são difíceis de aparecer.

Link to post
  • Replies 7.3k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • Victor235

    3292

  • Ramyen Matusquela

    1228

  • Usagi White

    801

  • Bia N

    290

5 minutos atrás, Victor235 disse:

Sei que você tinha pois a capa que está no Guia dos Quadrinhos foi enviada por você. O que fez com ele? Essas edições são difíceis de aparecer.

Doei pra uma biblioteca volante, junto com as duas coleções históricas que tinha, uma revista da tmj, e outras mais, em troca pelas revistas antigas, tanto da turminha quanto da disney, que tinham lá.

  • Like 1
Link to post
Victor235
POST ESPECIAL DE NATAL

ZC1519-08-Disney-Especial-Edi-o-Especial
*propaganda via Zé Carioca # 1519, de dezembro de 1980

NDO02-01-r.jpg

O gibi que posteriormente foi classificado como Natal de Ouro Disney # 02 foi lançado oficialmente em dezembro de 1980 com o título "Edição Especial - Natal". O expediente desta revista, que segue o padrão gráfico do "Disney Especial", a classificou como "edição especial de Mickey nº 338". Na arte que ilustra o frontispício desta edição, feita por Luiz Podavin, Pluto não foi colorizado. O título trouxe 19 histórias natalinas. Para comentá-las, ilustrarei meu post com imagens do scan feito por "Ricardus TehMarx", disponível no site A Gibiteca.

NDO02-03.jpg

Este especial de Natal começa com um grande clássico, "Natal nas Montanhas", que marca a primeira aparição de Patinhas nos quadrinhos. Como não há indicação disso nesta publicação (exceto por um balão narrativo na última página da HQ, de forma indireta: "E assim, pela primeira vez em sua vida solitária, ressoam na mansão do Tio Patinhas risos de alegria"), me pergunto se os leitores da época tinham consciência da importância desta história, que marca a estreia do pato milionário. Alguns leitores desta época anterior à "catalogação" histórica de Carl Barks podem até ter estranhado o perfil mesquinho de Patinhas que pode ser visto em boa parte desta história, afinal, conheceram o Patinhas "transformado" antes de descobrir seu primeiro temperamento, que no início era mais áspero. Nesta tradução, o motorista James foi chamado de Jarbas.

NDO02-04.jpg

Não confunda: os esquilos que aparecem na primeira página de "Quem muito quer..." não são Tico & Teco.

NDO02-05.jpg

NDO02-06.jpg

NDO02-07.jpg (nunca republicada)

NDO02-08.jpg

NDO02-12.jpg

Em "Um capacho no capricho", descobrimos que o personagem Zé Grandão trabalha em um armazém. Essa informação pode ser confirmada em outra história deste mesmo especial (e nunca republicada), "Um Natal trabalhoso", na qual Zé Grandão, ao fazer um "bico" como "tirador de neve", afirma: "Estou economizando o dinheiro do tirador de neve pra consertar o armazém neste Natal!".

NDO02-08-Z-Grand-o-armaz-m-quadro-usado.

NDO02-10.jpg

Um personagem que tem características físicas diferentes das do Silva foi mencionado em todas as ocasiões como "Silva" na história "Espírito Natalino". Apesar da "padronização", tudo indica que esse personagem seja outro vizinho de Donald, e não o famoso Silva. Também não é o Anacleto, vizinho do pato que aparece em algumas histórias italianas. O cadastro desta história dinamarquesa no Inducks não indica o nome oficial do "novo" vizinho.

NDO02-11.jpg

Das histórias deste especial, sem dúvida a mais peculiar é "O Natal pelo Mundo". Com ares "promocionais", a HQ misturou personagens de universos distintos, unidos por "cartões de Natal" que teriam sido recebidos por Donald. Também aparecem diversos personagens com traços humanos, algo raro no universo disneyano. A trama foi publicada originalmente nos Estados Unidos, no especial "Christmas Parade", lançado em 1959. No roteiro, vemos particularidades da comemoração de Natal em outros países, algumas bem curiosas. Na Suécia, por exemplo, no Dia de Santa Lúcia, que "abre" a festa de Natal, "a filha mais velha da família coloca um vestido branco com uma faixa vermelha na cintura e uma coroa de sempre-vivas na cabeça com sete velas acesas". Não é invenção do roteirista: imagens desta celebração podem ser encontradas no Google. Ainda ficamos sabendo que, na Suécia, escurece às três da tarde. Na França, por sua vez, "as crianças ficam esperando que o Petit Noel, o Menino Jesus, e não o Papai Noel, desça pela chaminé". Apesar de ser de madeira, Pinóquio foi colorizado com cor de pele branca nessa história. Ainda podemos ver Zé Carioca nos traços de Al Hubbard:

NDO02-11-Z-Carioca-nos-tra-os-de-Al-Hubb

NDO02-13.jpg

"Dezembro de 1980" é uma republicação da história "Dezembro de 1973", com as citações ao ano devidamente alteradas. Na trama, Patinhas prepara uma surpresa de Natal para seus parentes, amigos e inimigos. Apesar de Prof. Pardal também ser presenteado, o inventor parece não ter sido remunerado por seu trabalho. Pardal preparou um avião para Patinhas, que não precisou pagar "nada, já que forneceu todo o material". Gansolino e Vovó Donalda, por sua vez, ganharam um trator, que ficou suspenso na ponta de um pinheiro de Natal, uma situação (e desenho) bem desproporcional. Quando Donald pergunta "Para onde vamos?" e Patinhas responde "até o aeroporto", acredito que a réplica "Eu quis dizer o destino, e não o local de saída!" ficaria melhor do que a utilizada "Eu quis dizer o lugar, e não o meio de transporte!". Ao final, Patinhas diz: "- Chamem o piloto e vamos cear". Das duas, uma: ou o avião pousou ou ativaram o "piloto-automático".

NDO02-14.jpg

Em "O Peru de Natal", outro clássico de Barks, o membro dos Escoteiros-Mirins Holsworthy Hog ganhou o nome em português General Afonsinho. A tradução da história também fala em "cabelos ondeados".

NDO02-16.jpg

Outro clássico natalino de Barks é "A princesa da neve". Nesta tradução, os meninos que Huguinho, Zezinho, Luisinho e Donald tentam ajudar foram chamados de "filhos da viúva Anita". Os sobrinhos de Donald são bons até demais nessa história, e pensam em não participar de um concurso somente para não ter remorso de levar o prêmio sobre outra pessoa que também deveria ter esse mérito. Posteriormente, eles pensam em fazer uma estátua de neve para ajudar os filhos da viúva, e ainda assim refletem: "Isso não é muito honesto, mas é por uma boa causa...". Destaque para a "cena" de Huguinho, Zezinho e Luisinho molhando as buchas usadas por Donald.

NDO02-17.jpg

"O São-Bernardo Mirim", história que tornou-se célebre por ser publicada em Tio Patinhas # 01, foi republicada neste especial de Natal. Após ver um jornal que reconhecia o trabalho dos cachorros São-Bernardo, Banzé motiva-se a ser "um banzé-bernardo".

NDO02-19.jpg

NDO02-20.jpg (nunca republicada)

NDO02-21.jpg

"O golpe de Natal do Capitão Gancho", história nunca republicada, foi publicada com um código também em sua segunda página (o comum é saírem na primeira página).

NDO02-22.jpg

• Pateta
NDO02-22-Pateta-quadro-chiclete-goma-de-

-----

NDO02-02-Capit-o-Am-rica.jpg

NDO02-04-Destaque-e-Brinque-O-Pres-pio.j

NDO02-08-Os-Flintstones-Natal-HB.jpg

NDO02-09-Abismo-Negro.jpg

NDO02-15-M-nica-Almanaque-de-Natal.jpg

NDO02-18-Mickey.jpg

Edited by Victor235
Link to post
Victor235
ZC553-01r.jpg

Em julho de 2018, Jonas comentou sobre Zé Carioca # 553, lançado em junho de 1962. Consegui essa edição na livraria My Bookcase, através de um exemplar que já pertenceu a Georges Bonnet. A primeira HQ é "Além da imaginação", na qual Zé Carioca tenta descobrir o "desarranjo" do televisor da Rosinha. Ao mexer na antena, a imagem da televisão da periquita chegou até mesmo a ficar de cabeça para baixo. O colorista da HQ parece não ter se ligado em um dos pedidos que Rosinha fez ao extraterrestre Desejoso nº 5: o vestido novo pedido por Rosinha veio no mesmo tom de verde que o antigo.

ZC553-02-Porquinho-Pr-tico-fala-sobre-ca

Em "Espelhos da sorte", vemos uma curiosidade sobre Lobão: o personagem tem uma "casinha de cachorro" em casa, mas não tem animal de estimação. O porquinho Prático explica: "aquele palhaço supersticioso não tem cachorro... a casinha é só para afastar os gatos pretos do seu caminho".

ZC553-03-Minnie-d-bronca-em-Mickey-quadr

Em "Operação Arca-de-Noé", Mickey recebe uma bronca de Minnie.

Link to post
Victor235
NOTÍCIAS

juLjcJ3.jpg?1

Há alguns meses, comprei o encalhado Pateta (3s) # 56, de dezembro de 2015. Deixei para lê-lo agora perto do Natal. O número trouxe "O pinheirinho da Holly", história natalina com Mickey, Pateta, Marlin, Zapotec e Holly, uma garotinha que os personagens principais conhecem após uma volta ao passado. Sem querer, Mickey e Pateta fazem várias viagens e conversam com Holly em diversos momentos diferentes de sua vida. Ri da piada sobre o tio do Pateta, que "nunca perdeu" no jogo de Xadrez: inventou uma jogada na qual é proposto um acordo para que o jogo sempre termine em empate. Apesar de ser algo aparentemente estranho, pesquisando vi que existe mesmo um "comum acordo" nas partidas de xadrez: "um jogador pode propor um empate em qualquer momento da partida, desde que seja sua vez de jogar. Se o jogador adversário aceitar a oferta, o jogo termina empatado. Se o jogador adversário recusar o acordo, a partida segue normalmente e aquele jogador que propôs o empate não pode mais fazê-lo até o fim do jogo". Esse número também trouxe "O fantasma do Pico dos Ventos".

R4dYjv8.jpg?1

----

zXxA6Id.jpg?1

Link to post
Victor235
QM66ijx.jpg?1

Zé Carioca # 633, de dezembro de 1963, é um bom gibi com histórias natalinas. "A avenida de ouro", clássico de Carl Barks publicada seis vezes no Brasil, saiu primeiramente neste número. No roteiro, é interessante a forma como Barks vai criando "problemas" para depois "resolvê-los" a partir dos próprios elementos apresentados na história. Roteiros bem amarrados são uma das características do trabalho deste mestre Disney. Na página 4, podemos ver um cartaz afixado em um muro, traduzido com os dizeres "Leia Mickey". Na página 5, os sobrinhos de Donald dizem que estão procurando "alguns parasitos para vender". A ideia era receber algo em troca por tirar "parasitos" de árvores.

Enquanto a rena Carolina aparece nesta primeira história, a segunda destaca-se pelo alce Alcino. Porém, não se trata de "Alcino, o alce anão", que saiu no Almanaque Disney # 02. "Natal para todos" é mais um despreocupado remake de Zé Carioca. O papagaio vai de carro até uma floresta para cortar um pinheiro e fazer dele uma árvore de Natal. Nisso, encontra os esquilos Tico & Teco. Outro remake é a tira "Esquilos sem sossêgo". Neste dia o expediente de Jorge Kato deve ter terminado mais cedo: apenas um quadro da tira foi refeito. Donald e Margarida foram trocados por Zé Carioca e Rosinha. Nos demais quadros aparecem apenas Tico & Teco.

O gibi ainda trouxe "O ajudante de Papai Noel", com Quincas e Bruxa Má (aqui chamada "Bruxa Malvada"), "O piquenique dos porquinhos" e a tira "A surprêsa de Papai Noel", onde podemos ver Patinhas criança. Todas estas imagens já foram enviadas ao Inducks.

h81AmqH.jpg?1

-----

KWawKUK.jpg?1

Link to post
Victor235

richardhq.jpg

Nunca iria imaginar que o Richard teve um gibi: http://guiadosquadrinhos.com/edicao/parque-do-richard-o/pa195910/148921

Link to post
Victor235
NOTÍCIAS

IcWi74F.jpg?1

Quebrando a tradição, Histórias Curtas # 03, de outubro de 2019, não trouxe trabalhos de Enrico Faccini. Outra diferença é que neste número não foi publicada nenhuma história italiana, apenas dinamarquesas.

O74DoCF.jpg?1

Em "O supersubstituto", Gansolino revela que faz parte da "Família Ganso". Será que seu nome completo em português é Gansolino Ganso? Em inglês, o personagem se chama Gus Goose, um nome análogo à junção contida em "Donald Duck".

4BMjbph.jpg?1

sMfWYbk.jpg?1

Este número trouxe duas histórias que falam sobre o yeti, também chamado de "abominável homem das neves". Aprendi que "criptídeo" é o termo utilizado para referenciar uma criatura cuja existência é sugerida mas inexistem provas concretas. Apesar de sua aparência assustadora, ambas as histórias apresentam o yeti como um ser de bom coração. Também vemos, mais de uma vez, o termo "Himalaias". O nome no plural está correto, ligado à mais alta cadeia montanhosa do mundo. No final de "O yeti", Minnie e Clarabela publicam em seu blog uma foto de Clarabela puxando Minnie com uma corda. Quem teria batido esta foto, se ambas estavam juntas, cada uma com uma câmera?

Também nesta edição:

V9nqPF1.jpg?1

8MCSsI1.jpg?1

fiVGHY8.jpg?1

mu6nhic.jpg?1

z9bwljz.jpg?1

jWYHVCj.jpg?1
@Usagi White

xq83pd8.jpg?1

u2T9Aod.jpg?1

- Reflexo do focinho de Mickey no vidro da máquina do Dr. Sabetudo:
R9hnCpn.jpg

1ey6x6K.jpg?1

yUjuB33.jpg?1

f8KYapI.jpg?1

-----

zabKR7q.jpg?1

s1xO1d7.jpg?1

Link to post
  • 2 weeks later...
Victor235

ZC2306-01.jpg

Atendendo a pedidos, digitalizei Zé Carioca # 2306, lançado em dezembro de 2006. Quando o Inducks voltar faço também o post resenhando os destaques dessa edição: https://mega.nz/#!CrpG0CYZ!SSphkURxgcDbC17MqFcs_Ha59cazNXUV-R2nOgY_FcU 

Link to post
Victor235
NOTÍCIAS

D3NIcfx.jpg?1

BxUdNbh.jpg?1

Zé Carioca # 2306, de dezembro de 2006, não inicia-se com a história destacada em sua capa, "Zé das Selvas". Esta veio a ser republicada como a quinta história desta edição. Me lembro bem desta história "esverdeada" pois ela esteve no primeiro "Zé Carioca" antigo que comprei na vida, o número #1319, lançado em fevereiro de 1977. A republicação ganhou uma nova versão de sua ilustração de capa, creditada no gibi como tendo desenhos e arte-final feitas por "Ilustrarte". No Inducks, o crédito foi dado aos artistas Aparecido Norberto e José Wilson Magalhães. Em dois momentos desta HQ, da dupla Saidenberg e Canini, personagens pensam "olhando" para o leitor, numa espécie de "quebra da quarta-parede".

LLK92Ha.jpg?1

Em "Quem foi que disse?", Nestor utiliza a expressão "padoca". Segundo o Dicionário Priberam, "padoca" designa uma "padaria que serve bebidas e refeições ligeiras".

xwlTKmS.jpg?1
@Usagi White

UdCY3yl.jpg?1

Em "A motoqueira", Rosinha vai ao banco pedir um pequeno empréstimo para "abrir uma loja de motos". Por que ela não pediu financiamento a seu pai, o milionário Rocha Vaz? Nesta história também vemos a personagem Míriam from B 860026:

VOGWNEe.jpg

acPTzew.jpg?1

THF9tPh.jpg?1

Em "O forró de brocoió", a frase "Parece que o pessoal daqui além de tudo é gozador" foi escrita sem vírgulas.

DApcs6I.jpg?1

mmrYSMA.jpg?1

Por fim, "Deixa eu olhar?" é uma história meio non-sense de roteirista desconhecido. Inicialmente, Nestor "olha" carros só com a intenção de admirá-los, e o motorista entende isto rapidamente. Depois, Zé Carioca e Nestor abrem um estacionamento e outro motorista não entende que agora "olhar o carro" significaria "guardá-lo" mediante um pagamento. Posteriormente, aparece um personagem que controla seu veículo por controle remoto e Zé Carioca paquera uma mulher que levava um carrinho de bebê, oferecendo-se para "tomar conta". Por conta disso, Zé e Nestor fogem... num camburão da polícia.

-----

SV9LLWT.jpg?1
- Nesta propaganda, podemos notar as indas-e-vindas dos gibis de 1 real da década retrasada: com cancelamentos, lançamentos e interrupções, cada personagem estampava um número diferente nas capas de um mesmo mês.

kejwGID.jpg?1

1Jo7RRz.jpg?1

h6qxnmG.jpg?1

URlu5fg.jpg?1

Edited by Victor235
Link to post
Victor235
NOTÍCIAS

[REPOST COM IMAGENS REUPADAS]

xe0bwpT.jpg?1

YxYtuZ4.jpg?1

Apesar de ser um título quase totalmente composto de republicações, o número #05 da Coleção Disney - Série Espaçonaves, de novembro de 1998, trouxe duas histórias inéditas, relacionadas ao tema da publicação (enquanto as HQs do meio dela são alheias ao tema).

 

woG3qWK.jpg?1

(nunca republicada)

 

V6aQQM5.jpg?1

 

JPd4COf.jpg?1

 

mFdVLHu.jpg?1

• Quinzão
X2ipQgU.jpg

• Nesta página, o personagem mudou de camisa de repente:
5JGKcMy.jpg?1

 

eKHrkdg.jpg?1

 

jbG7Y3E.jpg?1

(nunca republicada)

Matérias:

CBRklao.jpg?1

u1zxYnC.jpg?1

iwlWeZ3.jpg?1

-----

kxB5qUR.jpg?1

Z8lro17.jpg?1

orn4H0D.jpg?1

BD8wQ76.jpg?1
"Programa de televisão tipo Márcia" :rindo: 

HtVQzI2.jpg?1

Scan: https://mega.nz/#!GuQUSARK!8lMFbnmGqvN5uDdwvsbtvYO27HRy3awEe96CKDC7z_s 

Edited by Victor235
Link to post
Victor235
fp6XvEL.jpg?1

ZC2320-06-r.jpg

Um dos destaques de Zé Carioca # 2320, lançado em fevereiro de 2008, foi a republicação de "Futebol não tem lógica", história de Alberto Maduar e Renato Canini publicada originalmente em Zé Carioca # 1055, em janeiro de 1972. A trama traz diversos personagens diferentes e detalhes curiosos, fazendo referência ao humorista Juca Chaves (aqui Tuca Chaves), Pelé (citado nominalmente) e Zagalo (Zazagalo). Na arquibancada de um campo de futebol, há ainda um misterioso personagem desenhado com traços humanos e um "cameo" (rápida aparição) de Esquálidus, que pode ser visto assistindo ao jogo.

Na republicação, o personagem originalmente chamado Tião Abaterá virou Tião Porrete. Nestor explica que "o apelido vem de uma particularidade interessante: o jogador que Tião não conseguir driblar... o Tião Abaterá!". A frase foi alterada para "o apelido não é por acaso... quando não consegue driblar, o cara acerta os jogadores como um porrete. Sacou?". Na versão antiga, o personagem é um "brutamontes" que fala coisas como "Inxijo uma reparação moral!". Nas republicações a partir desta, trocaram a palavra propositadamente errada pela frase "Isso não pode ficar assim!".

au1pQyN.jpg?1

Em "Os reis do pagode", de Kaled Kalil Kanbour e Gustavo Machado, Zé Carioca conversa com Mané Porcão e Zé Ganso (ver imagens abaixo) e descobre que Biluca ficou milionário após formar um grupo de pagode (em referência ao Só pra Contrariar). Por isso, a turma da Vila Xurupita resolve trilhar o mesmo caminho na música. Uma gravadora vê possibilidade de sucesso e tenta formar uma banda "pronta" para o grupo, onde já estava preparado até mesmo um documento onde os integrantes do grupo iriam ler "tudo sobre" eles mesmos.

jjFWGaB.jpg?1

nBqTF8F.jpg?1

bMhU2Cp.jpg?1

Ainda nesta edição:

Wod9x0o.jpg?1

BrU0oOB.jpg?1

- Não sou botânico, mas a representação destas folhas de gerânio parecem destoar do tipo de folha desta planta.
Qaastu2.jpg?1

7Fy3zxg.jpg?1
@Usagi White

MTYOdW4.jpg?1

• Peixoto the man fish
a2kjLCv.jpg?1

• Rei Peixeira
85oHUJJ.jpg?1

- Na seção de cartas, Carl Barks foi chamado de "velho mestre".
HcJohxn.jpg?1

- Expediente:
9WLHQ56.jpg?1

-----

Qst4F5M.jpg?1

XQqnUyw.jpg?1

LMsZdIN.jpg?1

Scan: https://mega.nz/#!W3xT0S7T!5TfmLvjQ9gdiztK8Qitcm8paDTWwXfBccpMQKjmP-OE

Edited by Victor235
  • Like 1
Link to post

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...