Jump to content

Globo


Raphael

Recommended Posts

E.R
NOTÍCIAS

https://www.metropoles.com/entretenimento/televisao/chico-pinheiro-deixa-a-rede-globo

:emoglobo:

Chico-Pinheiro-citando-Emicida-600x400.j

O jornalista Chico Pinheiro deixou a Rede Globo nesta sexta-feira (29/4). A notícia foi divulgada por meio de um comunicado interno enviado aos funcionários da emissora.

A mensagem, assinada pelo diretor-geral de jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel, diz que o jornalista deixa a emissora após 32 anos em “comum acordo” com a Globo.

 

Link to post
  • Replies 689
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • E.R

    299

  • Usagi White

    64

  • Cleberson

    61

  • Homessa

    50

E.R
NOTÍCIAS

:emoglobo:

 

 

Link to post
  • 2 weeks later...
E.R
NOTÍCIAS

FLÁVIO RICCO - R7

:emoglobo:

Globo e Disney são as novas detentoras dos direitos da UEFA Nations League, que no passado pertenceram a Turner e HBO.

Anúncio da UEFA. Os jogos começam agora em junho.

 

Link to post
E.R
NOTÍCIAS

https://www.metropoles.com/entretenimento/televisao/novela-xica-da-silva-deve-ganhar-remake-na-globo-em-2025

:emoglobo:

O remake de Pantanal, no ar na Globo, está fazendo sucesso com o público e rendendo alta audiência para a emissora.

No mesmo caminho, outras novelas clássicas devem ganhar uma nova produção, com destaque para Xica da Silva.

O folhetim que foi ao ar no fim da década de 1990 na Manchete deve ganhar um remake para 2025. Porém, informações iniciais apontam para uma produção exclusiva para o Globoplay.

 

Link to post
  • 2 weeks later...
E.R
NOTÍCIAS

https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2022/05/25/globo-reformula-manhas-e-inverte-horarios-de-mais-voce-e-encontro.html

:emoglobo:

A TV Globo promoverá uma reorganização em sua grade matinal de programação de segunda à sexta-feira.

A partir de 4 de julho de 2022 , os programas Mais Você e Encontro terão seus horáriso de exibição invertidos : a atração que há dez anos é comandada por Fátima Bernardes – e que ganhará um novo time de apresentadores – passa a ser exibida logo após o Bom Dia Brasil.

Na sequência do Encontro, entrará no ar o Mais Você, que desde 1999 é apresentado por Ana Maria Braga.

A inversão das duas atrações matinais atende, segundo à emissora, o objetivo de dar mais fluidez à combinação dos dois gêneros que, há anos, compõem a grade da Globo : jornalismo e entretenimento.

Diretor da TV Globo, Amauri Soares explicou ao Meio & Mensagem que a audiência das manhãs da emissora é composta por basicamente dois grupos: as pessoas que estão em busca das notícias do dia e aquelas que desejam consumir conteúdos de variedades.

“Vamos mexer na grade para dar mais fluidez a esse movimento. O programa que entrega mais atualidade e que dialoga mais com o noticiário do dia é o Encontro. E, agora, ele virá após o Bom Dia Brasil porque é uma extensão do noticiário do dia. O Encontro não é um programa de hard news, mas ele fala sobre atualidades. É o espaço que temos para tirar dúvidas sobre os assuntos do dia e, portanto, há fluidez ao colocá-lo após o Bom Dia Brasil e passando a grade ao Mais Você, que conta com a Ana Maria, o Louro e faz uma transição para o entretenimento, com assuntos mais de variedades e o destaque para a cozinha e as receitas, já puxando para o horário de almoço”, explicou o diretor.

Além da inversão das atrações, Amauri Soares também revela que os telejornais locais, que são exibidos pela Globo no horário de almoço, como SP1 e TJ1, ganharão 15 minutos adicionais. Em todo o Brasil, essa faixa de noticiário local entrará no ar às 11h45, após o término do Mais Você.

Com isso, o Encontro e o Mais Você terão cerca pouco mais de uma hora de exibição cada.

Nesta quarta-feira, o departamento comercial da TV Globo já começa a distribuir o plano comercial da nova faixa matinal, com a revelação da inversão do Mais Você com o Encontro.

 

  • Like 1
Link to post
E.R
NOTÍCIAS

:emoglobo:

O Ministério Público do Trabalho ajuizou uma ação civil pública contra a TV Globo por causa das denúncias de assédio sexual que envolveram o ex-diretor do departamento de humor da emissora Marcius Melhem. A empresa terá que responder por suposta omissão em relação às denúncias

Treze artistas, entre atrizes, e roteiristas do núcleo de humor da Globo, participaram da denúncia coletiva que deu origem a uma investigação no Ministério Público do Trabalho (MPT). Depois de colher depoimentos, o inquérito foi encerrado e deu origem à ação agora apresentada ao Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.

O caso corre em segredo de Justiça. A TV Globo afirma desconhecer a ação. E diz que não comenta processos que estejam sob judice. O MPT também não quis se manifestar.

Fonte : https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2022/05/ministerio-publico-do-trabalho-ajuiza-acao-contra-a-globo-por-assedio-sexual-de-marcius-melhem.shtml

 

Link to post
Usagi White

Sequencias de reportagens sobre o sequestro e assassinato de TIM LOPES. 

 

Link to post
E.R
NOTÍCIAS

:emoglobo:

Em novo horário desde abril, o "Altas Horas" cresceu 39% no Ibope de acordo com números levantados pelo NaTelinha.

Nos cinco últimos programas apresentados no horário antigo, a atração comandada por Serginho Groisman conseguiu fazer apenas 12,1 pontos de média indo ao ar após o BBB 22, número este que era seu normal até então.

Já na média dos primeiros cinco apresentados depois de Pantanal, a audiência do "Altas Horas" subiu para 16,8.

Serginho Groisman tinha o desejo, há muitos anos, de colocar seu programa mais cedo. A mudança foi sendo gradual. Primeiro, em 2013, conseguiu fazer com que a direção invertesse seu horário com o do Supercine. Quase 10 anos depois, conseguiu fazer com que o Altas Horas entrasse depois da novela das 9 da Globo.

Fonte : https://natelinha.uol.com.br/televisao/2022/06/04/sonho-de-serginho-groisman-altas-horas-em-novo-horario-cresce-quase-40-no-ibope-182605.php

 

Link to post
Usagi White

FILMES DO ANO DE ESTREIA DA TELA QUENTE:

 

Link to post
  • 2 weeks later...
E.R
NOTÍCIAS

:emoglobo:

 

 

Link to post
E.R
NOTÍCIAS

https://www.uol.com.br/splash/colunas/guilherme-ravache/2022/06/19/por-que-a-globo-cortou-seu-elenco-fixo-e-os-riscos-dessa-estrategia.htm

:emoglobo:

Dias atrás, Ricardo Waddington, diretor de entretenimento da Globo, reuniu o elenco da emissora para compartilhar com os talentos da casa os novos rumos da dramaturgia.[

Ricardo Waddington falou sobre o novo contexto da Globo e por que os contratos de boa parte dos presentes na reunião passariam a ser por obra à medida que vencessem. 

Os contratos fixos não serão extintos, mas reduzidos consideravelmente. O salário fixo será mantido somente para os talentos que estiverem no ar.

Os apresentadores seguem com contrato fixo se tiverem programas permanentes na grade da emissora, como Luciano Huck e Marcos Mion. No caso dos atores, será assim se seguirem emendando projetos e atuando constantemente.

A medida já era esperada, mesmo assim alguns profissionais presentes não gostaram. Eles acharam que o encontro foi uma espécie de demissão coletiva (o que não foi, já que todos os contratos serão cumpridos até seus vencimentos).

Além disso, segundo apurou a coluna, a intenção de Ricardo Waddington ao fazer a reunião foi dar visibilidade aos profissionais da Globo da nova fase da emissora, que planeja engatar a quinta marcha no pós-pandemia e aumentar o volume de produções para atender à crescente demanda do Globoplay. 

Ricardo Waddington citou como exemplo o fato de a Globo realizar boa parte de sua comunicação por meio do e-mail corporativo da companhia e a maioria dos atores não ter o e-mail da empresa. Tornar a comunicação mais clara e direta é uma meta da área.

Independentemente do que Ricardo Waddington afirme, para muitos a iniciativa pode parecer uma simples redução de custos. Mas o sucesso de Pantanal e o rápido crescimento do streaming ajudam a explicar o que mudou e por que os contratos fixos estão acabando e os acordos por obra são uma tendência.

O fim dos contratos fixos na Globo começou em meio a um duro processo de reestruturação da emissora, que buscava cortar gastos na TV para investir no digital, principalmente no Globoplay.

Em 2017 e 2018, os custos da Globo já eram maiores que suas receitas, e a emissora só não teve prejuízo por causa dos ganhos com aplicações financeiras de lucros bilionários de exercícios anteriores. Depois, vieram os prejuízos e começaram os boatos de que a emissora iria quebrar (o que nunca esteve nem perto de acontecer, a Globo conseguiu defender seu caixa, que hoje já é superior a R$ 15 bilhões).

Mas salários milionários de estrelas da casa passaram a ser avaliados internamente em função do custo e do retorno. Muita gente ganhava salário fixo sem nem mesmo produzir. Havia casos de atores recebendo mensalmente mesmo depois de quatro anos fora do ar.

Em 2021, quando o movimento de saída de estrelas acelerou e a Globo cortou R$ 281 milhões em salários apenas no primeiro semestre, as críticas à empresa aumentaram. Mas os acontecimentos dos meses seguintes surpreenderam até os mais otimistas.

Mesmo sem estrelas fixas, a Globo não apenas ampliou a liderança da audiência na TV como acelerou o crescimento no streaming. Este ano, o Globoplay aumentou mais de 15% sua base de assinantes em comparação a 2021.

Já a Netflix perdeu 350 mil assinantes no primeiro trimestre na América Latina. A estimativa é que o Brasil represente cerca de 50% da base de usuários da Netflix na região.

Além disso, é difícil apontar uma estrela da Globo que tenha migrado para o streaming e alcançado maior projeção do que na emissora carioca. Em conversas com dois editores de sites de entretenimento, ouvi que as produções nacionais dentro de streamings como Netflix, HBO Max e Amazon Prime não decolam. Boa parte do público nem sabe que essas atrações existem. Ou se sabem, não se importam a ponto de clicar para ler notícias sobre elas.

Por outro lado, a novela Pantanal é o assunto que mais gera tráfego consistentemente para os sites de entretenimento, e isso desde seu lançamento. 

"A TV ainda tem muita força no Brasil, fala com todo mundo, do rico ao pobre. O fato de acontecer ao mesmo, todo mundo descobrir ao mesmo tempo o resultado do jogo ou as cenas da novela também é essencial, TV é uma experiência social compartilhada. E a Globo tem mais pessoas assistindo, então é ainda mais forte", diz um executivo.

O executivo lembra ainda que o crescimento do TikTok e plataformas digitais em geral é um risco, mas menor no caso da Globo. "O Globoplay é competitivo e ainda deu à Globo a chance de aumentar a produção e testar coisas novas. Ninguém consegue concorrer no país com o volume deles, nem a Netflix. O TikTok talvez seja o maior risco, mas ainda existe o comportamento de segunda tela. A pessoa vê TV mas está no celular ao mesmo tempo". Ou seja, as TVs perdem, mas não perdem tanto.

Parte do sucesso da Globo é explicada por erros espontâneos de seus concorrentes, particularmente na TV aberta. A Record, após anos de investimentos em dramaturgia e uma visível evolução de suas produções, jogou um balde de água fria no mercado. A novela Todas as Garotas em Mim, idealizada por Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo (dono da emissora), caminha para ter o pior resultado de audiência da história de todas as novelas da casa.

No SBT, as constantes mudanças na grade da emissora tornam um desafio acompanhar a programação.

Na Band, a dramaturgia não é uma prioridade. E Faustão, se por um lado Faustão atrai anunciantes, tem seu programa abaixo da expectativa na audiência mesmo contando com a presença de convidados que antes eram contratados exclusivos da Globo.

Ou seja, a Globo não tem concorrentes na TV aberta. Liberar seus atores dos contratos é um risco calculado, com pouco ou nenhum impacto na audiência.

Quem descobre que não terá o contrato renovado pode não gostar. Mas o tempo parece apontar que no final todos ganham, até quem saiu. "O mercado mudou muito, se abriu, está mais competitivo, e assim temos mais liberdade e oportunidades profissionais. Fui privilegiado porque fiz parte de um momento em que eu tinha trabalho, mas muitos atores não tinham oportunidades", disse o ator Malvino Salvador ao colunista Lucas Pasin, semana passada. "Hoje está melhor para todo mundo. Acabou o monopólio da TV Globo, ela segue sendo a potência no que faz, mas outros também estão produzindo", acrescentou Malvino Salvador. Para o ator, "não existir mais o monopólio é vantagem para todo mundo, inclusive para a Globo se aperfeiçoar ainda mais. Espero um dia ter a oportunidade de fazer outros trabalhos lá. Só porque eu saí, não significa que eu não possa voltar".

O que talvez tenha começado apenas como uma iniciativa de corte de custos e um experimento do novo modelo de trabalho se mostrou uma feliz surpresa para a Globo. Outro indicador importante é que boa parte de quem saiu quer retornar, como no caso de Malvino Salvador.

Estudos internos da Globo apontam que o ganho de seguidores de um ator quando ele está no ar em uma série do Globoplay é superior a quando está no ar em um concorrente. As massivas campanhas de divulgação da Globo, incluindo participações em atrações da casa e veículos do grupo, são essenciais neste efeito.

Com talentos contratados por obra, a Globo ainda descobriu outros benefícios. Autores e diretores ganham mais liberdade para montar suas equipes ao chamar os artistas que mais se adequam ao projeto, independentemente de estarem ou não na Globo. A quantidade de "novos" talentos em Pantanal é um exemplo.

Além disso, desapareceu o problema dos atores com contratos exclusivos com a Globo que alegavam não ter agenda para a emissora. "Quem tinha contrato fixo achava que a Globo não faria nada, então priorizavam os projetos pessoais e recusavam trabalhos mesmo recebendo todo mês", diz uma empresária de talentos.

A economia com as despesas de salário também permitiu à Globo redirecionar investimentos em suas produções. Apesar da grandiosidade de Pantanal, a Globo não projeta gastos muito superiores à média.

Em abril, quando entrevistei Manuel Belmar, diretor-geral de Finanças da Globo, o executivo afirmou : "Pantanal tem uma complexidade de produção natural, tem muitas cenas externas. Tem padrão de qualidade extraordinário, mas isso é o que a gente é. Não estamos gastando muito mais em Pantanal do que gastamos em produções recentes ou gastaremos em produções futuras".

Obviamente, o movimento da Globo traz riscos. O fato de não existirem concorrentes à altura neste momento não significa que eles não possam surgir. A HBO era vista como a maior ameaça. Mas novamente, o destino parece conspirar a favor da emissora carioca.

A HBO, parte do grupo Warner, foi comprada pela Discovery. A Discovery é notória por reality shows e produções de baixo custo. A empresa tem a meta de cortar US$ 3 bilhões nos próximos três anos para pagar uma dívida de US$ 55 bilhões da compra. Já cortaram quase US$ 1,5 bilhão em apenas três meses ao cancelar produções, demitir mais de 1 mil pessoas da área de publicidade nos Estados Unidos e fechando a CNN+, streaming do canal de notícias. Uma nova leva de cortes está prevista e a HBO deve ser o principal alvo. David Zaslav, CEO da Warner Broa. Discovery, e Gunnar Wiedenfels, CFO da companhia, são notórios por bater agressivas metas de corte de custo em tempo recorde. A Discovery tem alguns dos executivos mais respeitados (e temidos) do mercado de mídia.

No Brasil, a HBO tinha um ambicioso plano de investimentos em dramaturgia, falava em produzir dez novelas por ano. Mônica Albuquerque e Silvio de Abreu estão entre as lideranças da área no Brasil, anteriormente a dupla trabalhava na Globo. Semanas atrás, todo o departamento corria o risco de ser eliminado. Os brasileiros foram até Miami, nos Estados Unidos, defender para os novos chefes os planos de investimento em dramaturgia no Brasil. A novela "Segundas Intenções" foi aprovada porque o custo/benefício foi avaliado como viável.

"O real está barato frente ao dólar. Muito dinheiro já havia sido gasto no projeto de novelas da HBO. Novela faz sucesso no Brasil e é barata em comparação a produções americanas. Além disso, os países da América Latina gostam de novelas e esse é um mercado chave para o streaming. Novelas são produções que também podem ser exportadas", diz o executivo de uma plataforma concorrente. Mas isso pode não significar muito. Nada impede uma rápida mudança de rumo se os números de "Segundas Intenções" ficarem abaixo da expectativa. A CNN+ foi fechada pela Discovery menos de um mês após seu lançamento. Centenas de pessoas que pediram demissão de empregos e trocaram de cidade para trabalhar no projeto do streaming de notícias se viram no olho da rua de um dia para o outro. Mas se a área de dramaturgia da HBO der certo, com profissionais gabaritados e capitalizada para produzir grandes novelas no país, ela pode se tornar a primeira grande adversária real da Globo neste segmento. Se a HBO conseguir este feito, outras plataformas devem copiá-la. O Brasil é um importante campo de batalha no streaming mundial.

A experiência da Netflix, uma das principais inspirações para o modelo de contrato por obra da Globo, serve de alerta. Enquanto não tinha concorrentes, a plataforma atraiu talentos ao oferecer a possibilidade de criação de obras mais autorais. O público também via no serviço um diferencial, assistindo ao que queria, quando queria.

À medida que aumentou o número de serviços de streaming e eles começaram a oferecer o mesmo que a Netflix, os diferenciais passaram a ser os talentos e a força das franquias nas plataformas de streaming. A Netflix acabou tendo de aumentar drasticamente os investimentos para atrair grandes nomes. Os custos de produção dispararam, chegando a US$ 17 bilhões por ano.

Ao primeiro sinal de desaceleração do crescimento, quando a Netflix alertou que previa perder mais de 2 milhões de assinantes neste semestre, o valor de mercado da empresa despencou em pouco meses. Manter os altos investimentos e reter talentos é um desafio crescente para todas as empresas de mídia.

Para muitos o streaming agora entra em seu segundo ato. Se no passado a Netflix foi recompensada por sua escala e capacidade de distribuição, nessa nova fase os investidores possivelmente recompensem o melhor conteúdo. É a capacidade de atrair assinantes que fará a diferença, e ter o conteúdo que as pessoas querem ver ainda é o meio mais eficiente de atrair e reter usuários.

Ter os grandes talentos exclusivos é caro, mas cria um diferencial competitivo. A fórmula funcionou para a Globo por 50 anos. Também funcionou nos grandes estúdios de Hollywood. Hoje, vivemos a uberização das artes e demais profissões, com o fim da estabilidade e aumento das liberdade, mas também mais incertezas. Do motorista de app aos talentos da Globo, só ganha quem está produzindo. Se a fórmula dos contratos por obra vai funcionar para a Globo e o Globoplay nesta nova fase da empresa, descobriremos no decorrer dessas novelas.

 

Link to post
E.R
NOTÍCIAS

:emoglobo:

Executivos da TV Globo fizeram uma reunião recente para discutir programas e orçamentos na emissora. Durante o encontro, uma coisa ficou bem clara : o desconforto a respeito do alto valor mensal que Luciano Huck recebe. 

O apresentador Luciano Huck ganha R$ 3,5 milhões mensais e isso passou a ser visto como um problema na cúpula da Globo. 

Foi discutido que, a longo prazo, a emissora não pretende mais manter por este valor o marido de Angélica na grade de programação. Isso significa que a Globo estaria disposta a perder Luciano Huck para enxugar este gasto mensal com o apresentador.

De acordo com uma fonte da coluna que transita entre o executivo e a direção de contratos da emissora, Marcos Mion e Ivete Sangalo devem ser os protagonistas de domingo nos próximos anos. 

A cúpula da Globo não pensou em um programa próprio para a cantora Ivete Sangalo por acaso. Ela sabe que a longo prazo Luciano Huck se tornou muito caro para entregar uma média de audiência que outros podem entregar por um salário três vezes menor do que o apresentador vem recebendo. 

Além disso, a emissora também avaliou recentemente que a imagem do apresentador Luciano Huck está muito desgastada.

Alguns executivos avaliaram nesta reunião que a folha mensal do apresentador Marcos Mion gira em torno de R$ 500 mil. 

Já o salário da cantora Ivete Sangalo deve chegar no máximo em R$ 400 mil pela apresentação do seu novo programa, o Mixto Quente. 

A Globo já realizou diversas pesquisas e entendeu que por esse salário já conseguiria tornar os dois apresentadores um sucesso para a programação dominical. 

Entretanto, Marcos Mion e Ivete Sangalo ainda não eram sucessos de audiência na Globo quando o contrato do apresentador Luciano Huck foi renovado na emissora para tapar o buraco deixado por Fausto Silva.

A pergunta que mais rodou a mesa dos executivos da Globo durante essa reunião foi : "Para quê manter Luciano Huck aos domingos por R$ 3,5 milhões, se Ivete e Mion também entregam uma audiência acima de média com um investimento bem abaixo do que é gasto com Luciano Huck ?"

Ainda segundo observações feitas pela cúpula da Globo, o melhor cenário a longo prazo seria, de fato, deixar Marcos Mion e Ivete Sangalo aos domingos e colocar a também apresentadora Sabrina Sato aos sábados. 

Outro grande problema que foi colocado na mesa durante esse encontro é a vigência do contrato do apresentador Luciano Huck. 

A Globo avaliou que o cenário político e econômico do país pode caminhar de tal forma que obrigue a empresa a reduzir antes do término do contrato o salário do apresentador. Neste caso, ainda segundo essa fonte da coluna, alguns cenários estariam sendo discutidos pela cúpula da Globo.

O primeiro cenário seria sustentar o salário de Luciano Huck até o final do contrato e oferecer uma renovação com o apresentador com o teto de R$ 1 milhão. Mas, caso a Globo decida futuramente que o investimento no apresentador está alto demais para ser mantido até o final do contrato, ela estuda forçar uma saída de Luciano Huck. 

A estratégia seria transferir novamente Huck para os sábados na emissora e realocar Marcos Mion aos domingos. De acordo com alguns executivos da Globo, Luciano Huck não suportaria a manobra e, possívelmente, pediria para deixar a emissora.  

Diversos panoramas foram traçados durante essa reunião. Mas, entre todos os cenários discutidos, uma conclusão foi unânime : a Globo não estaria mais disposta a manter o apresentador na grade de programação pelo alto valor que ele vem recebendo.

Fonte : https://lobianco.ig.com.br/2022-06-20/globo-nao-quer-manter-luciano-huck-com-salario-milionario.html

 

Link to post
Usagi White

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...