Jump to content
Raphael

Globo

Recommended Posts

TSB
Agora, BrendoCH disse:

Achava que a apuração de ontem iria ser transmissão nacional, mas que não sabia desses detalhes...

E eu podia jurar que as apurações (eu confundi com votações) só iriam começar amanhã, kkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
Globo divide rede e põe "Toma Lá, Dá Cá" nas madrugadas em Brasília, EPTV e RPC seguem com Festival de Sucessos, e restante da rede exibe série

A partir da próxima segunda-feira (11), a Globo irá dividir sua programação nacional durante a madrugada, depois do “Jornal da Globo”. Enquanto a maior parte do país verá a reprise da segunda temporada de “Lições de um Crime” (“How to Get Away with Murder”), o Paraná e parte do interior de São Paulo assistirão aos filmes do “Festival de Sucessos”, e o público do Distrito Federal acompanhará o “Toma Lá, Dá Cá“. 

Por ora, a divisão de rede está prevista para durar até a última sexta deste mês (29), e afeta somente parte da faixa da madrugada - a reservada às séries americanas -. Após as atrações, entra o “Corujão” e, às 4h, o “Hora Um” unifica a rede. Serão afetadas as localidades que assistem ao sinal da Globo Brasília e das afiliadas RPC (Paraná) e EPTV de Campinas (parte do interior paulista). “Para atender às especificidades das praças, é comum que a Globo exiba conteúdos diferentes em um mesmo horário”, explicou a Comunicação da emissora, em nota ao NaTelinha.

Flexibilidade 

Essa não é a primeira atitude “flexível” da Globo com a grade de programação. Nos últimos anos, a emissora vem abrindo concessões pelo público de cada cidade. Uma das primeiras atitudes foi a alteração de títulos da “Sessão da Tarde”, de acordo com o estilo de cada praça, por volta de 2016. 

Logo após, foi a vez do canal permitir que algumas afiliadas cortassem o último bloco do “Encontro”, para aumentar o jornal local do meio-dia. Já adotam esse esquema o Rio Grande do Norte, Goiás, Ceará e Paraná, por exemplo. 

A mais radical de todas, no entanto, foi na Bahia. Por lá, além de retirar tempo da atração apresentada por Fátima Bernardes em prol do noticiário local, a Globo permitiu que a TV Bahia, sua afiliada na região, parasse de transmitir o “Bem Estar".

Desde o fim do horário de verão, os baianos assistem a uma versão do "Jornal da Manhã" ("Bom Dia Praça") maior, com o "Bom Dia Brasil" e o "Mais Você" sendo exibidos com delay. 

Há quem especule que a medida seja um teste de programação, semelhante ao que aconteceu no fim de 2013, também em Brasília. Naquele momento, o canal inverteu o horário da “Sessão da Tarde” com o “Vale a Pena Ver de Novo”. Meses após aplicada na capital federal, a novidade foi estendida a todo o país em fevereiro de 2014.

Veja mais em: https://natelinha.uol.com.br/televisao/2019/03/08/globo-divide-rede-e-poe-toma-la-da-ca-nas-madrugadas-em-brasilia-125713.php

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
Programa de Fernanda Gentil ainda não tem data para estrear

Nos bastidores da Globo já se admite que a estreia de um novo programa com Fernanda Gentil, inicialmente prevista para abril, na melhor das hipóteses, vai ficar para o segundo semestre.

A informação que se tem é que, diante da necessidade de se apresentar um projeto inovador, não se chegou até agora a nenhuma certeza ou segurança entre as diversas possiblidades levantadas.

Por enquanto, de concreto, há apenas o desejo de produzir algo de novo e diferente, mas que também se ajuste às  características da apresentadora. 

Depois de toda uma vida dedicada ao esporte, Fernanda encontra-se nesta fase de transição para o entretenimento.

A Globo, consultada sobre os rumores que apontam para a estreia no segundo semestre, não respondeu.

https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2019/03/11/programa-de-fernanda-gentil-ainda-nao-tem-data-para-estrear.htm

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso

Rede Globo define a próxima novela do “Vale a Pena Ver de Novo”

A reprise de “Cordel Encantado”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, está se aproximando do seu fim e a Globo já escalou a sua substituta. Trata-se da novela “Por Amor”, escrita por Manoel Carlos e protagonizada por Regina Duarte no famoso papel de Helena.

De acordo com o portal “UOL”, “Por Amor” deve reestrear em 29 de abril, às 16h00, dividindo horário com os últimos capítulos de “Cordel Encantado”.

A trama foi exibida pela primeira vez entre 13 de outubro de 1997 e 22 de maio de 1998, substituindo A Indomada. “Por Amor” traz Regina Duarte pela segunda vez como Helena e Gabriela Duarte como Eduarda, sua filha.

Outra famosa atriz que se destacou na trama de Manoel Carlos foi Susana Vieira. Ela interpretou a vilã Letícia de Barros Motta e fez o maior sucesso na época. Outros nomes que também são bastante lembrados são os de Antonio Fagundes, Fabio Assunção e Viviane Pasmanter.

“Por Amor” abordou temas polêmicos que assolam até hoje a sociedade. São eles: racismo, sexualidade, alcoolismo, jogo do bicho, troca de bebês entre outros.

Vale destacar, por fim, que novela já foi exportada para mais de 60 países, sendo considerada uma das produções mais bem-sucedidas da emissora no mercado internacional.

Fonte: Bastidores da TV

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Doutor Delgadinho
Posted (edited)

Fiquei surpreso em saber dessa reprise,  já que eu tinha lido em algum lugar que o "Vale a Pena Ver de Novo" só exibiria novelas da década de 2000/2010 e as da década de 90 teriam exibição somente no VIVA.  

Edited by Doutor Delgadinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso

Surpresa mesmo! Até por ser uma novela de Manoel Carlos que a anos virou um sonífero.. apesar que nesta época.. também com Mulheres Apaixonadas o autor fazia belas novelas. Não sei se dará audiência, mais é mais uma novela das 9 no Vale a pena ver de novo. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mozer da Silva Reis

Em vez de reprissarem novelas que nunca passaram nessa faixa,ficam requentando novelas antigas que já passaram em outras oportunidades.Laméntavel.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Helenaldo
35 minutos atrás, Isso disse:

Surpresa mesmo! Até por ser uma novela de Manoel Carlos que a anos virou um sonífero.. apesar que nesta época.. também com Mulheres Apaixonadas o autor fazia belas novelas. Não sei se dará audiência, mais é mais uma novela das 9 no Vale a pena ver de novo. 

 

Tem tudo pra dar audiência, Por Amor foi uma ótima escolha, a galera fala da ultima reprise do viva mas se esquece que são dois públicos completamente diferentes, vai ser interessante assistir uma novela com mais de 20 anos de exibição original na faixa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson

Aliás deve ser a primeira novela do Vale a Pena que vai ser exibido com a imagem esticada invés do Zoom wide

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso

O bom de ser uma novela antiga.. é porque nesta época a Globo sabia fazer boas novelas que com certeza ficaram marcada no público que as assistiram. .

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
Mariana Ferrão decide não renovar com a Globo

Mariana Ferrão se pronunciou na manhã desta terça-feira (19) sobre a sua saída da Globo, confirmada pela emissora na noite de ontem (18). A ex-apresentadora do Bem Estar, que pediu para não renovar renovar seu contrato para se dedicar a projetos pessoais, postou um desabafo em sua rede social dizendo que a sensação é de liberdade ao encerrar sua passagem de 11 anos pela emissora.

"É verdade, eu deixei a Globo", iniciou a loira em vídeo postado no Instagram. "Tava aqui pensando sobre como falar com vocês sobre isso, sobre como dar a notícia, mas, na verdade, o que eu tenho que dizer é que o que eu vou falar agora vem do coração", emendou.

Ferrão agradeceu sua passagem de mais de uma década pela Globo, mas mostrou alívio ao partir para uma nova etapa. "Eu aprendi muito nesses 11 anos de TV Globo. Sou muito grata, muito grata por tudo o que eu aprendi, por tudo o que eu cresci, principalmente pelos relacionamentos, especialmente pelos aprendizados todos", afirmou.

A jornalista deixa o comando do programa menos de um mês após a saída de Fernando Rocha. A apresentação ficará com Michelle Loreto. Como o Notícias da TV antecipou em novembro, a tendência é o Bem Estar acabar ou virar quadro de uma nova atração matinal.

"Eu achei que estava na hora de sair, tocar os meus projetos pessoais", continuou Ferrão na rede social. "E a sensação é essa, a sensação é de liberdade, é de ser eu mesma. De estar fortalecida para ir atrás daquilo que eu sou. É sobre isso que eu falo afinal: como a gente faz, para ser a gente mesmo", justificou ela.

Veja o desabafo da apresentadora no Instagram:

Após a publicação do vídeo, a jornalista também fez um story na rede social onde comemora o fato de poder levar o filho Miguel na aula de futebol. "Da série não tem preço: vir pela primeira vez na aula de futebol do filho", escreveu no post acompanhado de um coração. Mariana é mãe de Miguel, de 5 anos, e João, 3 anos, frutos do casamento com o jornalista André Luiz Costa.

Os seguidores da jornalista apoiaram a decisão de deixar o Bem Estar e desejaram boa sorte nos novos projetos. "Tudo novo de novo, faz parte. Sucesso você merece!", comentou uma fã. "Seja muito feliz nesse novo projeto e muito sucesso", afirmou a internauta. "Quero outro programa apresentado por vc e o @fernandorocha11", desejou outra seguidora. 

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/mariana-ferrao-desabafa-apos-sair-da-globo-sensacao-e-de-liberdade-25455

E após a saida do Danrley ontem que era o participante que eu torcia, estou abandonando esse BBB, ta na cara que quem vai ganhar é a escrota, racista e preconceituosa da Paula, e isso graças a ediçao que vive passando pano pra ela cortando as coisas idiotas que ela fala, quando muito vou ver apenas o bloco final nas terça pra ver quem sai e talvez a final dia 12/04 pra confirmar que a Globo deu o premio pra ela que é tao baixa quanto a Emily campea do BBB 17.

Agora é esquecer o BBB 19 pior ediçao do reality e esperar que o BBB 20 venha reformulado e tao bom quanto o 18.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E.R

https://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2019/03/21/globo-tranquiliza-gentil-da-tempo-e-nao-garante-nem-mesmo-estreia-em-2019/

:emoglobo:

 

Fora do esporte no fim de 2018 e chegando ao entretenimento, Fernanda Gentil tem recebido todo o suporte da direção da Globo para montar sua nova atração com calma e tranquilidade.

Segundo apurou a reportagem, o feedback recebido por Fernanda Gentil é de que não precisa ter pressa para criar o programa e que pode fazer o projeto à sua maneira, com o tempo que julgar necessário.

O canal afirmou para Fernanda e sua equipe, que ainda é pequena, que ela não precisa entrar no ar já em 2019. A ideia, de fato, é fazer algo diferente e interessante, e isso demanda mais tempo para a criação e discussões de formato.

Nos bastidores da Globo, o processo de introdução de Fernanda Gentil no entretenimento está sendo comparado com a saída de Fátima Bernardes, ocorrida no ano de 2011.

Fátima demorou quase um ano para montar sua atração, contando o período pré-saída oficial do jornalismo; reuniões sobre o assunto ocorriam desde setembro daquele ano.

Fátima deixou o "JN" em 5 de dezembro de 2011 e estreou o "Encontro" em 25 de junho de 2012 depois de vários adiamentos, mas seu programa foi criticado no início. Apenas um ano depois, em 2013, começou a ter os resultados artísticos e de audiência esperados pela Globo.

Desde o início, a emissora não deseja que Fernanda Gentil passe por esse mesmo processo. Por isso, a ideia é que ela possa estrear um programa que já esteja mais pronto.

Em outubro de ano passado, o UOL Esporte noticiou que a transição seria cuidadosa e lenta por opção da emissora.

O que se sabe até agora é que a atração de Fernanda Gentil será diária. A direção será de Dani Gleiser, a mesma do "Amor e Sexo", que foi comandado por Fernanda Lima por muitos anos na emissora. Dani também ajudou a implementar projetos recentes da Globo, como o "Tamanho Família", dominical apresentado por Márcio Garcia.

Dani tem 20 anos de emissora, e sua escolha para ser parceira de Gentil no processo criativo não foi por acaso. A diretora já passou por todas as áreas da casa, produzindo novelas e outras atrações de auditório – inclusive programas considerados de alta linha pela Globo, como o próprio "Amor e Sexo", o musical "Por Toda Minha Vida" e o especial "Chacrinha: O Eterno Guerreiro".

Procurada oficialmente para comentar o assunto, a Comunicação da Globo disse apenas que "existem vários projetos em discussão, mas não há nada definido oficialmente".

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson

Tradução, a grade da tarde com a reprise da Grande Família deu certo e temos medo do seu novo programa afundar as tardes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
Posted (edited)
Globo demite seu principal diretor comercial
 

O grupo Globo realizou uma reestruturação de suas equipes comerciais e criou uma diretoria integrada de negócios, reunindo todas as áreas relacionadas da TV aberta e digital. Com isso, Marcelo Duarte, que era diretor geral de negócios, deixou a empresa. Assume a área integrada Eduardo Schaeffer, que era diretor da unidade de inteligência digital da Globo.

Segundo comunicado, o novo modelo encerra com as funções que antes estavam atreladas à operação comercial tradicional. A ideia é que a nova área ofereça soluções completas às marcas, sem divisão entre as equipes comerciais de digital e televisão linear.

“Mais do que juntar equipes, estamos falando em capacitá-las com novos conhecimentos e habilidades específicas de media tech, sem abrir mão dos atributos que elas aportam individualmente. É um processo permanente e que acontece ao longo do tempo: preserva-se o que está certo ao mesmo tempo em que se vai ajustando o modelo, em um processo ágil e veloz. O que estamos fazendo é a integração definitiva do tradicional ao digital, do BI à inteligência criativa, da inteligência artificial à criatividade humana”, afirmou, no comunicado, Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo.

Ao falar em media tech, Schroder aponta para alguns caminhos que o grupo vem consolidando nos últimos meses. Eles são representados pelos projetos “Uma Só Globo” e “Uma Só Tecnologia”, ambos coordenados por Rossana Fontenele, diretora-geral de planejamento e gestão do Grupo, que conta com consultoria da Accenture. O objetivo, com prazo de três anos, visa unir as diversas empresas do grupo e otimizar sua estrutura, gerando sinergia entre as diferentes áreas, com investimento em tecnologia visando o crescimento da marca e de parceiros. 

Eduardo era CEO da plataforma de classificados de imóveis Zap, também da Globo, onde tinha carreira executiva desde 2006. Em setembro do ano passado foi promovido à área de inteligência digital. 

“Passaremos a oferecer um modelo integrado, desde a concepção da oferta até a abordagem final, unindo a capilaridade de todas as plataformas digitais do Grupo Globo ao alcance incrível que só a Globo tem no Brasil, por meio de uma TV aberta de qualidade e penetração inquestionáveis. Isso vai nos permitir oferecer uma solução Globo muito mais completa”, afirmou Eduardo.

Marcelo Duarte havia assumido a área em dezembro de 2017, em substituição a Willy Haas. No ano passado, chegou a acumular a diretoria de marketing por alguns meses, após a saída da Ricardo Esturaro e antes da chegada de Flavia Molina. Marcelo estava há 30 anos na emissora.

https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2019/03/28/com-saida-de-marcelo-duarte-globo-reestrutura-diretorias.html

Vem aí mais emoção, humor, informação e esporte na programação da Globo
 

A emoção de uma história de amor, a graça e a provocação de um programa de humor, a paixão de torcer pelo time de coração, a certeza de estar bem informado sobre o que acontece no Brasil e no mundo - sensações que fazem parte da vida de quem acompanha a Globo durante o ano inteiro, mas que prometem ser ainda mais fortes em abril, com a chegada de novidades na programação. Mais emoção, notícia, diversão e esporte já a partir do primeiro dia do mês.

Para anunciar os momentos e sentimentos que virão junto com estreias e novas temporadas, o 'Vem Aí 2019' começa a ser veiculado nesta terça-feira, dia 26.  O pontapé inicial são chamadas especiais nos intervalos, em que uma esfera branca passeia pela tela, abrindo caminho para a exibição de cenas de novelas, séries, programas e jogos de futebol - um teaser das emoções que estão por chegar. Na sequência, com previsão de veiculação na semana de 1 de abril, o movimento da esfera revela mais detalhes das histórias do Entretenimento, do Jornalismo e do Esporte, em um filme em que atores, atrizes, comediantes, jornalistas e apresentadores da Globo se intercalam na narração, em off, do manifesto do 'Vem Aí'.  Em todas as peças da campanha, incluindo as criadas para redes sociais, anúncios digitais e mobiliário urbano, o rastro deixado pela esfera, em degradé colorido, desenha o logo do 'Vem Aí'.  Encerrando os materiais, as cores em movimento se fundem, formando a logo da Globo que é apresentada com o sonoro plim-plim.  A campanha deste ano reforça os pilares visuais da marca Globo - o movimento, o branco, o círculo e as cores, ativos que representam valores como inovação, proximidade com as pessoas, respeito à diversidade, pluralidade, afetividade e tolerância. Todos estes elementos podem ser explorados detalhada e interativamente no recém-lançado Livro da Marca, projeto disponível para todos, que apresenta a alma e materializa a personalidade e essência da Globo.

Já no dia 1 de abril, o convite é para reunir os amigos e dar boas risadas acompanhando a história do humor no Brasil. Apresentada por Ingrid Guimarães, a série documental 'Viver do Riso', exibida no canal Viva, ganhará uma nova versão na Globo, reeditada e com novas imagens de arquivo. O programa vai mostrar a participação das mulheres no gênero, discutir os limites do humor, lembrar duplas inesquecíveis e homenagear o mestre Chico Anysio, que terá um dos cinco episódios totalmente dedicado a ele. 'Viver do Riso' vai ao ar até o dia 5 de abril, depois do 'Jornal da Globo', com supervisão artística de Marcius Melhem e Daniela Ocampo e direção de Tatiana Issa, Guto Barra e Raphael Alvarez.  

Diversas culturas, crenças e sonhos poderão ser vistos em 'Órfãos da Terra', a nova novela das seis, que estreia no dia 2. Na trama, escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid, com direção artística de Gustavo Fernandez, o casal Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes) vive uma história de amor que ultrapassa fronteiras. Ela, uma refugiada. Ele, empregado do poderoso sheik Aziz (Herson Capri), que tomou Laila, à força, como uma de suas esposas. No pano de fundo dessa história, o universo de pessoas de diversos lugares do mundo, refugiados de guerras, de conflitos políticos ou deslocados por razões econômicas ou acidentes naturais. Com uma mensagem de empatia, a novela vai mostrar que essas pessoas vieram e continuam vindo para o Brasil para recomeçar suas vidas, trazendo um patrimônio cultural que nos enriquece e constitui. Uma só ancestralidade vivendo sobre a mesma terra.

O papo com Pedro Bial também já tem data marcada: no dia 9, após o 'Jornal da Globo', o público é o principal convidado para a estreia da nova temporada do 'Conversa com Bial'. Sempre em busca de um palco plural e aberto às diferentes vozes que ecoam pelo Brasil e fora dele, Bial recebe personalidades marcantes para contar histórias de vida e promover o debate de temas atuais. Nesta temporada, o apresentador continua viajando a diversos países para conversar com quem se destaca pelo mundo.

Prestes a estrear sua nova temporada, o 'Zorra' vai ganhar uma contagem regressiva para os fãs de humor. De 9 a 12, antes do 'Jornal da Globo', a segunda edição do 'Festival Zorra' terá esquetes inéditos e um compilado de melhores momentos de todas as temporadas desde sua mudança de formato. No dia 13, depois de 'O Sétimo Guardião', o programa volta às noites de sábado com o humor cotidiano que segue com a missão cada vez mais desafiadora de tentar competir com a realidade. Paulo Vieira, Luisa Perissé, Evaldo Macarrão e Castorine são as novidades do elenco, formado por mais de 20 feras do humor brasileiro como Dani Calabresa, Maria Clara Gueiros, Rodrigo Sant'anna, Welder Rodrigues, Otávio Muller, Fernando Caruso, George Sauma e Flavia Reis. A atração também passa a ter uma nova abertura, que inclui outra versão para a trilha original. O 'Zorra' tem supervisão artística de Marcius Melhem e Daniela Ocampo, direção geral de Mauro Farias, e redação final de Gabriela Amaral e Celso Taddei.

História cercada de suspense, onde nem tudo é o que aparenta ser, a minissérie 'Se eu fechar os olhos agora' estreia no dia 15, logo após 'O Sétimo Guardião'. O mistério começa quando os meninos Paulo (João Gabriel D'Aleluia) e Eduardo (Xande Valois) encontram, por acaso, o corpo da jovem Anita (Thainá Duarte) à margem de um lago. Acusados de um crime que não cometeram, eles se unem ao misterioso Ubiratan (Antonio Fagundes) para tentar esclarecer o que aconteceu e percebem que existem muitos segredos em torno do caso, envolvendo figuras importantes da sociedade de São Miguel. 'Se eu fechar os olhos agora' tem no elenco grandes nomes como Antonio Fagundes, Murilo Benício, Debora Falabella, Mariana Ximenes, Gabriel Braga Nunes, Milton Gonçalves, Jonas Bloch, Betty Faria, Antônio Grassi e Paulo Rocha. A minissérie de 10 episódios é escrita por Ricardo Linhares, com direção artística de Carlos Manga Jr., inspirada no livro de Edney Silvestre. Vai ao ar às segundas, terças, quintas e sextas.

No dia 16, vem novidade em dose dupla. Escrita por Emanuel Jacobina, com supervisão artística de Carlos Araújo e direção artística de Adriano Melo,'Malhação – Toda Forma de Amar' traz histórias de amor que se cruzam, sejam elas sobre casais, pais e filhos, irmãos ou um grupo de amigos. A trama da nova temporada mostra a luta de Rita (Alanis Guillen), uma mãe adolescente em busca da filha, e a relação de um grupo de jovens que testemunham um crime e se unem para lidar com questões como a violência urbana e preconceito. 

No fim do dia, logo após 'Se eu fechar os olhos agora', começa a segunda temporada de 'Carcereiros', série vencedora do Grande Prêmio do Júri do MipDrama Screenings, em Cannes (2017), fruto da coprodução da Globo com a Gullane e a Spray Filmes. Nesta fase, Adriano (Rodrigo Lombardi) vive uma grande virada em sua vida, iniciada no momento em que passou por cima dos códigos que regem as relações entre agentes penitenciários e detentos para se entregar a uma paixão avassaladora. Envolvido por Erika (Letícia Sabatella), ex-mulher de um preso, que foi para a cadeia por matar o companheiro, o carcereiro vive as consequências das difíceis escolhas que fez. E isso não é tudo: além da transferência da penitenciária Vila Rosário para o presídio Filinto Prates por conta do relacionamento com Erika, Adriano precisa lidar com as mudanças que acontecem fora de seu trabalho, como as complexidades da adolescência da filha, Livia (Giovanna Rispoli); a reaproximação com a ex-mulher, Janaína (Mariana Nunes); e as implicações do envolvimento do pai, Tibério (Othon Bastos), com a namorada, Sol (Samantha Schümtz). As fronteiras que separam sua vida pessoal da profissional são cada vez menos visíveis – Adriano nunca esteve tão envolto, tão preso na falta de limites que ele mesmo se impôs. 

Caco Barcellos e todo o time de jornalistas do 'Profissão Repórter' estão de volta, para guiar o público pelos bastidores da reportagem na nova temporada do programa, que estreia no dia 17, depois do 'Futebol 2019'. Sempre em busca de situações atuais e urgentes de debate no Brasil e no mundo, Caco e sua equipe viajam por vários lugares para contar histórias a partir de diferentes pontos de vista. Para além da entrega da notícia, a atração mostra o percurso de trabalho, com as conquistas e os percalços enfrentados por quem a apura: o repórter.

Dedicado aos fãs de games, cultura geek, universo pop e e-sports, o 'Zero1' volta no dia 20, sob o comando de Tiago Leifert. O programa é ponto de encontro dos apaixonados pelo mundo nerd. A cada semana, o apresentador comenta as principais novidades geeks do período e recebe convidados especiais para entrevistas e, claro, disputas de partidas de videogame. O programa tem direção geral de Mario Meirelles e vai ao ar depois do 'Altas Horas'.

O domingo 21 é dia de reunir a família em frente à TV para acompanhar a volta do 'Tamanho Família', de Márcio Garcia, que chega à quarta temporada trazendo novidades. Agora os participantes traçam suas estratégias a cada brincadeira, escolhendo quantos pontos vão investir em cada etapa, aumentando as chances de surpresa até o fim de cada programa. O cenário também está diferente e coloca as duas famílias juntas, lado a lado, no palco. Tudo, claro, sem perder a dinâmica que o consagrou: de forma leve, divertida e com emoção, famosos e seus parentes se enfrentam com brincadeiras que revelam a rotina e trazem memórias e detalhes da intimidade dos participantes. Sempre levantando questões que são comuns a todas as famílias. Realidade virtual e jogos digitalmente interativos estarão cada vez mais presentes. Entre os convidados já confirmados estão Leticia Colin, Caio Castro, Joelma, Lucas Lucco, Jonathan Azevedo, Fernanda de Freitas, Fabio Porchat e Luís Lobianco. O programa, que vai ao ar depois do 'Esporte Espetacular', tem direção geral de Bernardo Portugal e redação final de Elbio Valente.

As emoções do Campeonato Brasileiro voltam à tela da Globo no dia 28, para a felicidade dos apaixonados por futebol. Além da taça de campeão nacional, a competição coloca em disputa sonhadas vagas para a Libertadores 2020. Um desafio e tanto para craques dos quatro cantos do país.   

Para quem estava com saudade das tramas de Manoel Carlos, "Por Amor" volta no dia 29, no 'Vale a Pena Ver de Novo', dividindo a faixa com os capítulos finais de "Cordel Encantado" durante uma semana. A história gira em torno de Helena (Regina Duarte) e Eduarda (Gabriela Duarte), mãe e filha que dão à luz no mesmo dia. O filho de Eduarda nasce morto e, devido a complicações no parto, ela fica estéril. Num ato de amor à filha, Helena decide trocar os bebês. Sem saber, Eduarda cria o irmão como filho, enquanto Atílio (Antonio Fagundes), par de Helena, sofre ao pensar que seu herdeiro nasceu morto.

A rotina caótica e urgente dos médicos Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) não acabou, apenas mudou de endereço. Na terceira temporada de 'Sob Pressão', no ar a partir de 2 de maio, o casal de médicos passa por uma nova experiência. Após o fechamento do hospital Luiz Carlos Macedo, o plano do casal é embarcar com a organização de ajuda humanitária Médicos Sem Fronteiras para o interior do Brasil. Mas, até que o desejo se torne realidade, eles optam por um trabalho temporário no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Um dia caótico em decorrência da greve de caminhoneiros no Rio de Janeiro muda completamente seus destinos e, diante do salvamento de uma criança, acabam sendo convidados para trabalhar no São Tomé Apóstolo, hospital religioso onde Décio (Bruno Garcia) atua. A proposta é feita pela Irmã Graça (Joana Fomm), Madre Superiora do local, que enxerga no desempenho do casal uma grande oportunidade para reerguer a unidade. Com direção artística de Andrucha Waddington e direção de Mini Kerti, Rebeca Diniz, Pedro Waddington e Julio Andrade, 'Sob Pressão' é uma coprodução da Globo com a Conspiração Filmes. A terceira temporada é escrita por Lucas Paraizo com Marcio Alemão, André Sirângelo, Claudia Jouvin, Flavio Araújo e Pedro Riguetti.

No dia 3 de maio, estreia a série que fala da força de mulheres que, juntas, venceram o silêncio. Produto original Globo exclusivo para o Globoplay,'Assédio' chega agora à TV aberta e mostra o nascimento da rede que se forma para denunciar uma sequência de abusos sexuais cometidos por um médico bem-sucedido e respeitado. O tema é o grande protagonista dessa obra ficcional de 10 episódios, livremente inspirada no livro "A Clínica - A Farsa e os Crimes de Roger Abdelmassih", de Vicente Vilardaga. No elenco, nomes como Adriana Esteves, Antonio Calloni, Paolla Oliveira, Mariana Lima, Elisa Volpatto, Felipe Camargo, Hermila Guedes, João Miguel, Jéssica Ellen, Barbara Paz e Vera Fischer. 'Assédio' é escrita por Maria Camargo, com direção artística de Amora Mautner, e irá ao ar sempre às sextas-feiras, depois do 'Globo Repórter'.  

A série 'Cine Holliúdy', que estreia no dia 7 de maio, traz de volta à TV o humor regional por meio da história de Francisgleydisson (Edmilson Filho), que luta para manter viva a arte do cinema no interior do Ceará depois que um aparelho de televisão chega à cidade. A iniciativa do prefeito Olegário (Matheus Nachtergaele) para atender as vontades da primeira-dama, Socorro (Heloísa Perissé), lota a praça de pessoas que querem assistir à novela no novo equipamento. Ao ver seu faturamento de bilheteria cair, Francis se desdobra para tornar seu cinema mais atrativo. Ele tem no DNA algo que é comum ao brasileiro: a arte de se reinventar, se reerguer e fazer graça até na desgraça. Mas o difícil mesmo vai ser ganhar a atenção da bela Marylin (Letícia Colin), enteada de Olegário, que chega de São Paulo a contragosto, mas logo encontra uma razão para ficar. Ao lado de Francis, a paulista vai viver dias de muitas aventuras com sotaque cearense. A série 'Cine Holliúdy' é uma coprodução da Globo com a produtora Glaz, inspirada no longa de Halder Gomes. Tem redação final de Marcio Wilson, supervisão de Claudio Paiva, direção geral de Patrícia Pedrosa e direção de Halder Gomes. No elenco, estão os atores Edmilson Filho, Letícia Colin, Haroldo Guimarães, Matheus Nachtergaele, Heloís

a Perissé, Chico Diaz, Miguel Falabella, Ney Latorraca, Tonico Pereira e Ingrid Guimarães. A série vai ao ar às terças-feiras, após a novela 'O Sétimo Guardião'.

Dessas séries recomendo Assédio, uma das melhores produções da Globo.

Globosat e Som Livre passarão a se chamar apenas Globo em 2020
 

Os nomes Globosat e Som Livre, assim como seus CNPJs, vão sair de linha a partir de 1º de janeiro de 2020.

O Grupo Globo caminha a passos largos para o plano anunciado de ser “uma só Globo”, em um processo iniciado em setembro passado, previsto para durar três anos, que conta com o acompanhamento de uma consultoria internacional, a Accenture.

Com sede na Irlanda, a companhia internacional foi contratada após uma visita que levou até lá os herdeiros da família Marinho e seus principais executivos, a saber, Jorge Nóbrega, presidente do Grupo Globo, Carlos Henrique Schroder, diretor geral da Globo, e Alberto Pecegueiro, diretor dos canais Globosat.

A unificação das empresas não inclui o InfoGlobo, que publica os veículos impressos do grupo, nem o Sistema Globo de Rádio, por enquanto.

A informação sobre o fim dos nomes GloboSat e Som Livre obtida pelo TelePadi vai de encontro à entrevista de Nóbrega a João Luiz Rosa, do jornal “Valor Econômico”, do grupo Globo, publicada no último dia 19. Nela, o executivo que substituiu Roberto Irineu Marinho no cargo disse: “Daqui a algum tempo não teremos mais empresas separadas… Vamos ter uma só Globo. E a Globo será uma empresa de muitos serviços”.

Não é mera retórica.

A reportagem informa que TV aberta e fechada “já não têm fronteiras entre si porque o conteúdo, independentemente da origem, tornou-se passível de ser oferecido diretamente ao consumidor”. “Tudo o que separávamos antes agora é uma coisa só. Então, não faz sentido ter empresas separadas”, disse Nóbrega.

“A unificação vai ocorrer entre as companhias da Globo Comunicação e Participações, que reúne Rede Globo, Globosat, Som Livre, Globo.com e Globoplay”, informa a reportagem. Ainda de acordo com o “Valor”, esse conglomerado fechou 2018 com receita líquida de R$ 14,7 bilhões e mais de R$ 10 bilhões em caixa. A dívida bruta foi de R$ 3,37 bilhões. O resultado, divulgado na semana passada, não inclui a Editora Globo, d de jornais e revistas, entre os quais o Valor, e o Sistema Globo de Rádio.

Self service de TV

Em suas argumentações, Nóbrega fala sobre novos meios de empacotar conteúdo. Um espectador que esteja disposto a pagar apenas por futebol e filmes poderá fazer uma compra casada dos respectivos canais que entregam esse menu. Desde o começo da TV paga no Brasil, uma das principais queixas de custo-benefício sobre o serviço sempre foi a inconveniência dos pacotes que obrigam o consumidor a pagar por canais de venda de tapetes para ter canais de filmes premium, esportes ou infantis.

O universo do streaming, que hoje motiva serviços próprios de programadoras, como Netflix, Amazon, GloboPlay, HBO e agora Apple a entregar um cardápio sem ter de passar pelos interesses de uma operadora vem se alterando em alta velocidade. É para esse mundo que o Grupo Globo pretende estar pronto.

Para Nóbrega, não há no Brasil outra empresa que possa oferecer todos os segmentos que a Globo soma hoje, desde GloboPlay até os canais pagos GNT, Multishow, Off, Gloob, SporTV e a sociedade com os maiores estúdios de cinema via Rede Telecine.

Banco de dados

O executivo contou ainda que uma forte estratégia da empresa no momento é conhecer quem são os milhões que falam com a Globo. O grupo criou uma identificação para seus usuários, o “Globo ID”, sistema que lhe permite criar um robusto banco de dados. “Toda vez que alguém entra na internet para votar no ‘Big Brother Brasil’ ou no jogo eletrônico Cartola Futebol Clube – que conta com 14 milhões de times formados por fãs -, mais informações alimentam essa base única. O mesmo ocorre com as informações de outras plataformas”, conta o “Valor”.

Por exemplo: eu, assinante da NET, tentei acessar hoje o programa “Diálogos”, de Mario Sergio Conti na GloboNews, e fui reconduzida a um login que me reconhece como assinante do GloboPlay e do jornal “O Globo”. Não consegui ver o programa que eu procurava, mas a Globo consegue me localizar como indivíduo, veja só.

Por qualquer porta que o sujeito entre em algum canal digital do grupo Globo ele será reconhecido por sua identidade.

Até bem pouco tempo atrás, a Globo mal conhecia o consumidor dos canais pagos, cliente direto da operadora de TV por assinatura, e não da programadora, no caso, a Globosat.

Três em um

O “Valor” cita ainda a previsão de “simplificar a estrutura da companhia para ganhar sinergia e aproveitar melhor as competências existentes”. O que acontece já no esporte, onde mais de 40 demissões trataram de unir os esforços entre Globo e SporTV, já vai se espalhando por outras áreas, com o respaldo da consultoria contratada na Irlanda.

Em outras palavras, o enxugamento de funcionários é certo por esse aspecto. Por outro, a associação do grupo com novos serviços e start ups, se e quando os novos negócios tiverem boa resposta, pode criar novos postos (oxalá).

Como exemplo da “simplificação”, Nóbrega cita a área de tecnologia. Somando todo o pessoal especializado, dividido pelas diferentes empresas, a equipe de engenharia soma cerca de 4 mil pessoas.  “Para determinadas coisas, precisamos de competência única”, afirma o executivo. “Não podemos ter três ou quatro centros de realidade aumentada. Vou ter um só, mas extremamente competente nessa tecnologia.”

Investimento

Outra novidade anunciada por Nóbrega é o MG4, um complexo de estúdios que será inaugurado nos Estúdios Globo, ex-Projac, em Jacarepaguá, no Rio. De acordo com a reportagem, o MG4 é composto por três novos estúdios que vão ocupar, juntos, 4,5 mil metros quadrados. “As instalações estão entre as mais modernas de seu tipo no mundo, diz Nóbrega. Os estúdios terão conexão IP, sem fio, com equipamentos conectados via internet. Também contarão com mais cenários fixos para facilitar a gravação de novelas e séries.”

Atualmente, a Globo monta e desmonta cenários de novelas todo santo dia, para abraçar todo o volume de produções que sai de lá.

A expectativa é que o complexo entre em operação neste ano, diz Nóbrega.

O executivo se queixa ainda das diferenças de tributação entre empresas de radiodifusão e digitais, o que talvez não consume uma unificação tão plena assim na questão de um só CNPJ.

A ver.

https://telepadi.folha.uol.com.br/globosat-e-som-livre-passarao-se-chamar-apenas-globo-em-2020/

 

Edited by Cleberson

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cleberson
Após demissão de apresentadores, Bem Estar vira quadro de Fátima Bernardes

A Globo confirmou em nota oficial nesta sexta-feira (29) um rumor que vinha ganhando corpo em seus corredores desde o fim do ano passado. A partir do próximo dia 8, o Bem Estar vai virar um quadro do Encontro com Fátima Bernardes. O anúncio ocorreu um mês após a decisão da emissora de não renovar com o apresentador Fernando Rocha e duas semanas depois do pedido de demissão de Mariana Ferrão, que apresentavam o programa de saúde desde a estreia, em 2011.

Segundo a nota da Globo, o Mais Você, de Ana Maria Braga, vai continuar entrando no ar às 9h e ganhará mais dez minutos. Em dezembro, a atração já tinha conquistado dez minutos com a redução do Bem Estar.

Em seguida, às 10h30, entrará o Encontro, que também "ganhará" dez minutos do Bem Estar.

"A conversa do programa [Encontro] ficará ainda mais completa com o Bem Estar, que a partir de agora estará integrado ao matinal. Diariamente, sempre que o assunto for saúde, cuidados com o corpo e melhorias nos hábitos alimentare s, Fátima irá contar com Michelle Loreto que, direto dos estúdios do programa, em São Paulo, continuará levando ao público as pautas e temas característicos do Bem Estar, com sua linguagem direta e didática para falar sobre saúde", diz a Globo na nota.

 Leia mais em https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/apos-demissao-de-apresentadores-bem-estar-vira-quadro-de-fatima-bernardes-25693?cpid=txt

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...